Resenha - Blessed Hellride - Black Label Society

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Álcio Villalobos (Planeta Stoner)
Enviar correções  |  Ver Acessos


Zakk "não basta ser bêbado, tem que ser ogro, ou vice-versa" Wylde volta às prateleiras com seu Black Label Society. Devo dizer uma coisa: este é o melhor disco dos pinguços! Parecia que faltava alguma coisa nos demais, talvez mais peso (apesar que, ao vivo, os caras são insuperáveis neste quesito), menos berros guturais de Mr. Wylde e mais cadência. Enfim, seja como for, "The Blessed Hellride" conseguiu a façanha de chegar perto do disco do Pride & Glory (primeira banda de Zakk pós-Ozzy) que, para mim, ainda é o melhor trabalho do cara fora das vistas do Sr. Osbourne.

Zakk Wylde: o riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocarQuatro filhos: rockabilly, pop rock, prog rock e hard rock

"Stoned And Drunk" abre muito bem o disco com um rockão violentíssimo e letra óbvia, tendo em vista o nome da música. "Doomsday Jesus", "Destruction Overdrive" e "Funeral Bell" trazem aquelas viradas mais conhecidas do BLS (meio Pantera), muito pesadas e cheias dos harmônicos artificiais, marca registrada do ogro. "Stillborn" não traz os créditos no disco, mas saiba: Ozzy canta nesta faixa. Há momentos que realmente não dá para perceber, pois o timbre limpo de Zakk está cada vez mais parecido com o de seu patrão. Feita sob medida para ser o hit do álbum, "não consigo entender" porque não emplacou nos EUA... Talvez seja, sem sombra de dúvidas, uma das melhores músicas que Zakk já compôs. "Suffering Overdue" e "Final Solution" são mais cadenciadas e nesta segunda você pode entender o lance do vocal-Ozzy de Zakk. Como sempre, lá estão as baladas. Confesso ao amigo que minha paciência para baladinhas (por mais bem tocadas que sejam) anda muito curta faz muito tempo. Então, devo apenas dizer "Blackened Waters", "Dead Meadow" e "The Blessed Hellride" são muito emocionantes, belas e inspiradas, como toda boa balada deve ser. Só.

Se você ainda não tem nada do Black Label society, "The Blessed Hellride" pode ser uma ótima pedida para sacar qual é a do narguilé de Zakk Wylde.

Gravadora: Spitfire
Ano: 2003


Outras resenhas de Blessed Hellride - Black Label Society

Black Label Society: um dos melhores álbuns em sua discografiaBlack Label Society
Um dos melhores álbuns em sua discografia




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Black Label Society"


Zakk Wylde: o riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocarZakk Wylde
O riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocar

Ozzy Osbourne: Zakk Wylde diz que não tem relação com novo álbum do cantorOzzy Osbourne
Zakk Wylde diz que não tem relação com novo álbum do cantor

Black Label Society: strip foi fundamental para contratação de Dario LorinaBlack Label Society
Strip foi fundamental para contratação de Dario Lorina

Black Label Society: Zakk explica programa de um passoBlack Label Society
Zakk explica programa de um passo


Quatro filhos: rockabilly, pop rock, prog rock e hard rockQuatro filhos
Rockabilly, pop rock, prog rock e hard rock

Planet Rock: As músicas com os melhores solos de guitarraPlanet Rock
As músicas com os melhores solos de guitarra


Sobre Álcio Villalobos (Planeta Stoner)

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336