Resenha - Dawn Of Dying - Desperados

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Realmente não paro de me impressionar com a gama de possibilidades que existe em se mesclar estilos musicais dos mais diversos à distorção tão característica do rock pesado. No caso do Desperados, o conceito é totalmente inusitado: mixar as estruturas musicais de canções do velho oeste norte-americano que já fazem parte do imaginário popular com o heavy metal.

O Desperados é um projeto solo do multi-instrumentista Alex Kraft (Onkel Tom Band), que conta com o vocalista Tom Angelripper (Sodom) para ser seu principal parceiro neste registro. Completando a seção de músicos foram convidados Volker Liebig (baixo), Peter Knapp (guitarra telecaster) e Olly Lampertsdörfer (bateria). Lançado inicialmente em 2000, o CD chega agora ao mercado brasileiro numa grande sacada da Rock Machine Records.

publicidade

Não vá ó caro leitor pensando que a idéia aqui é fazer algo irônico; o resultado ficou espetacular, pesadíssimo na grande maioria das canções, mesmo havendo a inclusão de instrumentos como harpa, bandolim e banjo. Toda a temática do encarte é voltada ao velho oeste, com letras narrando muitos eventos reais ocorridos e inclusive com fotos de grandes personalidades deste período.

publicidade

Tiros, cavalos, carroças e outros sons do gênero se misturam com as faixas densas, quase power metal e com as vocalizações agressivas de Tom, como em "Gomorrah Of The Plains", "Gone With The Winds" e "Devil´s House". Já com maior influência das canções de trilhas sonoras de filmes do velho oeste temos "Rattlesnake Shake" e a espetacular "My Gun And Me", onde as vozes se dividem entre Tom e Onkel num dos grandes momentos do CD. Também fizeram uma excelente versão para "Riders In The Sky", clássico composto por Stan Jones.

publicidade

Se você é um destes headbangers sempre à procura de algo diferente para sua dieta de heavy metal, confira Desperados e seu curioso "The Dawn Of Dying". Mas cuidado, meu amigo, que é chumbo quente e pesado! Um dos grandes destaques de 2005 em termos de originalidade!

DESPERADOS - The Dawn Of Dying
(2000 / Drakkar Records – 2005 Rock Machine Records)
01. The Beginning
02. As A Judgement
03. Gomorrah Of The Plains
04. The Dawn Of Dying
05. My Gun And Me
06. Gone With The Winds
07. Rattlesnake Shake
08. Riders In The Sky
09. Devil´s House
10. Jumpin´ Down The Running Train
11. Dodge City
12. Desperados
13. The End
14. Oriental Saloon

publicidade

Site Oficial: www.alexkraft.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Wonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e críticaWonder Years
O soundtrack do grande sucesso de público e crítica

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin
Por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin