Matérias Mais Lidas

Guns N' Roses: por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby ClarkeGuns N' Roses
Por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby Clarke

Ian Paice: Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os temposIan Paice
Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os tempos

James Hetfield: dez das músicas favoritas do vocalistaJames Hetfield
Dez das músicas favoritas do vocalista

Steve Hackett: ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metalSteve Hackett
Ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metal

Robert Fripp: como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos viraisRobert Fripp
Como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos virais

Vocalistas: 12 velhinhos que ainda mandam muito bem ao vivoVocalistas
12 "velhinhos" que ainda mandam muito bem ao vivo

Doug Aldrich: explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn HughesDoug Aldrich
Explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn Hughes

Guns N' Roses: Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagemGuns N' Roses
Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagem

The Osbournes: filha mais velha lamenta não ter participado?The Osbournes
Filha mais velha lamenta não ter participado?

Bon Jovi: por que o mandaram tocar com Kiss e Judas Priest em vez de Bryan AdamsBon Jovi
Por que o mandaram tocar com Kiss e Judas Priest em vez de Bryan Adams

AC/DC: monge budista grava cover inusitado de Thunderstruck, com direito a meditaçãoAC/DC
Monge budista grava cover inusitado de "Thunderstruck", com direito a meditação

Iron Maiden: cantora americana alega ser filha ilegítima de Bruce DickinsonIron Maiden
Cantora americana alega ser filha ilegítima de Bruce Dickinson

Mike Terrana: Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!Mike Terrana
"Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

Metal: confira os lançamentos do mês de fevereiroMetal
Confira os lançamentos do mês de fevereiro

AC/DC: por que Bon Scott não era só um bêbado lunático, segundo ex-baixistaAC/DC
Por que Bon Scott não era só um "bêbado lunático", segundo ex-baixista


Matérias Recomendadas

Planet Rock: as maiores vozes da história do rockPlanet Rock
As maiores vozes da história do rock

U2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da bandaU2
As 10 melhores músicas de todos os tempos da banda

Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Varg Vikernes: ele teve que trancar conta no Twitter após Vampetaço de brasileirosVarg Vikernes
Ele teve que trancar conta no Twitter após "Vampetaço" de brasileiros

Vício: Phil Anselmo relata como é ser viciado em heroínaVício
Phil Anselmo relata como é ser viciado em heroína

Stamp
Tunecore

Resenha - Crossing The Seven Seas - Christmess

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando De Santis
Enviar Correções  


Formada em Itajaí, Santa Catarina, em meados de 2001, a banda Christmess sofreu várias alterações em seu line-up, até encontrar uma formação forte, com experiência e madura. Contando com Lúcio Goebel (vocal), Ozéias Rodrigues (guitarra e teclado), Marcello de Oliveira (baixo) e Fernando Stopassoli (bateria), o Christmess apresenta um heavy metal tradicional de muita qualidade e originalidade.

A demo "Crossing The Seven Seas" conta com cinco composições, onde os músicos falam de diversos assuntos, como mitologia, guerra ou religião. A faixa-título da demo, "Crossing The Seven Seas", já mostra logo no riff inicial qual é a cara da banda: Metal tradicional, sem muitas firulas e bem objetivo - porém empolgante. O vocal de Lúcio tem aquele estilo de "vocal anos 80" e apresenta uma boa versatilidade, soando as vezes mais rasgado e em outras vezes, mais melódico. A construção da faixa é bem interessante, dá para notar que todos os músicos têm domínio nos seus instrumentos e não exageram em solos cansativos. A faixa "Two Towers (WTC)" fala de adivinhem o que? Sim, do episódio do World Trade Center, de 11 de setembro. Assunto que não foi tão explorado no metal (por incrível que pareça). A composição é muito boa, porém a introdução enorme é muito cansativa... duvido que alguém ouça essa introdução toda, na segunda audição.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Suicide Angels Sect" é outra composição que nos leva direto para o heavy metal tradicional dos anos 80. Gritante a influência de Judas Priest nessa faixa, enquanto em "Time Of Dreams", a influência é forte em Iron Maiden. Vale lembrar que trata-se apenas de influência, os rapazes têm personalidade e originalidade. O refrão é bem grudento nessa faixa, fazendo com que seja o ápice da demo. "Diamonds and Rust", que fecha o disco, passa desapercebida, apesar de ser interessante.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Belo trabalho dessa banda de Itajaí, que já tem ótimas composições. Arrumem mais umas cinco iguais a essa, que com certeza alguma gravadora vai se interessar! Enquanto muitas bandas investem em estilos "da moda", o Christmess aposta no estilo tradicional, que nunca vai morrer e sempre terá espaço.

Line-up:
Lúcio Goebel (vocal)
Ozéias Rodrigues (guitarra e teclado)
Marcello de Oliveira (baixo)
Fernando Stopassoli (bateria)

publicidade

Track list:
01. Crossing the Seven Seas
02. Two Towers (WTC)
03. Suicide Angels Sect
04. Time of Dreams
05. Diamonds and Rust (Joan Baez)

Contatos:
http://www.christmess.com.br/
[email protected]


Dead Daisies
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Felipe Andreoli: Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra...Felipe Andreoli
"Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."

Black Sabbath: O acidente que tirou as pontas dos dedos de IommiBlack Sabbath
O acidente que tirou as pontas dos dedos de Iommi


Sobre Fernando De Santis

Paulistano, nascido em 1979, Fernando De Santis passa grande parte do seu tempo viajando entre São Paulo, Santos e Curitiba. Nas horas de viagens dentro de ônibus ou aviões, costuma ouvir Hard Rock, Heavy Metal e demos de qualquer estilo. Atualmente trabalha como webdesigner para o Estado de São Paulo. Mantém o site "We Burn", dedicado ao Helloween desde 1998, que nunca lhe trouxe nenhum dinheiro, mas rendeu muito amigos.

Mais informações sobre Fernando De Santis

Mais matérias de Fernando De Santis no Whiplash.Net.