Resenha - Yeah Yeah Yeahs (EP) - Yeah Yeah Yeahs

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Romani
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Strokes? White Stripes? Não. O hype do momento se chama Yeah Yeah Yeahs, contudo o cheiro de naftalina e sensação de catapultamento para os anos 70 são os mesmos proporcionados pelos dois grupos citados acima.

Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da bandaMr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)

A mais relevante diferença entre o Yeah Yeah Yeahs e seus concorrentes de máquina do tempo está na presença feminina de Karen O. nos vocais. Karen, que já está sendo alçada ao posto de nova diva do rock, ainda tem as companhias de Brian Chase na bateria e Nick Zinner na guitarra.

O genótipo da banda está calcado no Blues de "John Spencer Blue Explosion" e nos sujos genes do Punk, o que acaba contribuindo para um fenótipo simples, agressivo, displicente, mas não menos melodioso e agradável. Um dos fatores para estes conterrâneos dos Strokes terem um som tão cru se deve, talvez, à falta de baixo, característica esta similar à dos White Stripes.

Este disco é o primeiro registro aceitável da banda, que gravou várias demos antes desse trabalho. O primeiro álbum da banda por uma grande gravadora ainda está em processo de preparação. Resultado: O EP "Yeah Yeah Yeahs" já ganhou status de preciosidade entre os apreciadores do garage rock. Musicalmente falando, o disco traz boas canções como "Art Star" e "Our Time", ambas de refrão grudento, mas nada que vá salvar (?) o rock.

A brecha deixada pelos Strokes parece ser maior do que imaginávamos. Muitas bandas, boas e ruins, em NY estão agora atentamente observadas pelos engravatados das grandes companhias, e o YYY é mais uma delas. A quantidade de coincidências entre o grupo, o White Stripes e o Strokes é enorme. Será isso obra do acaso ou não? Só o tempo nos dirá, mas devemos lembrar da quantidade de bandas que surgiram e desintegraram da noite para o dia após o aparecimento do Nirvana. Cuidado com o hype, mas não deixe de escutar o som de Karen O. e seus companheiros.

Track-List

- Bang
- Mystery Girl
- Art Star
- Miles Away
- Our Time




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Yeah Yeah Yeahs"


Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da bandaIron Maiden
Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

Mr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)Mr Catra
Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)

Influências: Folk Metal e Música CeltaInfluências
Folk Metal e Música Celta

Rolling Stone: as 10 melhores bandas de Heavy MetalRolling Stone
As 10 melhores bandas de Heavy Metal

Humor: o que os fãs de rock pedem para beber em um bar?Humor
O que os fãs de rock pedem para beber em um bar?

Ozzy Osbourne: quem manda no Black Sabbath é o Tony IommiOzzy Osbourne
Quem manda no Black Sabbath é o Tony Iommi

Iron Maiden: Ao invés de gastar com hi-res, compre os CDs de 1998Iron Maiden
Ao invés de gastar com hi-res, compre os CDs de 1998


Sobre Bruno Romani

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Bruno Romani no Whiplash.Net.