Resenha - Take a Look In The Mirror - Korn

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Raphael Crespo
Enviar Correções  


Texto originalmente publicado no

JB Online e no Blog Reviews & Textos.

publicidade

O new metal é um estilo que não agrada aos fãs mais ortodoxos de heavy metal. Mesmo assim, o Korn, que praticamente deu início à onda, por esse motivo, merece (será?) um certo crédito. Misturando influências diversas das várias vertentes do som pesado surgidas no início dos anos 90, principalmente a do funk-metal e do industrial, a banda saiu da pequena Bakersfield, na Califórnia (EUA), e virou gigante - com mais de 20 milhões de cópias vendidas pelo mundo - e agora lança seu sexto disco, Take a Look In The Mirror.

publicidade

O lançamento, que chega ao mercado apenas um ano depois do anterior (Untouchables), traz um Korn mais pesado, gutural e agressivo. O disco tem seus bons momentos e algumas músicas se destacam, como a faixa de abertura Right Now, além de Couting On Me, Did My Time e Alive.

Mas, no fim das contas, a afinação grave das guitarras e o baixo num volume altíssimo acabam causando um certo incomodo e tornando tudo muito igual, como costuma acontecer com o estilo. A faixa Play Me conta com a participação do rapper Nas, lembrando um pouco o enjoado Limp Bizkit.

publicidade

Além do peso nas guitarras, Take a Look In The Mirror traz um Johnathan Davis mais versátil nos vocais, apesar de cada vez mais parecido com Rob Zombie (ex-White Zombie). As músicas seguem aquele estilo pula-pula já conhecido do new metal, típico para fazer a platéia quicar na pista da primeira à última música.

O disco termina com Y'all Want a Single, com uma levada bem funk, mas, ainda assim, bem pesada, e When Will This End. Escondida depois dessa faixa, uma música ao vivo aparece como surpresa: um cover de One, do Metallica, tocada num especial da MTV. Longe de ser tão boa quanto a original, apenas razoável. Adjetivo, aliás, totalmente aplicável ao Korn.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal Hammer: os melhores discos de rock e metal lançados em 2002Metal Hammer
Os melhores discos de rock e metal lançados em 2002

Lista: rock para ouvir usando bermuda camuflada e tênis de skatistaLista
Rock para ouvir usando bermuda camuflada e tênis de skatista

Metal Hammer: os 10 melhores álbuns de rock e metal lançados em 1998Metal Hammer
Os 10 melhores álbuns de rock e metal lançados em 1998

Korn: banda divulga cover de música escrita por artista countryKorn
Banda divulga cover de música escrita por artista country


Sepultura: Roots é cópia descarada de Korn, diz Jonathan DavisSepultura
"Roots é cópia descarada de Korn", diz Jonathan Davis

Max Cavalera: Não dou a mínima para o que pensa o pessoal do Korn ou qualquer outro!Max Cavalera
"Não dou a mínima para o que pensa o pessoal do Korn ou qualquer outro!"


Lemmy: as pessoas se tornam melhores quando morremLemmy
"as pessoas se tornam melhores quando morrem"

Mascotes de bandas: GigWise elege os 14 mais famososMascotes de bandas
GigWise elege os 14 mais famosos


Sobre Raphael Crespo

Raphael Crespo é jornalista, carioca, tem 25 anos, e sempre trabalhou na área esportiva, com passagens pelo jornal LANCE! e pelo LANCENET!. Atualmente, é editor de esportes do JB Online, mas seu gosto por heavy metal o levou a colaborar com a seção de musicalidade do site do Jornal do Brasil, com críticas de CDs e algumas matérias especiais, que também estão reunidas em seu blog (http://www.reviews.blogger.com.br). Sua preferência é pelo thrash metal oitentista, mas qualquer coisa em termos de som pesado é só levantar na área que ele mata no peito e chuta. Gosta também de outros tipos de som, como MPB, jazz e blues, mas só se atreve a escrever sobre o que conhece melhor: o metal.

Mais matérias de Raphael Crespo no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin