Resenha - Grand Pecking Order - Oysterhead

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar Correções  

8


O que pensar de uma banda (ou um projeto?) que traz na sua formação nomes como Trey Anastacio (guitarras, PHISH), Les Claypool (baixo, PRIMUS) e Stweart Coperland (bateria, ex-THE POLICE)? Diferente? Inovador? Estranho? Horrível? Excelente? Eu quero esse CD agora !?!?!?!

publicidade

A única coisa certa é que é uma reunião um tanto quanto complexa: todos são excelentes músicos, respeitados e reconhecidos mundialmente, que já tiveram ou têm uma banda de muito sucesso em diversos níveis, mas que vêm de backgrounds totalmente diferentes. Talvez os que mais se assemelham nesse "power trio" sejam Les Claypool e Trey Anastacio (visto que desde o início da carreira o PHISH tenta sempre inovar e é uma das maiores jam bands que o mundo já conheceu), mas mesmo assim suas diferenças são gigantescas.

publicidade

"The Grand Pecking Order" acaba se tornando uma versão "maluca" da junção entre PRIMUS e PHISH (não perdendo pra nenhuma das duas!), com uma aula de bateria do mestre Stweart Coperland.

Falar das qualidades instrumentais dos músicos é bater a cabeça na parede... todos são impressionantes do primeiro até o último segundo das 13 faixas que compõem o álbum.

publicidade

É impossível não destacar pérolas como "Little Faces", "Mr.Oysterhead", "Army’s on Ecstasy" e a própria "The Grand Pecking Order".

Pena que dificilmente vai ser lançado no Brasil, por enquanto só encomendando o importado, com o preço lá em cima.

Interessante, empolgante e original, "The Grand Pecking Order" é um prato cheio para quem está faminto para ouvir algo novo, feito por músicos geniais que já deixaram sua marca na música. Comprem.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rockMetromix
A lista dos vocalistas mais irritantes do rock

Creed: nomeada pior banda dos anos 1990 pela Rolling StoneCreed
Nomeada pior banda dos anos 1990 pela Rolling Stone


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin