Resenha - Cast Away - Visions of Atlantis

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ramiro F. Catelan
Enviar correções  |  Ver Acessos


O que dizer do Visions of Atlantis? Eles melhoraram desde o seu debut ruim, "Eternal Endless Infinity"? Melhoraram, mas apenas um pouco. Antes Nicole Bogner tinha uma atuação muito razoável, de um agudo tenebroso. Agora, seu canto evoluiu consideravelmente, ficando mais parecido com o de Tarja Turunem (Nightwish), só que um pouco mais agradável.

Visions of Atlantis: ouça o novo álbum, Wanderers, no SpotifyBlack Sabbath: Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"

O antigo vocal masculino saira, e fora substituido pelo jovem Mario Plank, que tem um timbre de voz bem legal, nada demais, mas me agradou bastante. É ele também quem escreve as letras das músicas, que largaram daquele clichê todo em volta da lenda de Atlantis, para tratar de sentimentos mais profundos.

Quanto ao instrumental, ele foi bastante melhorado, não é mais açucarada e cópia descarada do trabalho do Edenbridge ou do Nightwish. Agora eles são uma banda do que pode ser chamado Symphonic Metal. O som não é lá essas coisas em termos de peso, as músicas possuem uns riffs legais, como em "Send me a Light" e "Cast Away", que são os destaques do álbum, junto com a bela balada "Winternight". O álbum tem boas passagens de teclado e orquestrações, e algum flerte com o eletrônico, como podemos perceber de leve em "Lost" e "Pharaoh's Repentance". O baixo de Mike Coren aparece razoavelmente no início e no desenrolar das músicas, nada muito pesado, mas é legal. A bateria é uma bateria de rock, nem muito rápida, nem muito lenta, razoável também (como há coisas razoáveis neste álbum!). Os solos de guitarra aparecem com frequência nas músicas, são simples e rápidos, apenas um complemento das músicas. Em "Realm of Fantasy", temos um magnífico solo de guitarra feito por Emppu do Nightwish, sendo um destaque do álbum. Em "State of Suspense" Alex Krull (Atrocity, Leaves' Eyes) faz uma pequena porém muito boa participação, narrando algumas frases.

Enfim, é um bom álbum, mas poderia ser melhor, mais ousado, criativo. Bom, pelo menos o Visions of Atlantis deixou de ser uma banda clichê e copiadora. Agora, eles têm apenas 'influências' de Nightwish, e não mais de Edenbridge. Falta colocar mais peso e feeling nas músicas. O próximo álbum não pode vir nesta mesma linha!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Visions Of Atlantis"


Visions of Atlantis: ouça o novo álbum, Wanderers, no SpotifyVisions of Atlantis: veja clipe de nova música, "Nothing Lasts Forever"

Black Sabbath: Tony Iommi explica como tocar ParanoidBlack Sabbath
Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"

Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill WardBlack Sabbath
O dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Viking Metal: Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!Viking Metal
Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!

Sounds Entertainment: as 100 melhores músicas do Heavy MetalSounds Entertainment
As 100 melhores músicas do Heavy Metal

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area

Pré-Clube dos 27: 10 astros do rock que morreram antes dos 27 anosPré-Clube dos 27
10 astros do rock que morreram antes dos 27 anos

David Coverdale: Puto com intransigência de Ritchie BlackmoreDavid Coverdale
Puto com intransigência de Ritchie Blackmore


Sobre Ramiro F. Catelan

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336