Resenha - Face the Fire - Fireway

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Finatto Jr
Enviar Correções  

9


Quando eu resenhei a primeira demo do Fireway, chamada "Red Skies", já tinha consciência de que o trabalho da banda tinha tudo para ser tornar exemplar quando fosse lançado um primeiro CD. E este trabalho "exemplar" realmente surgiu no 'debut' da banda, neste CD intitulado "Face the Fire", que além de contar com as antigas músicas da banda, ainda apresenta mais seis composições novas. De novidade no 'line-up' desta banda gaúcha, somente o baterista que gravou o álbum, e que continua acompanhando o Fireway, Roger Beer. André Cauzzi (vocal e guitarra) e Maurício Ramos (baixo) continuam sendo os "cabeças" do trio, responsáveis por uma grande porcentagem dos melhores momentos e melhores performances da banda não só no quesito musical. Não posso deixar de citar a "límpida" gravação, e ainda a arte gráfica do álbum, assinada por Rodrigo Cruz (Imago Mortis, Holy Sagga, Hangar, entre outras).

publicidade

A voz de André Cauzzi continua sendo para mim a grande marca do heavy tradicional que o grupo executa, por possuir uma cara mais melódica nos momentos que são exigidos este tipo de vocal, e também por conseguir alcançar bons tons de agressividade quando as músicas necessitam de mais "porrada". Como já citado antes, as músicas da demo da banda estão aqui presente e são destaques, "Red Skies" continua sendo a minha favorita, seja pelas passagens rápidas de guitarra ou pelo grande refrão ótimo para os shows. "I'm Not Your Slave" está com uma nova letra e virou "Face the Fire", música que mantém a pegada mais hard rock deste trio. Esta música ficou ainda mais rápida do que a presente na demo! "To Live Again" (agora "Alive Again") ainda é a música que mais exprime riffs pesados e um interessante trabalho no baixo e na bateria. Evidentemente que há interessantes novas composições, como o caso de "A New Chance" (um show particular por parte do vocal de André Cauzzi), "Heart and Soul" (uma bonita balada, outra música favorita para mim), "Why??" (a banda conseguiu criar nesta faixa uma canção perfeita para os shows, com ótimos riffs e uma pegada bem forte na bateria). Na minha opinião, a introdução "Another Day... Another Place" também merece destaque, por ser possuir um lance muito bonito na percussão e violão, como a música típica espanhola, assim como a 'intro' "K.I.A.", dando o clima de guerras, o que a faixa sucessora tem em sua letra.

publicidade

Com certeza, todas as músicas presentes aqui merecem ser conferidas, mas eu acabei por indicar somente o conjunto das melhores. Guarde bem este nome: Fireway - 2003 tem tudo para ser o ano da banda!

Site: www.firewayonline.com

Email: [email protected]

Line-up:
André Cauzzi (vocal/guitarra);
Maurício Ramos (baixo);
Roger Beer (bateria).

publicidade

Track-list:
01. Intro
02. A New Chance
03. Heart and Soul
04. Face the Fire
05. K.I.A.
06. Red Skies
07. Cold Blooded Killer
08. Alive Again
09. Promises
10. Why??
11. Open Your Eyes
12. Another Day... Another Place
13. The Rider




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cover: 15 bandas que são quase tão boas quanto o originalCover
15 bandas que são quase tão boas quanto o original

Iron Maiden: os álbuns da banda, do pior para o melhorIron Maiden
Os álbuns da banda, do pior para o melhor


Sobre Paulo Finatto Jr

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin