Matérias Mais Lidas

Helloween: a melhor música da banda na fase Andi Deris, na opinião de Michael KiskeHelloween
A melhor música da banda na fase Andi Deris, na opinião de Michael Kiske

Charlie Brown Jr: como Chorão foi corrompido após ficar rico, segundo Tadeu PatollaCharlie Brown Jr
Como Chorão foi corrompido após ficar rico, segundo Tadeu Patolla

Iron Maiden: Bruce Dickinson te enganou em shows no Brasil em 2019 e você nem percebeuIron Maiden
Bruce Dickinson te enganou em shows no Brasil em 2019 e você nem percebeu

Guns N' Roses: estreando velha nova música Absurd em show nos EUA; veja vídeoGuns N' Roses
Estreando "velha nova" música "Absurd" em show nos EUA; veja vídeo

Robert Plant: a música da carreira que ele acha mais difícil de cantar (não é do Led)Robert Plant
A música da carreira que ele acha mais difícil de cantar (não é do Led)

Gary Moore: em ácido comentário, ele dizia em 1987 por que não curtia hard rockGary Moore
Em ácido comentário, ele dizia em 1987 por que não curtia hard rock

Lindemann: não era minha praia, diz Tägtgren sobre fim da bandaLindemann
"não era minha praia", diz Tägtgren sobre fim da banda

System of a Down: a música escatológica que gerou briga e quase acabou com a bandaSystem of a Down
A música escatológica que gerou briga e quase acabou com a banda

Champignon: como morte de Chorão e críticas abalaram o baixista, segundo Tadeu PatollaChampignon
Como morte de Chorão e críticas abalaram o baixista, segundo Tadeu Patolla

Megadeth: Dave Mustaine compartilha riff brutal do novo álbumMegadeth
Dave Mustaine compartilha riff brutal do novo álbum

Offspring: baterista diz que foi demitido por recusar vacina após recomendação médicaOffspring
Baterista diz que foi demitido por recusar vacina após recomendação médica

Nightwish: Floor Jansen fala sobre sua saúde mental e planos de carreira soloNightwish
Floor Jansen fala sobre sua saúde mental e planos de carreira solo

Eddie Van Halen: por que achavam que ele não era gente boa - e por que isso é mentiraEddie Van Halen
Por que achavam que ele não era gente boa - e por que isso é mentira

Joey Jordison: o dia que ele pegou violão e tocou música para fãs na porta de hotelJoey Jordison
O dia que ele pegou violão e tocou música para fãs na porta de hotel

Metallica: Kirk explica a bolha da banda criada para trabalharem durante a pandemiaMetallica
Kirk explica a "bolha da banda" criada para trabalharem durante a pandemia


Stamp

Resenha - Sins Of Our Saviours - A Triggering Myth

Por Haggen Kennedy
Em 26/01/00

Nota: 9

Lançado por: Laser's Edge

"The Sins of Our Saviours" é simplesmente o quarto disco dessa banda italiana REALMENTE progressiva. E bota 'realmente' nisso. E bota 'progressivo' também. Se você que é fã de Dream Theater gostou de "The Dance of Eternity" e além disso adorou ambos os Liquid Tensions Experiment's e ainda consegue ser viciado em bandas como Magellan, Cairo e Caliban, não pode deixar de conferir essa guerra de acordes e progressivismo que é o A Triggering Myth.

Em primeiro lugar, é impossível não falar da produção desse disco. Minha nossa senhora, QUE produção!! O encarte é perfeito. O som, idem. Realmente a Laser's Edge deu conta do recado. E pode-se dizer tranquilamente que foi até mesmo além da conta. Jogou duro. Em segundo lugar, a competência dos músicos: altamente capacitados. Algumas composições são tão insanas que você fica na dúvida se é realmente uma música ou simplesmente um conglomerado de técnicas e quebradas de compasso. Aliás, que quebradas. Praticamente o disco inteiro não tem um tempo certo. O compasso é difícil pra cacete de acompanhar. É realmente MUITO bem trabalhado. Mas o mais intrigante é descobrir como o vocalista conseguiu imaginar uma base vocal para cantar em cima daqueles tempos que quebram mais que vidraça de pátio de escola que fica do lado de campo de futebol.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A proposito, as surpresas não são exclusivas da complexidade da música: nesse disco apareceram simplesmente Alberto Piras e Alessando Bonetti. Exatamente, os dois da banda italiana Deus Ex Machina. Vocalista (sim, ele que conseguiu encaixar a voz nas loucuras de tempo) e violinista respectivamente, os dois dão realmente um toque especial ao som do conjunto.

O A Triggering Myth é realmente uma banda que você tem que sentar e analisar para poder compreender a profundidade do que está sendo tocado. O disco foi realmente bem pensado pois apesar do progressivismo latente, não consegue nem ser chato. Com 9 músicas, não dá tempo de se esquentar com o disco. Dá pra colocar pra rolar de novo.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

É, as bandas italianas estão surgindo aos montes. Fica uma pergunta na cabeça: será que Cristina Scabbia está certa? Italianos fazem mesmo melhor?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Pentral
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1


Sobre Haggen Kennedy

Nascido ao fim dos anos 70 e adolescido em meio ao universo metálico, Haggen Heydrich Kennedy já trabalhou e atuou numa vultosa gama de atividades, como o jornalismo, o desenho, a informática, o design e o ensino, além de outros quefazeres. Atualmente vive em Atenas, Grécia, onde estuda História, Arqueologia e Grego Antigo na Universidade de Atenas. A constante nesse turbilhão de ofícios, todavia, sempre constituiu-se de dois fatores: as línguas (ainda hoje trabalha com tradução e interpretação) e a música - esse último elemento, definitivo alimento espiritual.

Mais matérias de Haggen Kennedy.