RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemThe Cure: 5 bandas que o vocalista Robert Smith já declarou odiar

imagemBruce Dickinson é confirmado como uma das atrações do Summer Breeze 2023

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemGuns N' Roses compartilha foto incrível de show realizado em São Paulo

imagemOs álbuns de outros estilos musicais que Dave Mustaine indica para quem é headbanger

imagemBarbosa ficou em 2º em concurso de guitarrista mais sexy e perdeu para astro internacional

imagemDavid Coverdale lista seus 20 álbuns preferidos do rock britânico

imagemBittencourt explica óbvio motivo para convidar "Cara do Crepúsculo" para papel do Batman

imagemKiko Loureiro explica a química da atual formação do Megadeth

imagemCom tempo de sobra, Bruce Dickinson também faz segurança em show do Iron Maiden

imagemManeskin e o grande temor que Gastão Moreira tem em relação à banda

imagemArnaldo explica por que saía do palco quando Titãs tocava hit de "Cabeça Dinossauro"

imagemRafinha Bastos e João Gordo debatem piada sobre Wanessa e discutem papel do humor

imagemRenato Russo tentava boicotar Legião marcando show em dia de jogo na copa de 1994

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás


NFL Steve Harris

Resenha - Funeral Album - Sentenced

Por Thiago Sarkis
Em 11/09/05

Nota: 9

"The Funeral Album" é um trabalho cheio de sentimentos profundos, o que é maravilhoso e bem explorado, mas há um exagero absoluto na maioria das críticas e análises do material por ser ele o último ato destes cinco finlandeses.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Os treze réquiens presentes trazem sim aquele excelente dark, gótico, banhado em melancolia. Porém, é preciso cuidado para que a lamentação pelo encerramento das atividades do grupo não tome conta e acabe afogando um belo lançamento em nostalgia e saudosismo desnecessários, algo que o próprio conjunto reprovaria.

A temática é espetacular e cumpre categoricamente o papel do derradeiro CD de uma banda histórica que optou pela eutanásia e se enterra a si mesma. Exemplo de profissionalismo, bons vocais, desenvolvimentos, e sonoridade de instrumentos.

Há grandes momentos como "May Today Become The Day", "Ever-Frost", "Consider Us Dead", "End Of The Road". Todos cadenciados, repletos de melodias memoráveis que anunciam o fim do quinteto.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

As letras e conceito são diferenciados, mas o instrumental nem tanto. Aliás, as faixas instrumentais "Karu" e "Where Waters Fall Frozen" são fracas!

No geral, é um grande disco, no entanto, nada que supere os ápices destes quatorze anos de Sentenced. Parabéns a Laihiala, Tenkula, Lopakka, Kukkohovi e Ranta, mas ainda fico com "Amok" (1995), "Down" (1996) e "The Cold White Light" (2002).

Site Oficial – http://www.sentenced.org

Ville Laihiala (Vocais)
Miika Tenkula (Guitarras)
Sami Lopakka (Guitarras)
Sami Kukkohovi (Baixo)
Vesa Ranta (Bateria)

Material cedido por:
Century Media Records – http://www.centurymedia.com.br
Caixa Postal 1240 São Paulo SP 01059-970 BRASIL
Telefone: (0xx11) 3097-8117 / +55-11-3097-8117
Fax: (0xx11) 3816-1195 / +55-11-3816-1195
Email: [email protected]

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Site Oficial – http://www.sentenced.org

Ville Laihiala (Vocais)
Miika Tenkula (Guitarras)
Sami Lopakka (Guitarras)
Sami Kukkohovi (Baixo)
Vesa Ranta (Bateria)


Outras resenhas de Funeral Album - Sentenced

Resenha - Funeral Album - Sentenced

Resenha - Funeral Album - Sentenced

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Lista: 20 grandes bandas de rock and roll e heavy metal da Finlândia

Guia: do heavy ao melodic death metal, confira playlist com 12 horas de metal finlandês

Metal finlandês: About.com elege melhores bandas do estilo

Iron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

King Diamond: O que significa ser Satanista?


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.