Matérias Mais Lidas

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemMarcos Mion conta história de encontro (e manjada) com Bon Jovi no banheiro

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemO que mais impede Kiko Loureiro de voltar ao Angra? (Não tem nada a ver com o Megadeth)

imagemBeatles: Paul McCartney conta a história por trás de "Ob-La-Di, Ob-La-Da"

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemPhil Campbell conta como era fácil "comprar" Lemmy pra fazer qualquer coisa

imagemRage Against The Machine vem ao Brasil em dezembro, diz José Noberto Flesch

imagemApós viralizar com anúncio, Harppia revela identidade do novo baixista

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"

imagemJimmy Page dá opinião sobre streaming e enaltece desconhecido herói dos músicos

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemChad Smith chama matéria sobre Taylor Hawkins de "sensacionalista e enganosa"


PRB

Scott Weiland

Em 06/04/06

Biografia originalmente publicada no site Dying Days

Por Alexandre Luzardo

Scott Weiland começou sua turbulenta carreira na música como vocalista da banda Mighty Joe Young em 1987, que tocavam em bares por todo o sul da California, de Los Angeles a San Diego. A reputação da banda foi crescendo até que assinam com a gravadora Atlantic e rebatizam a banda Stone Temple Pilots.

Os anos subsequentes são de muito sucesso na carreira do Stone Temple Pilots, muito devido a explosão do som de Seattle, que levou o rock ao topo das paradas. No entanto, após o lançamento do segundo álbum do grupo, Purple de 1994, o vocalista Scott Weiland começa a sofrer os efeitos de seu abuso no uso de drogas. A banda é forçada a cancelar a turnê que estava em andamento e Weiland passa algum tempo se recuperando em clínicas de reabilitação.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A volta acontece com o álbum Tiny Music... Songs From The Vatican Gift Shop, lançado em 1996. Mas os problemas de Weiland com a heroína mais uma vez impedem a banda de entrar em turnê. Em 1997, os outros integrantes do STP, os irmãos Dean e Robert DeLeo e o baterista Eric Kretz formam o projeto paralelo Talk Show juntamente com o vocalista David Coutts (da obscura banda Ten Inch Men) e lançam um álbum ainda naquele ano.

Em 1998 Scott Weiland lança sua carreira solo, com o álbum 12 Bar Blues, produzido por Daniel Lanois, famoso pelo seu trabalho com o U2. O disco conta com a participação de vários músicos e é recheado de efeitos eletrônicos e uma sonoridade que mistura glam-rock e industrial. O disco não tem boa repercussão tanto de crítica como de público. Quando Weiland se preparava para a turnê de lançamento do álbum, em Nova York, foi preso por porte de drogas, teve que enfrentar processo e foi obrigado a cancelar a turnê.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

No fim de 1998, o Stone Temple Pilots se reúne para gravar seu quarto álbum, chamado simplesmente de No. 4. Em julho de 1999, apenas duas semanas antes do lançamento do álbum, Scott Weiland é novamente preso por uso de drogas e desta vez é sentenciado a um ano de prisão, mais uma vez cancelando os planos de divulgação e turnê do STP.

Em fevereiro de 2000, após 7 meses de prisão e clínica de reabilitação, Weiland ganha liberdade e anuncia que a banda logo irá se reunir para divulgar o disco ou mesmo entrar em turnê.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemVelvet Revolver: Slash diz que falecido Scott Weiland era "irrecuperável"


Scott Weiland: estilo de vida rock'n'roll não causou morte segundo Chris Cornell