Anette Olzon: "Às vezes é preciso ser malvada"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fernando Garcia, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Anette Olzon foi destaque da edição de janeiro de 2008 da Metal Maniacs.

Nightwish: nasce a filha de Floor Jansen e Hannes Van DahlIron Maiden: pastor evangélico tem 172 tatuagens da banda

Sobre ser uma mulher no Metal:

“Toda essa beleza (de música) é adorável, mas você precisa ser malvada às vezes. Eu sou uma garota simpática, mas eu não sinto que todas as coisas que canto são apenas de uma perspectiva masculina. Todo mundo tem pecados e pensamentos maliciosos. Você só precisa trazer isso para fora quando você está no palco. Quando canto: ‘She is my Sin’, eu tento cantá-la da minha perspectiva, mesmo que a música fale sobre uma garota.”

Como ela entrou no Nightwish após a partida da vocalista Tarja Turunen:

“Eu acho que eu estava entre as 10 ou 20 candidatas. O engenheiro de som da minha outra banda disse, 'Você ouviu? NIGHTWISH dispensou a Tarja. Você deveria se candidatar.’ Eu falei, ‘Não. Por que deveria?’ Ele disse, 'Bem, você deve se apressar, porque eu ouvi que eles já têm alguém'. Isso foi uma semana depois de tudo ocorrer. Eu corri para o estúdio, pedi ajuda de um amigo, fiz a música rapidamente e a despachei. Eu só mandei a ‘Ever Dream’, uma nova versão. Nós refizemos o segundo plano e as guitarras. É a minha versão. Cerca de uma semana mais tarde, o Tuomas [Holopainen] me mandou um e-mail dizendo que ele realmente gostara da música, mas não foi antes de setembro [2006] que eu realmente os conheci. Eles me reprovaram uma vez, antes disso! Eu não soube por que. Eles não me disseram, mas agora eu sei que foi por ter uma criança. Eu estava obstinada e durante o verão, eu enviei a eles mais material, mas eu ainda tive que esperar até o final de janeiro para saber que era a escolhida”.

Sobre sua contribuição no “Dark Passion Play”:

“Mesmo sendo a mesma melodia, o jeito como canto é um pouco diferente pois dei ênfase em certas palavras. Eu realmente me aprofundei em ‘Eve’. Em ‘Sahara’, no final, onde eu tinha que fazer os ‘ohs’ eles simplesmente disseram, ‘Faça alguma coisa.’ Há diversos pequenos detalhes por todos os lados. Quando eu canto uma música, eu nunca canto exatamente como está escrito. Essa é a diferença entre eu e uma cantora clássica. Eu não canto por notas. Eu improviso e canto por audição, então a interpretação é minha”.

A matéria completa está na revista, que pode ser encontrada nas bancas lá fora - ou que trabalhem com importadas.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Tarja Turunen
Cantora esclarece post sobre novo álbum

Nightwish: nasce a filha de Floor Jansen e Hannes Van DahlNightwish: inseto que vive nas sombras ganha nome de TuomasNightwish: inseto é batizado com nome em homenagem a TuomasNightwish: Uma banda com infinitas qualidades!Todas as matérias e notícias sobre "Nightwish"

Nightwish
Anette Olzon: "Às vezes é preciso ser malvada!"

Tarja Turunen
Uma declaração de amor pelo Brasil

Nightwish
A história da estátua de anjo na capa do álbum "Once"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 31 de janeiro de 2017

Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Nightwish"

Iron Maiden
Pastor evangélico tem 172 tatuagens da banda

Metallica
Membros entre os maiores maricas de todos os tempo

Hammerfall
Magnus Rosén quase morre durante vôo à América do Sul

Rockstars: 18 roqueiros que já apareceram em filmesMetallica: 10 melhores momentos de Lars Ulrich na bateriaCatarina Migliorini: virgem gosta de Led, Purple, Sabbath e FloydGene Simmons: um cuzão com quem não chega sóbrio e na hora certaSlipknot: ouça os urros de Corey Taylor na série "Doctor Who"Christopher Lee: conheça trabalho do lendário ator no heavy metal

Sobre Fernando Garcia

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Fernando Garcia no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online