Tradução - Ashes Are Burning - Renaissance

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Márcio Ribeiro, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Colaboração: Fernando P. Silva

[CAN YOU UNDERSTAND]
(Dunford/Thatcher)

Dollars down the penny drain
Frozen in the clouds
Dream away the last of pain
In waterfalls of sounds
Float across the icy pools
Leaves with curl and sway
Now your mind is floating cool
And you can find the way

Can you understand you can really understand
When the darkness comes you still shine
Open up your eyes
And make the day shine sunshine now
Open up your dreams
And and make the way shine sunshine now
Can you understand you understand
Can you understand you understand
Open up your life
And make your lifetime sunshine now
Open up your soul
And make your lifeline sunshine now
Can you understand you understand
Can you understand you understand

Dancing without moving now
Growing with your soul
One with all around you now
Related to the all
Purple mist around your hair
Eyes are fading blue
Smiling into everywhere
Love is coming through

[CONSEGUES ENTENDER?]
(Dunford/Thatcher)

Dólares descendo o ralo dos centavos
Congelado nas nuvens
Sonha afugentar as últimas dores
Nas cachoeiras de sons
Flutua através das piscinas geladas
Folhas com ondulação e balançar
Agora sua mente está flutuando tranqüila
E você pode encontrar o caminho

Consegues entender, você realmente consegue entender
Quando as trevas chegam você continua a brilhar
Abra seus olhos
E faça o dia brilhar, luz solar agora
Abra seus olhos
E faça o caminho brilhar, luz solar agora
Consegues entender, você entende
Consegues entender, você entende
Abra sua vida
E faça o seu tempo de vida brilhar feito sol agora
Abra sua alma
E faça a sua linha de vida brilhar feito sol agora
Consegues entender, você entende
Consegues entender, você entende

Dançando sem se mexer agora
Crescendo com sua alma
Em união com tudo ao seu redor agora
Relacionado com o todo
Bruma roxa ao redor do seu cabelo
Os olhos são azuis desbotados
Sorrindo em todos os lugares
O amor está passando

[LET IT GROW]
(Dunford/Thatcher)

Taking time to find the right line
Talking easy with the thoughts you want to share
Leaning down, feel you knowing in my mind
Stealing down, going down
Feel you growing in my mind
It's got to be slow
Taking love the only way
It's got to just flow
Making love and taking time to let it grow

Finding ways to find the real you
Spending days just holding hands
And feeling free
Play around, watch the sunshine coming through
Come around, stay around
Watch the loving grow with you
It's got to be slow
Taking love the only way
It's got to just flow
Making love and taking time to let it grow

Loving you the love you give me
Living loving with the things we have to share
Poetry, hear the words you say to me
Stay with me, here with me
Keep our loving flowing free
It's got to be slow
Taking love the only way
It's got to just flow
Making love and taking time to let it grow

[DEIXA CRESCER]
(Dunford/Thatcher)

Dando um tempo para encontrar a linha certa
Falando fácil com os pensamentos que deseja compartilhar
Agachando, sinto você compreendendo em minha mente
Descendo furtivamente, indo a fundo
Sinto você crescendo em minha mente
Tem que ser com calma
Recebendo amor, o único meio
Apenas precisa fluir
Fazendo amor e dando um tempo para deixar crescer

Encontrando maneiras de descobrir o verdadeiro você
Passando os dias, apenas dando as mãos
E sentindo-se livres
Brincando, assista a luz do sol atravessando
Chegue a uma conclusão, fique por perto
Observe o amor crescer em você
Tem que ser com calma
Recebendo amor, o único meio
Apenas precisa fluir
Fazendo amor e dando um tempo para deixar crescer

Amando você, o amor que você me oferece
Vivendo, amando as coisas que temos para compartilhar
Poesia, ouça as palavras que você diz para mim
Fique comigo, aqui comigo
Deixe nosso amor fluir livremente
Tem que ser com calma
Recebendo amor, o único meio
Apenas precisa fluir
Fazendo amor e dando tempo para deixar crescer

[ON THE FRONTIER]
(McCarty/Thatcher)

We all are standing unafraid on the frontier
We all are shadows in the shade on the frontier
When the dawn is come
We will stand strong
Where we belong
The day belongs to each of us
Our time is getting near
The way is wrong for each of us
our time is getting near
The seeds of yesterday are breaking through
To you

We're on the frontier now
We're on the frontier now
We're on the frontier now
We're on the frontier now
We're on the frontier now

So come on leave the dark behind
And join the day now
It's peaceful revolution time
To join the day now
Morning breaks
The light will shine and find the blind
We all are standing unafraid on the frontier
We all are shadows in the shade on the frontier

[NA FRONTEIRA]
(McCarty/Thatcher)

Estamos todos de pé, sem temor na fronteira
Somos todos sombras à sombra na fronteira
Quando a nascente tiver chego
Estaremos de pé fortalecidos
Onde deveríamos estar
O dia pertence a cada um de nós
Nosso tempo está se aproximando
O caminho está errado para cada um de nós
Nosso tempo está se aproximando
As sementes de ontem estão rompendo a passagem
Até você

Estamos na fronteira agora
Estamos na fronteira agora
Estamos na fronteira agora
Estamos na fronteira agora
Estamos na fronteira agora

Portanto venha e deixe a escuridão para trás
E se una ao dia agora
É o momento de uma revolução pacifica
Para se unir ao dia agora
A manhã rompe
A luz irá brilhar e encontrar o cego
Estamos todos de pé, sem temor na fronteira
Somos todos sombras à sombra na fronteira

[CARPET OF THE SUN]
(Dunford/Thatcher)

Come along with me
Down into the world of seeing
Come and you'll be free
Take the time to find the feeling
See everything on it's own
And you'll find you know the way
And you'll know the things you're shown
Owe everything to the day

Chorus:
See the carpet of the sun
The green grass soft and sweet
Sands upon the shores of time
Of oceans mountains deep
Part of the world that you live in
You are the part that you're giving
Come into the day
Feel the sunshine warmth around you
Sounds from far away
Music of the love that found you
The seed that you plant today
Tomorrow will be a tree
And living goes on this way
It's all part of you and me

See the carpet of the sun

[TAPETE DO SOL]
(Dunford/Thatcher)

Venha comigo
Descendo ao mundo dos que enxergam
Venha e estarás livre
Arranje um tempo para encontrar o sentimento
Enxergar tudo ao natural
E você descobrirá que você conhece o caminho
E você conhecerá as coisas que lhe são mostradas
Deva tudo ao dia

Refrão:
Veja o tapete do sol
A grama verde macia e doce
Areias sobre as praias do tempo
De oceanos profundos como montanhas
Parte do mundo em que você vive
Você é a parte que você está dando
Entre para o dia
Sinta o calor da luz do sol ao seu redor
Sons de longa distância
Música do amor que te encontrou
A semente que você planta hoje
Amanhã será uma árvore
E viver segue assim
É tudo parte de você e eu

Veja o tapete do sol

[AT THE HARBOUR]
(Dunford/Thatcher)

Out at daybreak to the sun
Seas are drifting glass
The tides were turning to the storm
Winds were moving fast
Women waiting at the harbour
Silent stand around
Weather storms another day
For men the sea had found
Fisherman were laying nets
The barrels spread the bait
The seagulls warning echoed round
Winds that wouldn't wait
People gathered at the harbour
Waiting for the tide
Eyes half closed against the spray
And tears they cannot hide

Chorus:
Shadows falling at the harbour
Women stand around
Weather storms another way
For men the sea had drowned
Hulls were creaking crashing sails
Rains were slating down
The oilskins flapping, decks awash

Slanting turning round
Thunder roaring at the harbour
Women drawn in fear
Huddle up to wait the time
And pray the sky will clear
Howling winds and the raging waves
Cracked upon the boats
And torn from safety torn from life
Men with little hope
Ghostly echoes at the harbour
Whispering of death
Women weeping holding hands
Of those they still have left

[NO PORTO]
(Dunford/Thatcher)

Saindo ao nascer do sol
Mares são vidros flutuantes
As marés estavam se transformando em tempestade
Os ventos estavam se movendo rápido
Mulheres aguardando no porto
Silenciosamente aguardam em volta
Tempestades avançam mais um dia
Pois homens o mar encontrou
Pescadores estendendo as redes
Os barris espalham as iscas
Os avisos das gaivotas ecoam pelos arredores
Ventos que não podiam esperar
Pessoas aglomeradas no porto
Aguardando pela maré
Olhos meio fechados contra o borrifo
E lágrimas que não conseguem esconder

Refrão:
Sombras caem no porto
Mulheres aguardam em volta
Tempestades avançam por outro caminho
Pois homens o mar afogou
Os cascos estavam rangendo destruindo as velas
Chuva caindo como granizo
Os oleados batendo, convés lavados

Se abaixando, virando de costas
Trovão ressoando no porto
Mulheres atraídas pelo medo
Se aglomeram para esperar a hora
E rezam que os céus limpem
Ventos uivantes e as ondas agitadas
Racham sobre os barcos
E separados da segurança, separados da vida
Homens com pouca esperança
Ecos assustadores no porto
Suspiros de morte
Mulheres chorando segurando as mãos
Daqueles que ainda lhes restam

[ASHES ARE BURNING]
(Dunford/Thatcher)

Travel the days of freedom
Roads leading everywhere
Come with me now and show how you care
Follow the dying embers
Cross on the paths that they lay
Breath of the past the earths yesterday

Chorus:
Clear your mind maybe you will find
That the past is still turning
Circles sway echo yesterday
Ashes burning ashes burning

Colours are fading starlight
Silver the way to find
Walking the shadows, there in our mind
Changing the order slowly
Leaving the mist of time
Fingers are holding fragments of mine

Clear your mind maybe you will find
That the past is still turning
Circles sway echo yesterday
Ashes burning ashes burning

Imagine the burning embers
They glow below and above
Your sins you won't remember
And all you'll find there is love
Ashes are burning brightly
The smoke can be seen from afar
So now you're seeing how far
Ashes are burning the way
Ashes are burning the way

[CINZAS ESTAO QUEIMANDO]
(Dunford/Thatcher)

Viajar os dias de liberdade
Estradas levando a todos os lugares
Venha comigo agora e mostre como você se importa
Siga as brasas que se apagam
Cruze os caminhos onde elas estão
Sopro do passado, o ontem da terra

Refrão:
Clareie sua mente talvez você descobrirá
Que o passado ainda está volvendo
Círculos giram, ecoam o ontem
Cinzas queimando, cinzas queimando

Cores estão desbotando a luz das estrelas
Prata é o caminho a encontrar
Andando pelas sombras, encontradas em nossas mentes
Mudando a ordem lentamente
Abandonando a bruma do tempo
Os dedos estão segurando meus fragmentos

Clareie sua mente talvez você descobrirá
Que o passado ainda está volvendo
Círculos giram, ecoam o ontem
Cinzas queimando, cinzas queimando

Imagine as brasas ardentes
Elas brilham abaixo e acima
Seus pecados você não lembrará
E tudo que encontrarás lá é amor
Cinzas estão queimando intensamente
A fumaça pode ser vista a distância
Então agora você está enxergando quão longe
Cinzas estão queimando pelo caminho
Cinzas estão queimando pelo caminho




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Álbuns TraduzidosTodas as matérias sobre "Renaissance"


Guns N' Roses: melhores músicas segundo a Ultimate Classic RockGuns N' Roses
Melhores músicas segundo a Ultimate Classic Rock

Spin: as melhores faixas instrumentais de todos os temposSpin
As melhores faixas instrumentais de todos os tempos

Bon Jovi: Jon e Sambora viveram triângulo amoroso com atrizBon Jovi
Jon e Sambora viveram triângulo amoroso com atriz

Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave MustaineElectra Mustaine
A linda filha do Sr. Dave Mustaine

Astros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?Astros mortos
Como estariam alguns se ainda estivessem vivos?

Europe: nunca pensei que The Final Countdown seria um grande sucessoEurope
"nunca pensei que The Final Countdown seria um grande sucesso"

Pink Floyd: Nick Mason salva loja onde comprou primeira bateriaPink Floyd
Nick Mason salva loja onde comprou primeira bateria


Sobre Márcio Ribeiro

Nascido no ano do rato. Era o inicio dos anos sessenta e quem tirou jovens como ele do eixo samba e bossa nova foi Roberto Carlos. O nosso Elvis levou o rock nacional à televisão abrindo as portas para um estilo musical estrangeiro em um país ufanista, prepotente e que acabaria tomado por um golpe militar. Com oito anos, já era maluco por Monkees, Beatles, Archies e temas de desenhos animados em geral. Hoje evita açúcar no seu rock embora clássicos sempre sejam clássicos.

Mais matérias de Márcio Ribeiro no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336