Resenha - Seventh Star - Black Sabbath

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Quando tudo parecia estar perdido após o lançamento de “Born Again”, que contava com um Black Sabbath bastante modificado em relação à formação clássica (que contava com Ozzy, Iommi, Buttler e Ward), após a passagens de grandes vocalistas pela banda como Ronnie James Dio e Ian Gillan, em 1986 foi a vez de Tony Iommi reformar o Black Sabbath, e por isso, colocar como título do que seria o próximo álbum o nome da banda modificado para Black Sabbath – Featuring Tony Iommi.
520 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo5000 acessosGaleria - Tatuagens em homenagem ao Kiss

Mesmo tendo apenas o guitarrista como membro original, sem sombras de dúvidas “Seventh Star” é um disco do Sabbath. Glenn Hughes (vocal, já havia tocado no Deep Purple – também baixista), Dave “The Beast” Spitz (baixo), Geoff Nichols (teclado, já havia trabalhado com a banda em dois discos anteriores, “Heaven and Hell” e “Mob Rules”), Eric Singer (bateria, tocara com o Kiss), além de Tony Iommi (guitarra), formaram o Black Sabbath nesta época, formação que gravou junta somente neste disco.

Para a época pode-se dizer que a produção do disco ficou muito bem feita, mas o que chama mais a atenção é o fato de a banda fazer um tipo de rock bem diferente da época de discos como “Master of Reality” e “Vol. 4”, diferente do hard/heavy da época de “Heaven and Hell”, algo fortemente influenciado pelo progressivo (Deep Purple), e bandas como AC/DC e Led Zeppelin.

A escolha dos músicos por parte de Iommi foi muito bem feita. Hughes é um dos maiores vocalistas da história quando se fala de hard/rock. Eric Singer... bem... sobre esse basta vermos seu currículo ao lado de Alice Cooper e Kiss.

Abrindo com a rápida e pesada “In For the Kill”, uma das melhores do álbum, o CD já vai para a balada “No Stranger to Love”, que mais tarde viraria videoclipe. Para quebrar o tempo cadenciado, o disco segue com a certeira “Turn to Stone”, com um show de Eric Singer, ao contrário da primeira, em que o destaque vai na sua quase totalidade para Glenn Hughes. Em uma linha mais rock 70’ está a faixa “Danger Zone”, assim como “Heart Like a Wheel”, uma faixa destinada exclusivamente à virtuose de Tony Iommi com uma invejável interpretação de Hughes.

Pena que em nove faixas (oito músicas – “Sphinx The Gardian” é apenas uma introdução) não há nem 35 minutos de música. O disco prometia, as músicas mais pesadas são realmente boas, mas o que acabou “estragando” foi a alta quantidade de músicas paradas, baladas ou não.

Line-up:
Glenn Hughes (vocal);
Tony Iommi (guitarra);
Dave “The Beast” Spitz (baixo);
Geoff Nichols (teclado);
Eric Singer (bateria).

Track-list:
01. In For the Kill
02. No Stranger to Love
03. Turn to Stone
04. Sphinx (The Guardian)
05. Seventh Star
06. Danger Zone
07. Heart Like a Wheel
08. Angry Heart
09. In Memory...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Seventh Star - Black Sabbath

3016 acessosBlack Sabbath: O Disco "Solo" De Tony Iommy?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Black SabbathBlack Sabbath
"Podemos fazer alguns shows pontuais", diz Iommi

520 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo1419 acessosBlack Sabbath: veja unboxing da "The Ten Year War"1156 acessosDoom Metal: os 25 maiores álbuns do gênero0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Ronnie James DioRonnie James Dio
Curiosidades inusitadas sobre o vocalista

Tony IommiTony Iommi
"Ozzy é um amigo e não acho que venhamos a brigar!"

Álbuns de estreiaÁlbuns de estreia
O Top 10 da história do Rock/Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

TatuagensTatuagens
Homenagens à banda Kiss na pele dos fãs mais radicais

RoadrunnerRoadrunner
Os álbuns mais desprezados de todos os tempos

TraduçãoTradução
O clássico The Wall, do Pink Floyd

5000 acessosSeparados no nascimento: Roger Waters e Richard Gere.5000 acessosMotorhead: perguntas dos fãs respondidas por Lemmy5000 acessosRicardo Confessori: "Iron Maiden, aposenta logo!"5000 acessosRush: Geddy Lee e seu arsenal de baixos na turnê R405000 acessosDream Theater: garota de 10 anos em um destruidor cover na guitarra5000 acessosKirk Hammet: "não sou um Van Halen, ainda estou aprendendo"

Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online