Resenha - Ramones - Ramones

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Miurrause
Enviar correções  |  Ver Acessos


Numa discografia básica esse CD não poderia faltar. É o disco de estréia dos mestres do punk rock, The Ramones, e que os impulsionou para mais de 20 anos de carreira e mais de 2000 shows por todo o mundo, conquistando fãs em todos os quadrantes do globo. E claro, é a capa que mais retrata o jeito Ramones de ser, os músicos de jaqueta de couro e calças jeans.

Ramones: vários vídeos oficiais de clássicos da banda disponíveis no Youtube; confiraFutebol: conheça os times do coração de alguns rockstars

Produzido por Craig Leon, os quatro rapazes Nova York trazem toda a essência punk nas quatorze músicas desse CD gravado não Plaza Sound do Radio City Music Hall. E vale sempre lembrar que desses clássicos, os Ramones ainda tocavam quatro das músicas desse disco em suas apresentações, tendo inclusive os tocado no seu último show.

Mantendo a pegada forte de suas músicas quando tocadas ao vivo, esse disco foi extremamente fiel a origens dos Ramones: cru, direto e rápido, sem maiores preocupações com produções ou eventuais maquiagem nas músicas. São os três acordes e ponto. Faixas toscas, que causariam rugas de preocupação nos pais que pegassem os filhos ouvindo essas músicas. Sem maiores experiências em estúdio e com muito ruído ao redor das músicas, o disco foi gravado.

A primeira música, Blitzrieg Bop, traz o clássico hino entoado nos shows: "Hey Ho! Let's Go!", sendo, sem dúvida nenhuma, uma entrada com o pé direito na discografia da banda, indispensável para qualquer amante do gênero. Seguem ainda outros hits: "Beat on the Brat"; "Judy is a Punk"; "I wanna be your boyfriend", uma linda balada de amor punk; "Chain Saw"; "Now I wanna sniff some glue", que mostra uma das maiores diversões para os garotos da época.

Além das músicas acima, ainda há as seguintes: "I don't wanna go down on the basement"; "Loudmouth"; "Havana Affair"; "Listen to my heart", uma música onde também é percebida uma pontada de amor; "53rd & 3rd"; houve a escolha do cover de Jim Lee, "Let's Dance", que soou como uma autêntica música dos Ramones; "I don't wanna walk around you" e "Today your love, tomorrow the world" fecham essa belíssima obra do punk rock. É um marco, um clássico!


Outras resenhas de Ramones - Ramones

Ramones: em 1976, o início de uma longa historiaThe Ramones: O Punk Rock mais puro em sua estréiaRamones: Um álbum para ser escutado na ordem das faixasRamones: Em 1976, o lançamento do 1º álbumRamones: Por que esse álbum me inspira?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ramones"


Ramones: vários vídeos oficiais de clássicos da banda disponíveis no Youtube; confira

Ramones: Ana Maria Braga abre programa com música da bandaRamones
Ana Maria Braga abre programa com música da banda

Ramones: vídeo oficial de "Rock N' Roll High School" está disponível no YoutubeEm 04/11/1977: Ramones lançava Rocket To RussiaGrandes covers: dez versões para "Pet Sematary", do RamonesRamones: vídeo oficial de "Blitzkrieg Bop" ao vivo está disponível no YoutubeRamones: vídeo oficial de "Psycho Therapy" está disponível no Youtube

Ramones: vídeo oficial Pet Sematary está disponível em alta qualidade no YoutubeRamones
Vídeo oficial "Pet Sematary" está disponível em alta qualidade no Youtube

Bateristas: 5 músicos que fizeram apenas um show em bandas clássicas do RockBateristas
5 músicos que fizeram apenas um show em bandas clássicas do Rock

Em 01/10/1984: Ramones lançava o álbum "Too Tough To Die"

Highways to Hell: As ruas mais rock'n roll do planetaHighways to Hell
As ruas mais rock'n roll do planeta

Rock: 25 fotos pra fazer você continuar acreditando na músicaRock
25 fotos pra fazer você continuar acreditando na música


Futebol: conheça os times do coração de alguns rockstarsFutebol
Conheça os times do coração de alguns rockstars

Viking Metal: Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!Viking Metal
Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!


Sobre Marcelo Miurrause

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336