RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemLed Zeppelin e a bateria que ninguém acreditava que um ser humano conseguiria tocar

imagemJovens sem noção vandalizam o lugar da capa de estreia do Black Sabbath

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemArch Enemy e Behemoth tocarão no Brasil em novembro; confira datas e locais

imagemJô Soares comprou uma obra de arte do Rock por causa do Regis Tadeu

imagemLars Ulrich sobre "Fade to Black": Frequentemente sinto haver dois Metallicas

imagemO curto e grosso motivo pelo qual Zappa vetava que seus músicos usassem coisas químicas

imagemA curiosa ligação vocal entre Ney Matogrosso e Andre Matos, segundo Bruno Sutter

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemJoão Gordo explica porque Anitta está fazendo o que as bandas de Rock deviam fazer

imagemDee Snider diz que faliu na década de 1990 e fingia ser outra pessoa

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemFilme que conta a história de Dio será exibido nos cinemas em setembro

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos


Stamp
2022/07/09

Resenha - In My Room - Brian Martin Stark

Por Guilherme Vignini
Em 20/05/01

Nota: 8

Brian Martin Stark por 16 anos trabalhou na produção de gente como Winger, Mr. Big, Alice Cooper ou Alan Parsons. Este álbum é o trabalho do produtor que vai para o outro lado do "aquário".

Ele compõe e toca todos os instrumentos, para fazer um rock bem pop, mas com muito bom gosto. "Rosedale" começa o disco bem dançante (no bom sentido), ao estilo do pop-rock dos anos 80, com bons backin’ vocals.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"I Am Alone", é uma balada a la Beatles. Logo em seguida entra uma música que mostra outra influência de Brian, os Beach Boys, "Only In My Dreams", com várias características da clássica banda de Brian Wilson, assim como a música seguinte, "It’s Time to Swim". Rocks bem leves, dançantes e sem exageros.
O rock’n’roll rola com "(I Wanna Have A) Hit Record", onde ele fala do sonho de todo compositor de ter um hit nas paradas; será que ele consegue? Talvez não, mas que a música é legal, isso não dá para negar.
"Shine The Light!" é mais uma música anos 60, com um toque oitentista, que é seguida pela balada melosa "Shadows On The Wall".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"Humbug" tem bons vocais e logo depois entra a instrumental "Set Pounds" (trocadilho com o clássico Pet Sounds, dos Beach Boys?), onde se vê que o trabalho com Alan Parsons influenciou seu modo de composição.

"Like Before" é uma balada acompanhada por um segundo vocal feminino. "If Love Is A Lie" encerra o cd com um pique meio Journey.

O CD é bem legal. Não é indicado para todos, mas se você curte o pop feito nos anos oitenta, ou é fã de Brian Wilson, pode ir atrás sem susto. Procure conhecer mais no site www.mp3.com/BrianMartinStark. O cara merece mais do que ficar só mexendo botões em uma mesa de som.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/08/18


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"