Em 07/12/2005 | SOAD, a melhor banda de rock do mundo

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

SOAD, a melhor banda de rock do mundo

Fonte: No Mínimo

  | Comentários:

Matéria publicada em 07/12/05. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Por Arthur Dapieve

Vou me antecipar em três semanas ao final do ano e cravar qual o melhor novo álbum de rock que ouvi em 2005. Ele veio em duas metades, divididas no nascimento: “Mezmerize” e “Hypnotize”. O material gravado pelo quarteto californiano System of a Down e produzido por seu vocalista-guitarrista Daron Malakian e por uma lenda viva dos estúdios, Rick Rubin (créditos de Run-DMC a Johnny Cash), poderia ter sido lançado como um álbum duplo. Poderia até, mesmo sem nenhuma edição, virar um parrudo álbum simples.

Malakian, Serj Tankian (voz e teclados), Shavo Odadjian (baixo) e John Dolmayan (bateria) decidiram, porém, lançar suas 23 músicas em dois CDs. “Mezmerize” saiu em maio e “Hypnotize” saiu agorinha, no final de novembro, pela Sony & BMG. Foi uma decisão mui acertada. Em vez de afogar o ouvinte num tsunami de eletricidade e humor negro, o System of a Down deu-lhe tempo para surfar com calma as duas metades de sua obra magna. Metades cujos títulos dizem a mesma coisa: mesmerizar é igual a hipnotizar.

Se isso ainda não fosse o bastante para atestar a integridade conceitual da obra, o SOD abre “Mezmerize” com “Soldier side – Intro” e fecha “Hypnotize” com “Soldier side”. Isto de pouco adiantaria, entretanto, se a integridade não fosse mantida também musicalmente. O que se escuta nos quase 76 minutos dos álbuns somados é um rock inovador, inteligente e aguerrido que dosa – dentro das mesmas faixas – momentos de pura brutalidade com passagens de extrema delicadeza. Tudo pesado, sempre, no instrumental ou nos versos.

A mais bem-sucedida banda a atuar neste claro-escuro foi o Nirvana, que, todavia, não o inventou. As coordenadas para se localizar o SOD, aliás, passam longe de Seattle. São algo como o heavy metal do Judas Priest ao norte, o funk metal do Red Hot Chili Peppers ao oeste, o punk hardcore do Minor Threat ao sul e o metal progressivo do Queen ao leste. Metal paca, né? Sem traços, no entanto, dos muitos clichês do gênero, como os brilhantemente sacaneados pelo Massacration, do “Hermes & Renato” da MTV.

O novo metal – e aqui o termo de fato se aplica, o que não é o caso do Limp Park ou do Linkin Bizkit (ou será o contrário?) – do System of a Down se faz no estabelecimento dos próprios parâmetros. Cada canção muda tanto de andamento ou clima que é, em si, muitas. No caso de “Mezmerize/Hypnotize”, que tem as músicas quase interligadas, uma audição desatenta pode até sugerir que as trocas de faixas ocorrem nos lugares errados, ou seja, onde o SOD apenas introduziu uma mudança na dinâmica interna de cada uma delas.

É um pouco como se a banda americana oscilasse o tempo todo entre música para desenho animado e trilha sonora para pesadelo. As animações contemporâneas e o mundo dos sonhos (bons ou maus) são mosaicos de imagens as mais diversas, separadas por cortes abruptos. Na “objetiva” do SOD, além do metal, do funk e do punk, entram toques operísticos, melodias orientalizadas e muito, muito desespero e sarcasmo. Tudo articulado por um senso escatológico – na acepção apocalíptica do termo – extremamente aguçado.

Como as partículas “-ian” de seus sobrenomes indicam, Malakian, Tankian, Odadjian e Dolmayan têm uma origem comum: são descendentes de armênios. Durante a Primeira Guerra Mundial, os turcos (muçulmanos) assassinaram sistematicamente 1,5 milhão de armênios (cristãos) em nome da segurança nacional. A magnitude do genocídio dos judeus pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial acabou obscurecendo na memória ocidental a matança dos armênios. O System of a Down berra para lembrar-nos dela.

Desde o seu primeiro álbum, de 1998, o grupo fala dos seus antepassados. Em “Hypnotize”, uma das faixas faz menção direta ao genocídio armênio, “Holy mountains” (“Montanhas sagradas”): “Você consegue sentir sua presença assombrada?/ Mentiroso, assassino, demônio/ De volta ao Rio Aras.” Tal qual as montanhas para as quais os resistentes armênios progressivamente se retiraram, ao serem acossados pelos turcos, o rio hoje no Irã testemunhou inúmeras atrocidades contra a população civil. “Holy mountains” é, assim, um comovente canto de guerra, porque fala de uma guerra perdida quase um século atrás.

A consciência de que um mundo acaba a cada dia selecionou um universo poético para o System of a Down: suas canções falam de bombas, pornografia infantil, drogas, excesso de informação, perdição em geral. A grande música de “Mezmerize” – na minha opinião, aliás, a grande música de 2005 na categoria rock – era “Lost in Hollywood”. A balada pesada captava (im)perfeitamente o sentido de urgência, misticismo e fim de mundo da Califórnia. Aproximei-me de “Hypnotize” procurando uma nova “Lost in Hollywood”.

A inexistência dela, contudo, comprova a excelência do novo CD. “Hypnotize” tem é “Kill rock’n roll”, uma linda faixa-título, “Stealing society”, “Tentative” e“U-Fig”, um quinteto que traz a essência do SOD: explosões de fúria e calmarias renascentistas. Tem também “Vicinity of obscenity”, a faixa escolhida para as rádios. Somadas a “B.Y.O.B.”, “Cigaro”, “Violent pornography” e “Old school Hollywood”, outros expoentes de “Mezmerize”, elas me reforçam uma convicção. O System of a Down não nos deu apenas o melhor disco de rock em 2005: o System of a Down fecha o ano como a maior banda de rock do mundo.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "System Of a Down"

System of a Down: produtora anuncia músicas em game eletrônico
Bateristas: dez dos melhores instrumentistas dos anos 2000
System Of A Down: uma versão infantil e caseira de "Chop Suey"
System of a Down: Gurizada fazendo cover de Chop Suey
Serk Tankian: assista o novo clipe "Distant Thing"
System Of a Down: baterista de 9 anos detonando "Toxicity"
Letras Estúpidas: o que há de mais tosco e vulgar no cenário Rock
SOAD: garoto de 4 anos surra as peles com "Chop Suey"
SOAD: álbum de versões em canção de ninar sai ainda esse mês
Separados no nascimento: Daron Malakian e Álvaro Recoba
System Of A Down: baterista trabalhando em disco de covers
Ghost e as críticas ao "novo"
Serj Tankian: Harakiri merece estar ao lado dos aclamados do SOAD
System Of a Down: assista show em Los Angeles completo
System Of A Down: vídeo completo do show no Hollywood Bowl

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas