Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemAndreas Kisser conta quais os dez álbuns que mudaram a sua vida

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"


Airbourne 2022

Resenha - Unbreakable: One Night Live In Vienna - Scorpions

Por Rafael Carnovale
Em 29/10/05

Nota: 9

Se você perdeu o massacre que o Scorpions executou em seus três shows pelo Brasil, esta é a chance de pelo menos sentir parte do que os fãs puderam presenciar nestas apresentações. Gravado em 2004 num show de grande porte na cidade de Vienna, este DVD apresenta 14 números executados pela banda, no ano de 2004.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quem imaginava que, após o tenebroso "Eye II Eye" e os experimentais "Moment Of Glory" e "Acoustica", o Scorpions não conseguiria trilhar novamente o caminho dos "riffs" pesados e do rock and roll, deu com os burros n´água. "Unbreakable" foi de longe a melhor coisa já feita pelos alemães nos últimos 15 anos, e mostrou uma banda revigorada, capaz de se adaptar aos novos tempos mas sem perder sua essência: o rock pesado.

Sons mais novos como a pesada "New Generation" (que abre o show), "Love´Em Or Leave´Em", a fantástica "Deep And Dark" (as guitarras de Mathias Jabs e Rudolph Schenker soam perfeitas), além da boa "Blood Too Hot" funcionam muito bem ao vivo, com uma banda vibrante e energética. Mas os eternos hits "Bad Boys Running Wild", a dobradinha fantástica de "Coast To Coast" e "Holiday", "Big City Nights" e "Love You Like a Hurricane" soam matadoras e eternas. Feche os olhos e você poderá se ver em 1985, quando eles detonaram no primeiro Rock In Rio, pois a banda não perdeu nem um milésimo de seu pique. Ainda há espaço para as baladas marcantes que também caracterizam o quinteto alemão, como os sucessos "Still Loving You" e "Wind Of Change".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda está em grande forma. Klaus Meine, no alto de seus 57 anos, ainda é um dos maiores cantores do rock, e juntamente com o agitador Rudolph Schenker (um puta guitarrista base) continuam com todo o vigor de sempre, com os solos corretíssimos de Mathias Jabs (que se não é Michael Schenker ou Uli Roth, sabe se colocar na banda como poucos). A banda é completada pelo excelente baixista Pawel Maciwoda, que se mostra mais do que um músico contratado, agitando como um louco, e pela bateria insana de James Kottak (ex-Kingdom Come), que dá um peso novo para as músicas do grupo. O melhor "line-up" do Scorpions desde a saída de Uli Roth, sem sombra de dúvidas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como extras, o vídeo de "Remember The Good Times" (que poderia estar no show) e um bom documentário sobre a banda, que só peca ao omitir o período referente a "Eye II Eye". Seria curioso ouvir dos músicos como foi esta época, além dos shows. Por isso o DVD não leva um 10, e por não ter um show completo, já que a banda merece e os fãs também. Pode comprar sem medo.

Site Oficial: http://www.the-scorpions.com

Lançamento Sony/BMG 2005.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Clássicos quarentões - Scorpions - "Blackout" e Kiss - "Creatures of the Night" (vídeo)


Scorpions: 20 situações que identificam um fã da banda



Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.