Resenha - World Needs a Hero - Megadeth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar Correções  

7


Depois de 2 anos do lançamento de RISK, que decepcionou a grande maioria dos fãs da banda, por ser um disco não tão voltado para o heavy metal, e sim mostrando um Megadeth a procura de novos caminhos para sua música, THE WORLD NEEDS A HERO chega cercado de apreensão, ainda mais depois da saída de Marty Friedman, que foi substituído por Al Pitrelli (ex- Savatage, guitarra).

Megadeth: banda divulga vídeo de "Tornado of Souls" ao vivo em Nova York

Separadas no nascimento: Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)

Já faz algum tempo que Dave Mustaine não mostra mais a genialidade encontrada em discos como Peace Sells e Rust in Peace, mas é impossível dizer que discos como Countdown To Extinction e Youthanasia são ruins (muito pelo contrário).

Em The World Needs A Hero o Megadeth com certeza está de volta ao heavy metal, desde a capa com a volta do mascote VIC até o visual da banda, porém o som não traz tanta energia como antigamente, seguindo uma mesma fórmula e sem maiores inovações. Todas músicas são boas, mas não tem nada que realmente empolgue ou que seja do nível dos trabalhos antigos da banda.

Logicamente temos alguns destaques e algumas músicas merecem observações: "The World Needs a Hero" talvez seja a música mais "diferente" do CD e por isso traz um atrativo a mais, "1000 Times Goodbye" é uma grande faixa, "Burning Bridges" tem um excelente refrão, com uma boa melodia, "Promises" é uma boa balada e serve para quebrar um pouco o rítmo do CD, "Recipe for Hate...Warhorse" e "Dread and Fugitive Mind" não deixam a peteca cair e "Return To Hangar" mostra que Mustaine ainda sabe compor músicas pesadas no estilo de Rust in Peace, com muitos solos e com levadas bem mais heavy metal, mas não chega nem perto da verdadeira Hangar 18.

Al Pitrelli cumpre seu papel perfeitamente, e o baterista Jimmy DeGrasso mais uma vez mostra que toca muito, mas que por má sorte não entrou numa fase muito boa para o Megadeth.

No final das contas THE WORLD NEEDS A HERO é um bom disco ,que não vai decepcionar os fãs, mas que também não vai trazer o Megadeth ao topo mais uma vez, mas sim contar como mais um CD na grande discografia da banda.


Outras resenhas de World Needs a Hero - Megadeth

Megadeth: o injustamente subestimado The World Needs a Hero

Megadeth: O recomeço que quase foi um ponto final




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Megadeth: banda divulga vídeo de Tornado of Souls ao vivo em Nova YorkMegadeth
banda divulga vídeo de "Tornado of Souls" ao vivo em Nova York

Megadeth: livro sobre o clássico Rust In Peace será lançado em setembroMegadeth
Livro sobre o clássico Rust In Peace será lançado em setembro

Há 56 anos: nascia Nick Menza, baterista da formação clássica do MegadethHá 56 anos
Nascia Nick Menza, baterista da formação clássica do Megadeth

Spotify: Kiko Loureiro elabora playlist com monstros sagrados do rock/metal nacionalSpotify
Kiko Loureiro elabora playlist com monstros sagrados do rock/metal nacional

Megadeth: quebra-cabeças com capas de clássicos serão lançados em outubroMegadeth
Quebra-cabeças com capas de clássicos serão lançados em outubro

Megadeth: Livro sobre Rust in Peace chega em Setembro com prefácio escrito por SlashMegadeth
Livro sobre Rust in Peace chega em Setembro com prefácio escrito por Slash

Kiko Loureiro: ele levou tombo de R$1,5 milhão no BrasilKiko Loureiro
Ele levou "tombo" de R$1,5 milhão no Brasil

Lista: faixas de encerramento matadoras do Rock e Heavy MetalLista
Faixas de encerramento matadoras do Rock e Heavy Metal

Megadeth: David Ellefson diz que novo álbum será fenomenalMegadeth
David Ellefson diz que novo álbum será fenomenal

Em 14/07/1992: Megadeth lançava o excelente Countdown To Extinction


Em 17/05/1995: o dia de fúria que inspirou The Right To Go Insane, do MegadethEm 17/05/1995
O dia de fúria que inspirou "The Right To Go Insane", do Megadeth

Megadeth: o que Ellefson fez quando Mustaine encerrou a banda em 2002?Megadeth
O que Ellefson fez quando Mustaine encerrou a banda em 2002?


Separadas no nascimento: Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)Separadas no nascimento
Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)

Dave Mustaine: Maroon 5 o deixou boquiabertoDave Mustaine
Maroon 5 o deixou boquiaberto


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin