Resenha - Images Of The Innocent - Specter

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


A cena metálica russa é uma das mais esquisitas do planeta. Cheia de bandas de primeira linha, quase todas cantando em inglês, é impressionante o fato de nenhuma delas obter sucesso expressivo seja dentro ou fora de seu país. O movimento é forte e grande, os músicos são talentosos, mas a divulgação parece ser fraca.

Metallica: se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma fotoPreconceito: dificuldades de ser roqueiro em cidade do interior

O Specter é mais um dos conjuntos na fila dos artistas russos sem o devido reconhecimento. Apresenta um metal progressivo competente, ora bem suave, com influências de neo-clássico/folk e beirando o rock, ora mais pesado, com toques de melódico e power.

As composições são impressionantes. Possuem elementos bem complexos e surpreendem tanto na construção de melodias pegajosas e cantáveis, como também na execução de contrapontos, e quebradas de tempo, com destaque para bateria, guitarra e flauta.

A produção e a mixagem, falhas em alguns pontos, têm sua maior virtude na área onde mais pecam os trabalhos de metal progressivo, ou seja, se sobressaem ao fazer o Specter soar como um grupo, sem tendências a abrir maiores espaços para este ou aquele instrumento. O que se distingue aqui, o faz por conta própria, e não por efeitos ou produção tendenciosa.

O grande mal do disco está nos vocais. Em músicas mais leves, como "Light", o resultado é até bem audível. Entretanto, a coisa fica complicada quando guitarras, bateria e baixo resolvem dar um tom mais intenso, como acontece em "Raven To Raven" e "Elements". Lamentável e extremamente prejudicial às suntuosas composições presentes no bom "Images Of The Innocent".

Material cedido por:
MetalAgen Records / Valiant Music Productions - http://valiantmusic.musica.mustdie.ru
P.O. Box 143, 127486
Moscow, Russia
Tel: +7 (095) 159-6189
Fax: +7 (095) 186-1700
Email: valiant@cea.ru



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Specter"


Metallica: se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma fotoMetallica
Se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma foto

Preconceito: dificuldades de ser roqueiro em cidade do interiorPreconceito
Dificuldades de ser roqueiro em cidade do interior


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.