Resenha - Keep It To Yourself - Mullmuzzler

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

7

Site Oficial - http://www.dreamtheater.net/mull.htm

James LaBrie (Vocais)
Mike Keneally (Guitarras)
Mike Mangini (Bateria)
Matt Guillory (Teclados/Piano)
Bryan Beller (Baixo)

Com exceção de James LaBrie, todos os músicos do Dream Theater já haviam lançado projetos paralelos, onde tinham participação imprescindível. James havia participado apenas como convidado, em alguns álbuns, como Tyranny do Shadow Gallery. Pois, depois de vários anos ao lado de John Petrucci & cia, ele resolveu lançar um trabalho solo.

publicidade

O 'previsto' era que James LaBrie 'misturasse' o bom hard rock do Winter Rose (antiga banda dele) com o excelente metal progressivo do Dream Theater (banda atual). E realmente a previsão, bem óbvia por sinal, se concretizou e "Keep It To Yourself" é uma fusão desses dois estilos.

Com o 'suporte' de Matt Guillory, Mike Mangini, Mike Keneally e Bryan Beller, a expectativa era de que fosse sair algo realmente ESPETACULAR. E a primeira música, "His Voice", chega a reforçar essa idéia, pois é extremamente bem composta e tocada. Porém, o 'pique' da primeira composição não se segue até o fim. Aparecem outras músicas boas como "Statued" (mais pesada) e "Slow Burn" (balada), mas, de resto, fica um certo 'vazio'. Parece que falta algo. O que deixa esse 'vazio', exatamente, é difícil dizer. O fato é que James LaBrie não se saiu tão bem em seu projeto paralelo quanto John Myung, Mike Portnoy e John Petrucci (músicos que participaram de todos os álbuns do Dream Theater).

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: Perguntas, respostas e curiosidades diversasMetallica
Perguntas, respostas e curiosidades diversas

Simplicidade é para os falsos: o nome de banda mais complicado do mundoSimplicidade é para os falsos
O nome de banda mais complicado do mundo


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin