Resenha - Live at Budokan DVD - Dream Theater

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


Previsibilidade não é a palavra preferida do pessoal do Dream Theater. Os caras decididamente gostam de explorar todas as possibilidades de suas músicas e ainda procuram por mais alguma coisa que possam incluir na mistura. Após dois discos bem recebidos pelos fãs, como "Metropolis2:Scenes of a Memory" e "Six Degrees of Inner Turbulance", a banda assustou meio mundo com o sombrio e pesado "Train of Thought", que se agradou a alguns por ser mais pesado e mais orgânico, desagradou tantos outros por destoar da proposta prog-metal inicial da banda, principalmente pelo peso de algumas músicas. Particularmente gostei muito do cd, mas que eles conseguiram gerar confusão conseguiram.

Sons of Apollo: assista cover de "Hell's Kitchen" do Dream TheaterMetallica: a lista de exigências da banda em 1983

Para variar, resolveram soltar mais um DVD ao vivo, desta vez gravado no lendário Budokan Hall, no Japão. Este definitivamente é um excelente local para se gravar shows. A platéia é comportada e ordeira, e a casa oferece um espaço fenomenal para os shows. Neste local lotado, por sinal, a banda despejou 18 de suas músicas, sem fazer nenhum show especial, como quando tocaram "Number of the Beast" ou "Master of the Puppets" na íntegra. Ainda assim é um show interessante. "As I Am" é um excelente "opening-act" e "This Dying Soul" e "Hollow Years" são bons petardos. A banda se focou mais em seus três últimos cd's, mas não deixou de lado músicas menos famosas como "New Milleniun", e "Disappear". Ainda executam uma famosa "jam" a lá Dream Theater, intitulada "Instrumedley".

Outros destaques ficam para a já clássica "Pull Me Under", "In the Name of God", que encera o set e para as competentes "Only a Matter of Time" e "Solitary Shell". Algo que deve ser observado é a performance dos músicos. Embora a banda seja quase perfeita ao vivo (descontando os já famosos "overdubs"), os caras mantém sua posição estática, a exceção do vocalista James La Brie (que ao contrário de seus críticos se sai muito bem neste show" e do tecladista Jordan Rudess, que movimenta seu teclado com extrema habilidade. Falar do talento de John Petrucci, John Myung e de Mike Portnoy é quase uma redundância. Tal postura no palco (que se limita a um eficiente jogo de luzes e três telões gigantes como efeitos) não chega a comprometer, mas mais movimentação seria algo bem interessante, embora a garra esteja na cara de Rudess e Portnoy.

Como extras podemos conferir um interessante documentário sobre a turnê japonesa e alguns momentos de solos de John Petrucci, Jordan Rudess e Mike Portnoy. Detalhe: atente para os fantásticos momentos do solo de Portnoy, que se mostra um autêntico "showman", além de um "multiangle" de "instrumedley".

A banda passa definitivamente por uma de suas melhores fases. Nem mesmo o direcionamento duvidoso para alguns de "Train of Tought" tira o mérito deste DVD, que tem qualidade de áudio e vídeo primorosas, além de ser um show muito interessante. Se você é músico, vai adorar.... se não é músico, vai curtir do mesmo jeito, afinal os caras sabem tocar e mandam bem ao vivo.

Site Oficial: http://www.dreamtheater.com

Atlantic Corp. - 2004




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dream Theater"


Sons of Apollo: assista cover de "Hell's Kitchen" do Dream TheaterEm 04/10/1994: Dream Theater lançava o ótimo álbum AwakeDream Theater: James LaBrie espera lançar álbum solo em 2020Em 23/09/1997: Dream Theater lançava o álbum Falling Into Infinity

11 de Setembro: as tristes coincidências envolvendo Slayer e Dream Theater11 de Setembro
As tristes coincidências envolvendo Slayer e Dream Theater

Em 11/09/2001: Dream Theater lançava Live Scenes From New YorkLars Ulrich: e se ele tocasse em uma banda country?Dream Theater: em 1994, o Dream Theater cravava seu nome na cena

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Dream Theater: banda lança vídeo animado de Barstool Warrior; assistaDream Theater
Banda lança vídeo animado de "Barstool Warrior"; assista

Mike Portnoy: O que ele acha sobre os comentários de que está em muitas bandas?Mike Portnoy
O que ele acha sobre os comentários de que está em muitas bandas?

Dream Theater: Rudess lista álbuns que mudaram sua vidaDream Theater
Rudess lista álbuns que mudaram sua vida

Mike Portnoy: os Beatles quebraram todas as regras e definiram o padrãoMike Portnoy
"os Beatles quebraram todas as regras e definiram o padrão"


Metallica: a lista de exigências da banda em 1983Metallica
A lista de exigências da banda em 1983

Corey Taylor: não comprem a playboy da Lindsay LohanCorey Taylor
"não comprem a playboy da Lindsay Lohan"

Rock in Rio: algumas das maiores vaias em edições nacionaisRock in Rio
Algumas das maiores vaias em edições nacionais

Pactos?: Os envolvimentos de bandas com ocultismoPactos?
Os envolvimentos de bandas com ocultismo

Rodolfo: 100% arrependido das letras dos RaimundosRodolfo
100% arrependido das letras dos Raimundos

Roqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar umRoqueiro poser
100 regras essenciais para se tornar um

Whitesnake: em raro momento, Coverdale elogia John SykesWhitesnake
Em raro momento, Coverdale elogia John Sykes


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336