Supla: Sessão de fotos com roqueiros playboys

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fotoboard Tramparia, Fonte: Crônicas e Fotos - Supla
Enviar correções  |  Ver Acessos

Que momento mágico! O primeiro encontro do Papito com o Poeta do Rock Nacional.

Separados no nascimento: Synyster Gates e Luan SantanaCapas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da história

SUPLA e CAZUZA se trombaram num estúdio fotográfico, conversaram e posaram juntos para algumas fotos.

Mais tarde, já amigos, compuseram uma canção que você ouve no final dessa postagem.

Leia sobre esse encontro épico dos dois astros do rock nacional, no trecho retirado do livro SUPLA - Crônicas e Fotos do Charada Brasileiro.

Local de Publicação: São Bernardo do Campo | Ano: 2016 | Páginas: 152 | Editora: Edições Ideal | Foto de Capa: Bob Gruen
Local de Publicação: São Bernardo do Campo
Ano: 2016
Páginas: 152
Editora: Edições Ideal
Foto de Capa: Bob Gruen

"Quem me apresentou ao Cazuza foi minha ex-namorada Fabiana Kherlakian junto com sua mãe Yara Neiva.

Elas achavam que nós iríamos nos identificar e foi isso mesmo que aconteceu.

Essa foto acabou rolando porque o CAZUZA estava fazendo uma capa pra revista Bizz, com o fotógrafo Marcos Bonisson.

O Marcos era casado com a Yara, e por acaso eu estava presente nessa sessão de fotos. E aí falaram:

"Pô, vamos fazer uma foto do Supla com o CAZUZA". O CAZUZA queria uma bota legal para sair na foto e pegou a minha emprestada, que ficou super gigante no pé dele...

Fotografia por Marcos Bonisson, presente no livro SUPLA - Crônicas e Fotos do Charada Brasileiro.
Fotografia por Marcos Bonisson, presente no livro SUPLA - Crônicas e Fotos do Charada Brasileiro.

Creio que identificamos porque éramos roqueiros de mente aberta musicalmente. Eu achava engraçado o CAZUZA cantando "a burguesia fede".

Gostei imediatamente dele. Ele era rock and roll. Não tinha papas na língua, falava o que vinha na cabeça.

"Puta, essa novela é chata", lembro-me dele comentando sobre uma novela que estava passando na época.

Ele não tinha vergonha de ser o que ele era. E eu também sempre busquei isso, desde o começo da minha carreira, como na letra de "Humanos".

"Querem me obrigar a ser do jeito que eles são, cheios de certezas e vivendo de ilusão". O CAZUZA expressava muito isso!

Foto da Contracapa: Mateus Mondini
Foto da Contracapa: Mateus Mondini

Algum tempo depois, fizemos uma música juntos, chamada "Nem tudo é verdade", que está no meu primeiro álbum solo e ganhou até vídeo no Fantástico.

"Vejo o Brasil do avião, é tudo verde, é tudo em vão..."

O processo de composição foi a distância. Conversamos por telefone, trocamos ideias e ele me mandou algumas partes da letra.

Coleção Cifranegriana: Foto do 1º álbum do SUPLA, lançado em 1989.
Coleção Cifranegriana: Foto do 1º álbum do SUPLA, lançado em 1989.

O conteúdo da letra misturava o lance da gente vir de família rica com o fato de ter noção do que acontecia ao nosso redor.

Bem diferente do "Ah, eu tô bem, danem-se os outros"... A letra era uma visualização do que acontecia no Brasil.

Faixa 10: Nem Tudo É Verdade | Álbum: SUPLA (1989) | SUPLA

Essa matéria faz parte da categoria Trecharias BioRockers e da Biblioteca Cifranegriana - Portalblog cifranegramisterial.com.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Supla"Todas as matérias sobre "Cazuza"


Frejat: criticando a revista Veja por cobertura da doença de CazuzaFrejat
Criticando a revista Veja por cobertura da doença de Cazuza

Mônica Guedes: seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhandoMônica Guedes
"seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhando"


Separados no nascimento: Synyster Gates e Luan SantanaSeparados no nascimento
Synyster Gates e Luan Santana

Capas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da históriaCapas de álbuns
As mais obscuras e marcantes da história


Sobre Fotoboard Tramparia

Fotógrafo artístico que registra e cria cenários com objetos ligados a cultura pop/rock, como CDs, livros, camisetas etc. Edita textos, fotos e divulga bandas no Portalblog cifranegramisterial.com. Desde os tempos de guri, ouve Led Zeppelin, The Cult, Rush, AC/DC, Iron Maiden, Guns N' Roses, Alice In Chains, entre outras inúmeras lendas do rock/metal. Toca piano e teclado, pratica esportes e está sempre em busca de energia rock and roll e da natureza.

Mais matérias de Fotoboard Tramparia no Whiplash.Net.

adWhipDin