Matérias Mais Lidas

imagemA dura bronca dos Titãs em Nando Reis durante gravação de "Titanomaquia"

imagem4 hits do Deep Purple cujos riffs Ritchie Blackmore já confessou ter copiado

imagemThin Lizzy e o álbum picareta de covers do Deep Purple que garantiu sua sobrevivência

imagemConheça o guitarrista brasileiro de 16 anos que estará no próximo clipe do Megadeth

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemA certeira visão de Penélope Nova sobre como pop "absorveu e enfraqueceu" outros estilos

imagemA inteligente estratégia de Prika para não perder gravadora na ruptura da Nervosa

imagemRob Trujillo presta tributo ao Rage Against The Machine após shows em Nova Iorque

imagemBeatles: A música que Paul McCartney compôs para calar a boca de Pete Townshend

imagemRoger Waters sobre tocar Pink Floyd sem David Gilmour: "Não tenho problema algum"

imagemO hit dos Engenheiros sobre Humberto não querer ser guru dos jovens igual Renato Russo

imagemPor que o processo de composição da Legião Urbana e Engenheiros era tão diferente?

imagemComo Faustão ajudou Titãs a superar trauma da prisão de Arnaldo Antunes

imagemShow do Iron Maiden pra "pouca gente" é o favorito de Blaze Bayley

imagemSteve Grimmett: vocalista do Grim Reaper morre aos 62 anos


Stamp

Resenha - Back and Alive - Atomica

Por Rafael Carnovale
Em 17/01/05

Nota: 8

Reuniões de bandas lendárias que ainda tenham muito a oferecer são sempre bem vindas. É o caso dos paulistas do Atomica (ex-Attomica), que fizeram muito barulho no final dos anos 80 e início dos 90. Após 3 álbuns bem sucedidos (e algumas mudanças na formação) a banda entrou num logo processo de hibernação... mas felizmente o gigante acordou em 2003, e tratou rapidamente de registrar um show para lançamento em cd. "Back and Alive" é o registro do show no Clube Órion em São José (SP), com a mesma formação do clássico "Disturbing the Noise".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E a banda mostra continuar em plena forma, executando números como "Dying Smashed" e "Fresh Maniacs" (do primeiro cd, "Attomica I"). O "thrash" oitentista mantêm-se intacto em porradas como "Ways of Death" (uma forte influência para bandas black-metal) e na pesada "Children Assassins".

A banda baseou seu repertório no primeiro e no terceiro cd ("Disturbing The Noise"), deixando de lado "Limits of Insanity", gravado com formação diferente do último cd, mas isso nem é notado ao ouvirmos as cadenciadas "Marching Over Blood" e "From Beyond" (fortemente influenciadas por Slayer) e a fantástica "Samurai". A banda se mostra em ótima sintonia, com uma boa produção e executa com perfeição (sem precisar de "overdubs") músicas como "Deathraiser" e "Forbidden Hate". Um grande registro histórico do heavy metal nacional.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Welcome Back Atomica!!! Agora é meter um cd novo na praça.

Line Up:
Fábio Moreira – Vocais
Mario Sanefuji – Bateria
JP Francis – Guitarras
JM Francis – Guitarras
André Rod – Baixo

Site Oficial: http://www.atomicaband.com

Material Cedido Por:
Hellion Records
http://www.hellionrecords.com.br
São Paulo (SP)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.