Matérias Mais Lidas

imagemBeatles: A música que Paul McCartney compôs para calar a boca de Pete Townshend

imagemO hit dos Engenheiros sobre Humberto não querer ser guru dos jovens igual Renato Russo

imagemRoger Waters sobre tocar Pink Floyd sem David Gilmour: "Não tenho problema algum"

imagemTony Iommi diz que Geezer Butler sofreu acidente de barco e quebrou costela

imagemAs 10 músicas mais estranhas do Guns N' Roses, em lista do Ultimate Classic Rock

imagemBlaze achava que Bruce jamais voltaria para o Iron Maiden

imagemBatera do Polyphia perde click e técnico salva marcando o tempo em sua perna

imagemAs obscuras músicas favoritas do Red Hot Chili Peppers de John Frusciante

imagemO hit do Engenheiros do Hawaii frequentemente confundido com confissão de aborto

imagemDream Theater: confira possível setlist dos shows da banda no Brasil

imagemMaranhão Open Air anuncia line-up com 24 bandas em dois dias

imagemA opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

imagemAudioslave: Tom Morello recorda seu sinistro primeiro encontro com Chris Cornell

imagemDez clássicos do thrash metal que não foram gravados pelo "Big Four" - Parte I

imagemCinco músicas lançadas após o ano 2000 que se tornaram clássicos do rock - Parte III


Stamp

Resenha - Painkiller - Judas Priest

Por André Toral
Em 01/03/00

Em seu início de carreira, o Judas Priest mesclava, soberbamente, heavy e rock. Vários anos se passaram e a banda seguia destilando seus poderosos riffs, até início dos anos 80. Após este tempo, seguiram-se álbuns fracos em conteúdo musical, que vieram a diminuir a reputação conseguida após os lançamentos de Sin After Sin, Sad Wings of Destiny, Briths Steel etc; alguns desses são Point of Entry, Turbo e Ram it Down. Porém, logo após esta baixa, o Judas Priest volta para ficar de vez impresso na alma de todo e qualquer headbanger fanático por peso e melodia; o lançamento de Painkiller, em 1990, foi o grande responsável por esta façanha.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Podemos começar citando a arte fenomenal da capa do álbum, já a banda, surpreende a partir da majestosa introdução com a faixa-título, onde a bateria de Scott Travis começa a ditar o tom da destruição metálica existente no álbum; cheia de melodias, fúria, peso e um vocal iradamente agressivo, Painkiller, de cara, é um dos clássicos da banda. Destacam-se, também, as guitarras com seus solos inesquecíveis, compondo a estrutura desta faixa. Hell Patrol é outra música que mescla melodia vocal com peso nas guitarras, de forma genuína, com Gleen Tipton e K.K Dowing no melhor de suas formas. All Guns Blazing e Leather Rebel seguem a dinastia. Outra das faixas que traz um heavy incontrolável, é justamente Metal Meltdown. Um outro grande clássico do álbum, fica por conta da inconfundível Night Crawler, seguida da não menos clássica, mas também dramática, A Touch of Evil; destaca-se pela dramaticidade existente na voz de Rob Halford, junto ao seu altíssimo alcance já antes comprovado, bem como o riff que compõe a base da música e seu solo maravilhoso.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Além de todos estes fatores, Painkiller faz parte de uma lembrança muito forte, pois foi com o lançamento deste álbum que o Judas Priest pôde vir a se apresentar no Rock in Rio II, destilando toda a sua fúria e peso para os brasileiros, que, neste oportunidade, puderam presenciar várias fases da banda, de forma ao vivo, como Green Manalishi, Beyond the Realms of Death, Living After Midnight, Breaking the Law, Hell Bent for Leather, além das músicas de Painkiller. Com uma apresentação ultra maravilhosa, a banda se despediu de nosso país; atualmente estando com seu novo vocalista, Ripper Owens, fica a esperança de que o Judas Priest volte e destile seu peso em forma bruta sobre nós, brasileiros amantes do heavy metal genuíno.


Outras resenhas de Painkiller - Judas Priest

Resenha - Painkiller - Judas Priest

Resenha - Painkiller - Judas Priest

Resenha - Painkiller - Judas Priest

Resenha - Painkiller - Judas Priest

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Vocalista do Anvil afirma que Rob Halford e Ian Gillan são personagens

Judas Priest: Rob Halford comenta a influência de David Bowie e Alice Cooper

Mark Morton esqueceu intro de música do Lamb Of God e foi salvo por um celular

Rob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

Metralhadora, celebridade algemada: a louca turnê de "British Steel", do Judas Priest

Dez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

Max Cavalera diz que deseja trabalhar com Bruce Dickinson e outros dois ícones do metal

Judas Priest: Rob Halford comenta a influência de Led Zeppelin e Queen

Regis Tadeu analisa "Screaming For Vengeance", um dos maiores clássicos do heavy metal

Judas Priest: Produtor relembra rivalidade positiva entre Glenn Tipton e K. K. Downing

Halford ficou jururu ao saber que Judas vai receber "prêmio de consolação" do Rock Hall

Rob Halford relembra as loucuras do passado; "Nós estávamos dançando com a morte"

Rob Halford mostra a imagem mais pesada que você vai ver nesta semana

Metal FC: confira como seria um time de futebol formado por onze ícones do heavy metal

Judas, Megadeth e Van Halen aparecem em lista de "50 piores músicas" de grandes artistas

Rob Halford: qual o álbum preferido que ele gravou com o Judas?

Rob Halford: Vocalistas favoritos e lembranças de Lemmy Kilmister

Judas Priest: para Halford, banda é uma versão heavy metal do Queen

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre André Toral

Formado em Administração de Empresas. Curte Hard clássico dos anos 70 e início dos 80; Heavy Metal é sua religião.

Mais matérias de André Toral.