Pantera: a verdadeira história por trás da capa do "Vulgar Display of Power"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Bruce William, Fonte: Loudwire, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em homenagem ao "Vulgar Display Of Power" do Pantera, que está completando 25 anos de lançamento, a Loudwire publicou um documentário, em três vídeos, relatando a história do disco, e a terceira e última parte traz uma entrevista com Brad Guice, o fotógrafo da capa, que revela a verdadeira história por trás da lendária foto, que é bem diferente do que passou pra história.

Imagem

Diz a lenda que teria sido contratado um morador de rua disposto a levar murros em troca de dez dólares, e os números variam em torno de 30 socos até que fosse registrada a imagem definitiva - o wikipedia diz que teriam sido 31, enquanto Rex Brown afirma terem sido 32, e há quem diga que foram até 80 socos!

Mas não é nada disso: no vídeo, Brad conta que foi contratado um modelo profissional, e o soco foi apenas simulado, conforme pode ser visto a seguir.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Veja também as duas primeiras partes do documentário.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Já em julho de 2012 o fotógrafo havia contado o que havia acontecido de fato para a revista Metal Hammer:

A foto foi tirada em 1992, e, por falta da edição digital de imagens, procuraram por um modelo para o rosto até que encontraram um cara ideal - e com a agenda disponível. Então, um modelo para as mãos foi chamado. Para dar efeito à imagem, foi utilizada lâmpada incandescente comum (de tungstênio) e gel vermelho.

Embora pareça, o soco não foi real. A impressão de movimento foi obtida com o movimento do pulso simulando a agressão para um lado e, ao mesmo tempo, a máquina movendo-se rapidamente em sentido oposto (um para a direita, o outro para a esquerda). O único efeito aplicado à foto foi torná-la preto e branco, o que decepcionou o fotógrafo: "Eu realmente preferia a foto colorida. Tinha um fundo vermelho e algumas faixas vermelhas do movimento bem bonitas".

Leia mais em

Pantera: o segredo da capa de Vulgar Display of Power

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Rock e Metal
Os dez maiores Deuses dos Riffs

Blend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalRock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaRock e Metal: os dez músicos mais intimidadoresTodas as matérias e notícias sobre "Pantera"

Pantera
Vinnie Paul descarta possibilidade de reunião

Canções de Amor
Estilo Metallica, NIN, Type O Negative, Pantera

Pantera
Análise vocal de Phil Anselmo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 27 de fevereiro de 2017

Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Pantera"

A morte das grandes bandas
Vá a todo show grande que puder

System Of A Down
Daron Malakian ensina como ser músico

Charles Manson
Casamento era plano para expor seu cadáver

Jim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal CorpseSlayer: Tom Araya explica capa de "Christ Illusion"Dave Mustaine: se rasgando em elogios para Kiko LoureiroCobain: músicos do Korn, Judas, Pantera e AIC falam sobre legadoVelocidade: Top 10 de músicas de Metal para ser multadoDuff McKagan: 12 dicas para sobreviver num ônibus em turnê

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online