Resenha - New World Order - Gamma Ray

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Para muitos Kai Hansen é um tipo de deus do heavy metal e o grande criador do heavy melódico (para o bem ou para o mal) e que depois de sua saída do Helloween a banda nunca mais se recuperou. Em parte, tudo isso é verdade, mas o certo é que Kai é um grande músico que fez seu nome dentro do cenário da música pesada e que deve ser respeitado mesmo por quem não gosta do estilo.

Separados no nascimento: Paul McCartney e Kiko do ChavesHeavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Gamma Ray lançou, ao longo de mais de 10 anos, alguns CDs excelentes, discos como "Insanity And Genius" (ainda com Ralph Scheepers nos vocais) e a obra-prima "Land Of The Free". Porém seus últimos lançamentos, por mais que tivessem excelentes composições, pecavam por não trazer absolutamente nada de novo e cair sempre na mesmice.

Com esse novo New World Order a situação continua na mesma. Podemos encontrar boas músicas (impossível dizer que faixas como "Dethrone Tyranny" são ruins), seguindo o power/heavy melódico, algumas com uma maior influência de Judas Priest, mais heavy tradicional ("The Heart Of The Unicorn" e "Solid") , e outras com passagens excelentes ( o "bridge" da música título "New World Order" é muito legal e o refrão de Damn The Machine merece destaque ), porém após ouvir todas as 11 faixas, o CD é bem menos do que se deve esperar de um compositor como Kai Hansen.

Kai devia ditar as regras do estilo e não seguir as tendências do "mercado" , pois isso só vai fazer com que o Gamma Ray se torne mais uma banda no meio das milhares de cópias que assolam o planeta hoje em dia. Sorte que eles tem muito mais qualidade do que o resto, mas se continuarem se repetindo não da para saber onde o grande Gamma Ray vai parar.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Gamma Ray"


Loudwire: os dez melhores álbuns de metal de 1995Loudwire
Os dez melhores álbuns de metal de 1995

Helloween: temos boa relação com Kai HansenHelloween
"temos boa relação com Kai Hansen"


Separados no nascimento: Paul McCartney e Kiko do ChavesSeparados no nascimento
Paul McCartney e Kiko do Chaves

Heavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capasHeavy Metal
O Diabo e personagens bíblicas nas capas


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336