Resenha - Baranga - Baranga

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Guilherme Vignini
Enviar Correções  

9


Algum tempo atrás, tive a oportunidade de fazer o review da primeira demo do Baranga, banda paulista de Rock’n Roll, e agora finalmente eles conseguem lançar seu primeiro CD.

publicidade

O Baranga é uma banda que toca Rock’n Roll de verdade. Se você não suporta mais ouvir bandas imitando Sepultura, Angra, Krisium, etc, essa pode ser uma boa opção. A banda faz um som mais ao estilo AC/DC, Status Quo, ZZ Top do que as tendências que estão na moda. Não espere ouvir do Baranga algum cover do Korn ou do Linkin’ Park.

A banda é ótima, a começar pelo batera, o Paulão, que é um ícone do Rock’n Roll paulista, por seu passado glorioso em bandas como Centúrias, Firebox, Cheap Tequila e até recentemente pelo Harppia. Ele continua batendo fortíssimo, com seu estilo "Cozy Powell". O vocalista e guitarrista Xande, freqüentador assíduo dos melhores luthiers de guitarra e dos piores botecos de São Paulo, está bem mais familiarizado com o estúdio e tocando e cantando muito bem. O experiente guitarrista Deca (ex- Pitbulls on Crack) tem uma ótima técnica, que se encaixa perfeitamente na proposta do grupo, e o baixista "Soneca" mostra bastante firmeza e segura "todas".

publicidade

O som é sujo e alto, as letras sexistas e totalmente politicamente incorretas. O cd tem ótimos momentos como "Tudo o Que Eu Tenho Na Vida" que é AC/DC puro. "Maverick" fala do carrão que bebe mais que o dono, "Mulher de Pagodeiro" é um blusão que faz uma "homenagem" á essas personagens da fauna local, com uma das letras mais sacanas do CD.

O clássico do Centúrias "Duas Rodas" é recriado numa "versão AC/DC", bem diferente das versões do SP Metal e do Última Noite. Depois do revival do Metal dos anos 80. como o retorno do Harppia e do Salário Mínimo é ótimo ouvir novamente essa música.

publicidade

"Meu Time" seria perfeito para trilha sonora do último jogo da "seleção canarinho" contra o México, quem assistiu ao pior jogo de futebol da história vai concordar totalmente com a letra que destila veneno no nosso esporte preferido. "Shake" tem um refrão sensacional, "Baranga" já conhecida, fala da mulherada que é um estouro na tv e de perto é o "bagaço da laranja" . O cd termina com chave de ouro com "Show de Roquenrou".

publicidade

A estréia do "Baranga" é ótima. O único problema é o efeito colateral, já que depois de ouvir o CD todo você fica cheirando gasolina, bêbado com cerveja vagabunda e provavelmente vai adquirir alguma doença venérea.

Website: www.barangarock.com.br

publicidade


Outras resenhas de Baranga - Baranga

Resenha - Baranga - Baranga

Resenha - Baranga - Baranga




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mondo Orra: Programa com Matanza Inc, Roland Grapow, Baranga e 14 Bis


Metal SP: documentário sobre Heavy Metal em São PauloMetal SP
Documentário sobre Heavy Metal em São Paulo


Raul Seixas: qual a origem da música Gita?Raul Seixas
Qual a origem da música "Gita"?

Vocalistas: Os 10 melhores da história do rockVocalistas
Os 10 melhores da história do rock


Sobre Guilherme Vignini

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin