Resenha - Stairway to Fairyland - Freedom Call

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Haggen Kennedy
Enviar correções  |  Ver Acessos

Puta que pariu! O que será que deu em Dan Zimmermann (Gamma Ray) pra fazer um disco desse? Ruim? Pelo contrário, é simplesmente p-e-r-f-e-i-t-o ! Se você que está lendo esse review quer uma nota pro CD, tem que ser 10. Chega a dar vontade de jogar a ética jornalística no lixo e gritar tudo o que é nome, pois chega a ser quase indefinível o quão maravilhoso é esse álbum. "Fairyland", "Hymn To The Brave", "Tears Falling", "Shine On", Another Day", "Holy Knights"... não dá, eu vou citar todas as músicas do disco como melhores. Porque realmente são.

Guns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com AxlPink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sem dúvida NENHUMA, foi o melhor disco que o Dan Zimmermann já fez na vida. Não deveria nem dizer, mas o disco, na minha modesta opinião, coloca os últimos lançamentos no chinelo. Vá ser bom assim no inferno.

Dan, meu velho, eu soube que você desistiria do Freedom Call para continuar só no Gamma Ray. Mas se você tomar mesmo essa decisão vou pessoalmente a Alemanha dar um chute no seu traseiro. O Freedom Call não pode acabar NUNCA.
Sem dúvida, um dos melhores álbuns que já ouvi na minha vida e que está na minha lista de Melhores de 1999. Freedom Call rules!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Freedom Call"


Guns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com AxlGuns N Roses
Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl

Pink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbunsPink Floyd
As brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns


Sobre Haggen Kennedy

Nascido ao fim dos anos 70 e adolescido em meio ao universo metálico, Haggen Heydrich Kennedy já trabalhou e atuou numa vultosa gama de atividades, como o jornalismo, o desenho, a informática, o design e o ensino, além de outros quefazeres. Atualmente vive em Atenas, Grécia, onde estuda História, Arqueologia e Grego Antigo na Universidade de Atenas. A constante nesse turbilhão de ofícios, todavia, sempre constituiu-se de dois fatores: as línguas (ainda hoje trabalha com tradução e interpretação) e a música - esse último elemento, definitivo alimento espiritual.

Mais matérias de Haggen Kennedy no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336