Resenha - Non-Human Level - Non-Human Level

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


O sueco Christofer Malmström se tornou conhecido por ser o guitarrista do Darkane, mas esta banda não consegue expressar totalmente seu amor pela música. Non-Human Level é seu projeto solo que conta com algumas feras no cenário da música pesada, tendo como vocalista Peter Wildoer (baterista do próprio Darkane), o baixista Gustaf Hielm (ex-Meshuggah) e o baterista Ryan Von Poederooyen (Devin Townsend).

Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rockBuckethead: uma rara imagem do guitarrista sem a máscara

Este seu primeiro álbum auto-institulado é um verdadeiro híbrido extremo, dando bastante ênfase ao death metal melódico, com algo de thrash, tudo com uma velocidade inacreditável. São toneladas de excelentes linhas de guitarras - sendo que muitos destes riffs foram descartados por não se encaixarem na proposta do Darkane - interlúdios acústicos bem encaixados e solos melódicos despejados de maneira incessante.

Peter Wildoer canta gritando de forma brutal e, entre tanta intensidade, faixas como "Personal Hell" e "Windows On The World" possuem um alto patamar de agressão em perfeita harmonia com as melodias, que impressionam pela complexidade. "Instincts" é a única faixa que apresenta teclados de forma mais evidente, inclusive em dueto com a guitarra no momento do solo. Também merece destaque "Untrustable Surface", com influências do bom e velho thrash oitentista.

Neste tipo de música a produção tem um papel fundamental. E o próprio Malmström cuidou da gravação, conseguindo fazer com que todos os instrumentos apareçam corretamente, perfeitamente audíveis e bem mixados.

Bem distante da sonoridade do Darkane... Se você procura um CD totalmente orientado por guitarras, veloz, com técnica apurada, melodias intrincadas e muita distorção no death/trhash melódico, o Non-Human Level é uma opção que não pode deixar de ser conferida e que surpreende pelo elevado nível de seus músicos.

NON-HUMAN LEVEL - Non-Human Level
(2005 / Listenable Records - importado)

01. The Divine Creation Of Void
02. Personal Hell
03. Windows On The World
04. The Second Plane
05. Instincts
06. Journal Of A Nightmare
07. Water
08. Untrustable Surface
09. The Genetic Failure
10. Freaking Goose

Homepage: www.christofermalmstrom.se




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Non Human Level"


Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rockVocalistas
Belíssimos timbres de alguns cantores de rock

Buckethead: uma rara imagem do guitarrista sem a máscaraBuckethead
Uma rara imagem do guitarrista sem a máscara

Supernatural: ouça 10 músicas que marcaram a sérieSupernatural
Ouça 10 músicas que marcaram a série

Listed: TV americana elege os maiores bad boys da músicaListed
TV americana elege os maiores bad boys da música

Galeria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N RollGaleria de fotos
13 motivos para gostar de Rock N Roll

Beatles: fim da banda foi decisão de John Lennon, diz Paul McCartneyBeatles
Fim da banda foi decisão de John Lennon, diz Paul McCartney

Metallica: versões insanas de Master Of Puppets no baixoMetallica
Versões insanas de Master Of Puppets no baixo


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.