Matérias Mais Lidas

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemShavo Odadjian, baixista do System Of A Down, conta quais álbuns mudaram sua vida

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemO dia que os membros do Black Sabbath foram amaldiçoados por uma seita satânica

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemIron Maiden apresenta Eddie em versão samurai ao vivo; veja vídeo oficial

imagemGene Simmons compartilha tweet com meme da ex-presidente Dilma Rousseff

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden


Resenha - Southgate - Seventh Avenue

Por Rafael Carnovale
Em 16/06/03

Nota: 8

Os alemães do Seventh Avenue já têm algum tempo de estrada, inclusive com turnês que passaram por todo o mundo, tocando no Brasil em 2002. Este cd, "Southgate" é o terceiro na carreira da banda, lançado em 1998. Este quarteto se caracteriza por fazer um som calcado no power metal germânico, altamente influenciado por Helloween, Running Wild, Rage e as bandas que compuseram este cenário. O diferencial do Seventh Avenue é que os mesmos usam a temática cristã em suas letras, o que requer um cuidado especial, para que a mesma não soe como uma pregação exagerada.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"Southgate" abre o cd, com 10 minutos de puro heavy metal, e guitarras poderosas, além de um vocal que lembra em muito Michael Kiske. O mais interessante é o fato da banda manter o pique alto em toda a faixa, o que não a torna cansativa. "Protection of Fool" segue a mesma linha, sendo um power bem estruturado. Já "Carol" contém fragmentos de Iron Maiden, principalmente nos riffs de guitarra, que são nitidamente influenciados pela dozela, com uma levada mais cadenciada.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Já faixas como "May the Best One Win", a instrumental "Storm 1"(excelente por sinal) e a melhor de todas, "Big City Sharks", capricham no speed-metal que o Helloween executou com maestria nos anos 80, enquanto que faixas como as baladas "Heart in Your Hand" e "Puppet of the Might" trazem maior melodia e climas mais calmos ao cd. "Goodbye" fecha o cd em tom de despedida, com sete minutos de puro metal épico. Inclusive a banda lançaria em seguida um EP com este mesmo nome.

Os músicos são extremamente talentosos e a banda fez um belo cd, que só teve como ponto negativo uma produção razoável, mas carente de um som melhor e certa fraqueza na parte gráfica. Era um passo para colocar a banda no nível internacional. Boa pedida para fãs de heavy em geral.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Site oficial: Http://www.seventh-avenue.de

Line Up:
Herbie Langhans – Vocal/Guitarras
Andi Gutjair – Guitarras
Willian Hieb – Baixo
Mike Pfluger - Bateria
Material cedido por:

Megahard Records:
Cx Postal 41698 – São Paulo (SP) – Cep:05422970
http://www.megahard.com.br
Tel: 11-32240709

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.