Resenha - Enemy Of God - Kreator

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos


Rápido e furioso! É até covardia o que estes alemães mestres do Thrash Metal europeu fazem em seu 15º álbum. Tendo em sua formação Mille Petrozza na voz e guitarra, Ventor na bateria, Christian Giesler no baixo e Samy Yli Sirniö na guitarra, as canções deste álbum são de fresca energia, linhas melódicas excelentes misturadas a riffs afiados e com as linhas vocais de Mille na agressão de sempre.

Kreator: Frédéric Leclercq é anunciado como o novo baixista da bandaRestart: Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 2010

Mas em tudo isso há uma evolução em toda a banda, que é a merecida conseqüência da persistência do Kreator, na cena desde 1984. "Enemy Of God" foi produzido pelo monstro Andy Sneap, que deu a este novo álbum um som completamente metálico, poderoso e moderno, típico dos trabalhos que passam por seus cuidados. As músicas são tão brutais quanto as letras, refletindo bem a condição caótica do homem neste planeta sofrido em todas as doze faixas do álbum.

A arte gráfica é um show à parte e é obrigação de minha parte mencioná-la. Totalmente elaborada por Joachim Luetke (trabalhou para Dimmu Borgir), é de uma perfeição sombria e contemporânea, se encaixando e complementando perfeitamente a música, tornando o CD um produto completo para ser apreciado em todos os seus detalhes, seja musical ou visual.

Não desmerecendo nenhum membro do Kreator, mas a atuação de Ventor neste disco é digna de destaque, simplesmente destruindo sua bateria em prol da música. A participação especial aqui conta com Michael Amott (Arch Enemy), solando de maneira magistral na faixa "Murder Fantasies".

"Voices Of The Dead" é uma das canções que combinam os elementos contraditórios de melodias e agressão acima mencionados. "Under A Total Blackened Sky", "Impossible Brutality" e "The Ancient Plague" são alguns exemplos do que é o Kreator neste disco, em faixas absolutamente incríveis. E ainda há algo mais melódico que o usual: "One Evil Comes - A Million Follow", um verdadeiro arrasa-quarteirão.

"Enemy Of God" é, na humilde opinião deste que vos escreve, um dos melhores registros desta grande banda alemã, será recordada pelos próximos anos como uma obra que é o reflexo do período em que vivemos e imagino ainda que poderá se tornar mais um de seus clássicos.

KREATOR - Enemy Of God
(2004 - Laser Company/Rock Brigade Records)

01. Enemy Of God
02. Impossible Brutality
03. Suicide Terrorist
04. World Anarchy
05. Dystopia
06. Voices Of The Dead
07. Murder Fantasies
08. When Death Takes Its Dominion
09. One Evil Comes - A Million Follow
10. Dying Race Apocalypse
11. Under A Total Blackened Sky
12. The Ancient Plague

homepage: www.kreator-terrorzone.de


Outras resenhas de Enemy Of God - Kreator

Resenha - Enemy Of God - KreatorResenha - Enemy of God - Kreator




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Kreator"


Kreator: Frédéric Leclercq é anunciado como o novo baixista da bandaKreator
Frédéric Leclercq é anunciado como o novo baixista da banda

Kai Hansen: escolhendo as dez maiores bandas de metal da AlemanhaKai Hansen
Escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha

Mille Petrozza: Há um movimento vegano no metal hoje em dia e está ficando maiorMille Petrozza
"Há um movimento vegano no metal hoje em dia e está ficando maior"

Kreator: Millie Petrozza fala sobre respeito devido ao MetallicaKreator
Millie Petrozza fala sobre respeito devido ao Metallica


Restart: Trecho de Enter Sandman do Metallica no VMB 2010Restart
Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 2010

Show de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 2010Show de Rock
As diferenças entre os anos 80 e 2010

Guns N' Roses: o Chinese Democracy que você nunca viuGuns N' Roses
O "Chinese Democracy" que você nunca viu

Cultura inútil: Em quantas músicas Coverdale utilizou love (1)Cultura inútil
Em quantas músicas Coverdale utilizou "love" (1)

Jim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal CorpseJim Carrey
Batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse

Axl Rose: Ele não se considera o dono da melhor voz do mundoAxl Rose
Ele não se considera o dono da melhor voz do mundo

Black Sabbath: por que Ian Gillan não aprendeu as letras da banda?Black Sabbath
Por que Ian Gillan não aprendeu as letras da banda?


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336