Resenha - We Sing The Body Electric - Since By Man

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Drustan
Enviar Correções  

8


"Play It Fucking Loud" (aviso constante no selo do CD)

publicidade

"We Sing The Body Electric" se trata do primeiro trabalho full-lenght deste quinteto formado em Milwaukee, Wisconsin (EUA) em 1999, cujo título aparentemente teria sido inspirado em um dos contos fantásticos de Ray Bradbury ("I Sing The Body Electric").

Musicalmente falando, o que o grupo nos traz é uma espécie de Hardcore extremamente caótico, distorcido, com algumas pitadas de um certo "experimentalismo" sonoro (alguns dirão "ruídos"), lembrando levemente o trabalho do CONVERGE, só que um pouco mais agressivo e menos "metal", talvez.

publicidade

Ou, se o leitor preferir rótulos, eles se auto-intitulam uma banda de "hardcore/rock/noise".

Aliás, esta semelhança com o CONVERGE não é fruto do acaso: a produção do CD ficou justamente a cargo de Kurt Ballow, um dos mentores do lendário quarteto.

A temática - tanto nas letras quanto na parte gráfica - é predominantemente contestadora e irônica em relação ao consumismo exarcebado - embora por vezes a impressão é que a banda esteja mais "tirando um barato" com o ouvinte, a ponto de na contracapa vir impresso os dizeres: "we are for sale"...

publicidade

Falando em encarte, graficamente ele é muito bem bolado, trazendo as letras (há momentos em que somente com elas em mãos é possível entender o que está sendo "urrado" pelo vocalista Sam Macon), e entremeadas de citações de autores famosos como Albert Camus, Jean-Paul Sartre e Salman Rushdie, que se encaixam no contexto da letra das canções.

publicidade

"Devo investir neste CD?", deverá estar se perguntando o leitor. Bem, a melhor forma de saber é dar uma checada no som dos caras, algo que pode ser feito clicando-se nos links abaixo:

Revelation Records (sample em Real Audio de "Death Of Decadence").
www.mp3.com/sincebyman.

publicidade

Mas atenção: este trabalho é indicado somente para quem têm ouvidos e mentes abertas, quem procura algo "convencional" deve passar bem longe...

Faixas:
If It Bleeds It Leads
Push the Panic
Light Fuse Get Away
A Kid Who Tells on Another Kid is a Dead Kid
Death of Decadence
In Threes
Watch the Fall
It's Just that Kinda Night
The Enemy
Whats Your Damage
Parole in Liberta

publicidade

Total time: 34:24

Formação:
Jon Kraft (drums)
Sam Macon (vocals)
Bryan Jerabek (bass)
Kevin Herwig (guitars)
Justin Kay (guitars)

Site oficial: www.sincebyman.com.

Material cedido por:
Revelation Records - www.revelationrecords.com.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Deuses do Rock: o tempo passa para (quase) todos elesDeuses do Rock
O tempo passa para (quase) todos eles

Rolling Stone: as melhores músicas com mais de sete minutosRolling Stone
As melhores músicas com mais de sete minutos


Sobre Drustan

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin