Matérias Mais Lidas

imagemApós incidente, Axl Rose anuncia mudança nos shows do Guns N' Roses

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemMetallica: James Hetfield sobre o "St. Anger": "Pelo menos é honesto"

imagemPaulo Ricardo e a loucura em hotel nos anos 1980: "Eu já tinha perdido o pudor!"

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemNazareth: Brian Johnson homenageia Dan McCafferty

imagemPink Floyd: Para David Gilmour, reunião de 2005 no Live 8 foi "como dormir com a ex"

imagemGuns N' Roses: fã fica com olho roxo de microfone atirado por Axl Rose

imagemGene Simmons: "Vinnie Vincent soava como Yngwie Malmsteen fumando crack"

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemGuns N' Roses: Matt Sorum surpreende ao revelar quem era o integrante sóbrio da banda

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemWhitesnake e o inesperado indicador de qualidade musical apontado por Regis Tadeu

imagemOzzy Osbourne revela a surpreendente banda nova que chamou a sua atenção


Samael Hypocrisy
Stamp

Resenha - Raskasta Joulua - Natal Heavy (Hartwall Arena, Helsinque, 19/12/2021)

Por Anapaula Reisdorfer
Postado em 05 de janeiro de 2022

Já imaginou escutar canções natalinas cantadas por solistas do alto escalão do metal e hard rock nórdico? Na terra do metal melódico e do Papai Noel, até o Natal termina em heavy.

A Finlândia é o país propício para um Natal dos sonhos: neve, renas, aurora boreal, Papai Noel, concertos natalinos e muito heavy metal! O dia 24 é o mais celebrado, as pessoas se recolhem e o comércio fecha. O silêncio reina absoluto (nada de música alta), pois a neve abafa até os ruídos dos passos lá fora. A data é solene e sombria, muitos vão ao cemitério acender velas em memória dos que já partiram.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O dia começa com mingau de arroz e transmissão do Hotline do Papai Noel na TV – é um programa interativo, as crianças podem telefonar e falar com o bom velhinho (as ligações são filtradas, para a frustração de adultos camuflados). A "Paz do Natal" é declarada ao meio-dia na cidade de Turku – é um texto no pergaminho, lido por uma autoridade local e respeitado pelos finlandeses. A tradição existe há 700 anos e é derivada de uma legislação nórdica da época medieval, quem cometesse crimes e violasse a paz natalina receberia punições mais rígidas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Antes da Ceia, a sauna do Natal é obrigatória e a tradicional inclui o buquê das folhas de bétula (árvore típica do hemisfério norte). A ideia é usar o buquê para se chicotear uns aos outros na sauna, hábito sadista que ativa a circulação. As delicatessens mais consumidas talvez soem sinistras ao paladar tupiniquim: pernil temperado com mostarda e cravos, purê doce de batata feito no forno (não confundir com purê de batata-doce), purê de rutabaga (um amargo cruzamento entre nabo e couve), de arroz com cenoura e arroz com fígado moído, salmão curado a seco com endro, e ovas de peixe com cebola crua picada e creme de leite. Mas há que ser nativo para gostar das compotas de arenque cru curtido no vinagre. Interessante é que estas comidas são consumidas apenas na Finlândia, o menu é diferente nos demais países nórdicos. Come- se também uma quantidade massiva de bombons de chocolate. Antigamente, as sobras eram deixadas na mesa para que os elfos se deliciassem na madrugada. Meu ritual preferido é o calendário de Natal, uma caixa fina de tamanho A4 com 24 janelinhas, cada uma contendo uma prenda (chocolate, doce, brinquedo em miniatura ou até cosméticos de luxo). A partir do dia 1.12, você abre uma janelinha por dia e ganha a prenda. A última, do dia 24, é a maior e melhor. Mas nem todos passam um Natal tradicional, há os que quebram o protocolo e se embriagam. A "Paz do Natal" foi criada originalmente para evitar conflitos durante o feriado. Outros passam um Natal solitário. A Finlândia tem uma das menores taxas de natalidade da Europa e a situação é alarmante, apesar do baby boom na pandemia - as famílias normalmente são pequenas e se resumem a pais, irmãos e avós. O resto é parente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os concertos natalinos são tradicionais e começam em novembro. Tem concerto de todo gênero, do clássico ao heavy metal, porém o que mais tem atraído público nos últimos 17 anos é o Raskasta Joulua (Natal Heavy, em português). Trata-se de um projeto musical idealizado em 2004 pelo guitarrista e produtor Erkka Korhonen. Inspirado em uma gravação pirata da Trans-Siberian Orchestra, ele resolveu criar arranjos em estilo heavy metal para canções natalinas, gravá-las e tê-las cantadas em shows por solistas do alto escalão do metal e hard rock nórdico. O projeto deu tão certo que a turnê virou tradição anual. O primeiro show da turnê 2021 aconteceu em Oulu, cidade conhecida aqui como a capital do metal, e foi televisionado e exibido no dia 24 em horário nobre na TV. Foi o programa mais assistido da semana e provavelmente um dos mais assistidos do ano, mais que o dobro de audiência comparado ao segundo da lista de estatísticas. O evento passou por sete cidades e atraiu um público de 21000 pessoas, nada mal em proporções finlandesas e em período pós pandemia. Eu fui ao show de encerramento no dia 19.12 no Hartwall Arena, em Helsinque.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Moro a 5 minutos caminhando do local, mas minha intenção foi chegar mais cedo para examinar o merchandise com calma (as portas abriram às 17h30) e entrar no astral. Assim que dobrei a esquina e avistei o Arena, começou a nevar. Foi mágico! Só quem sabe o que é viver nas trevas aprecia a luz trazida pela neve. O evento aconteceu dois dias antes do equinócio de inverno (o dia mais escuro do ano). No dia do Natal tivemos 5 horas e 50 minutos de luz natural.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Passei rapidamente por 3 controles: no primeiro apresentei identidade e código de barras (passaporte covid, obrigatório para participar de eventos), no segundo o ingresso e no último teve revista do detector de metais. O uso de máscaras era obrigatório e havia desinfetante para as mãos em todo canto. Me senti segura, deu para manter o distanciamento social recomendado pois não houve lotação máxima. O número de ingressos à venda foi reduzido, custaram a partir de 49,90 €.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Arena tem capacidade para 12000 pessoas (14000 em eventos esportivos), é massivo e adaptável para todos os tipos de eventos esportivos e culturais. É uma das arenas mais agitadas da Europa e já foi palco de grandes nomes da música mundial: Metallica, Black Sabbath, AC/DC, Mötley Crüe, Aerosmith, Guns N´Roses, Bon Jovi, David Bowie, Bob Dylan, Billy Idol, Iron Maiden, Judas Priest, Kiss, Megadeth, Nightwish, Red Hot Chili Peppers, Cliff Richard, Sabaton, Santana, Scorpions, Yes e tantos outros. Foi construída para sediar o campeonato mundial de hockey de 1997 e é a "casa" do Jokerit, time queridinho de Helsinque. O hockey é para os finlandeses o que o futebol é para os brasileiros. O Arena dispõe de uma super infraestrutura; são vários andares de estacionamento, bares e restaurantes diversos (desta vez vi até comida gourmet e buffet de comida japonesa) e um terraço externo. O terraço também é usado como fumódromo, e de lá dá para ver parte da estrutura massiva da arena, dá a impressão de estarmos dentro de uma rocha. E estamos. Para quem não sabe, Helsinque foi praticamente construída sobre rochas. Helsinque literalmente rocks! A única coisa negativa no Arena são as filas dos banheiros femininos. Lembro que uma vez, no "The Cure Tour 2016", perdi cinco minutos do show por causa da fila.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Achei interessante que os pontos de venda de merchandise ficaram abertos até o final. Tudo muito bonito: camisetas, CDs, DVD gravado no próprio Arena em 2017, canecas, máscaras e o legendário gorro preto de Natal, souvenir predominante na cabeça dos headbangers. Os preços estavam super em conta para padrões finlandeses, mas depois vi que teria sido mais barato comprar pelo site. Para comemorar o sucesso da turnê, estão dando um brinde para compras a partir de 25 €. Confira o merchandise neste link.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De gorro na cabeça, fui ao bar e pedi uma Karjala morna, da cervejaria Hartwall. Qualquer semelhança com o nome da arena não é mera coincidência, foi a cervejaria quem patrocinou sua construção. Eu disse cerveja morna porque a única coisa que aqui se toma geladíssima é vodka. Vi muitos fãs do Sonata e do Nightwish, percebi pelas camisetas. Conversei com um casal que veio do Canadá só para o evento. Tinha gente de todas as idades, mas diria que a faixa etária predominante era de 30 a 50 anos, alguns bem mais velhos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Começaram pontualmente às 19h e o titã Tony Kakko (Sonata Arctica) foi o primeiro a cantar. Achei que cantou melhor agora que no show de outubro, na turnê "Sonata Arctica 25th Anniversary Tour". A entrada da Noora Louhimo (Battle Beast) arrepiou qualquer elfo metaleiro. Ela provou que é uma das rainhas do power metal, e que os elogios que têm recebido da mídia e dos fãs não são em vão - a voz dela é puro metal. Cantou a versão finlandesa de "White Christmas", mesma música cantada por Dee Snider (Twisted Sister) no Natal Heavy de 2008. O público delirou quando ela convidou o dinossauro do rock "Pate Mustajärvi" (Popeda) para um dueto no palco. No final, ele gritou "fantástico". Será que adivinhou que tinha uma fã brasileira presente? Certa vez, durante um show deles, enviei um whisky para o backstage, acompanhado de um bilhete anônimo "Com carinho, de uma fã do Brasil". Achei que a Noora ofuscou a presença dele no palco. Battle Beast publicou recentemente dois singles e vídeos do álbum "Circus of Doom", que será lançado em janeiro, e anunciou a turnê "The Circus is coming to Town". A turnê começa em Helsinque em fevereiro de 2022, e daqui segue para a França, Bélgica, Inglaterra, Alemanha, República Tcheca, Áustria, Suíça, Itália, Dinamarca, Suécia, Estados Unidos e Canadá.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Ville Tuomi cantando sobre a ressurreição de Jesus foi hardcore, parecia um Papai Noel rasta com suas tranças até o joelho. Ele tem um vozeirão, não é à toa que cantou no disco "Tales from the Thousand Lakes" (Amorphis).

Um solista que irei seguir na mídia é Ilja Jalkanen, gostei muito da voz dele e fiquei sabendo que sua antiga banda Kiuas voltará à ativa. Mirka Rantanen, fundador da banda de heavy metal infantil Hevisaurus, deu um show na bateria. Os músicos se juntaram no palco para a versão finlandesa de "The Little Drummer Boy", temo dizer que ficou quase melhor que a do Bowie ou Johnny Cash.

Os guitarristas Tuomas Wäinölä e Erkka Korhonen deram um show de double shredding, mostraram que são virtuosos da guitarra.

A banda detonou no palco - todos os músicos se destacaram e cada um teve seu momento de brilho, conseguiram tapar o buraco deixado pelo Marko Hietala. Fiquei sentida por não o ter visto, ele deixou o Nightwish no início de 2021 e pediu para que a imprensa o deixasse em paz por enquanto. Acabou aceitando participar do Natal Heavy, porém adoeceu logo após o primeiro show e teve que interromper a participação na turnê.

O repertório foi composto de canções tradicionais finlandesas e covers de outras conhecidas mundo afora. Não vou mencionar o setlist detalhadamente, mas devo dizer que há algo de muito profundo nas canções natalinas aqui – são tristes e melancólicas. Falam de saudade, solidão, silêncio, trevas, dos órfãos e das tristezas da guerra. Tony Kakko cantou uma que conta o desejo de uma criança de ver o pai voltando para casa no Natal. Traduzi dois versos do diálogo entre a criança e sua mãe:

"Você lembrou, meu filho,
de pedir a uma estrela brilhante um milagre neste Natal?
Você acreditou que a estrela atrairia tal milagre com um canto,
com o canto dos anjos?

Mãe, se você pudesse ouvir o canto dos anjos,
você deixaria o rugido da vaidade por um momento.
O seu desejo, mãezinha, poderia ser realizado,
Se você conseguisse trazer o pai para casa no Natal"

Esta outra, cantada por JP Leppäluoto, deve ser uma das músicas de Natal mais tristes do mundo. Fala sobre uma criança órfã levando velas para o túmulo da mãe. A letra nos lembra das verdades incorruptíveis da vida, que não há alegria sem tristeza e que elas andam de mãos dadas:

"Mais uma vez, vim passar o Natal com você,
farei seu Natal lindo,
Você vai notar que os vales e as terras da tristeza
serão encobertos pelo brilho (do Natal)
Eu farei seu Natal lindo"

Dedicaram uma canção aos que estão doentes neste momento, e aos que não puderam estar presentes. Incluíram "Stjärnan i Min hand ("Uma estrela em minha mão"), música escrita por Elize Ryd e Erkka Kohonen em 2017, época em que ela perdeu um ente querido. Quando se juntaram no palco para tocá-la, percebi que foi um momento de grande emoção para ambos. Este ano a canção teve um significado especial, foi uma singela homenagem ao irmão que o Erkka perdeu recentemente. Juro que vi lágrimas nos olhos dele.

Quando tocavam as músicas mais conhecidas, os fãs vibravam e cantavam junto. Teve uma hora que um dos solistas perguntou se havia luz na Arena. A reação foi imediata e o espaço foi invadido por um mar de lanternas de celulares. Outro solista pediu para os que estavam nas sessões das cadeiras se levantassem. Todos obedeceram, inclusive eu (isso é coisa proibida aqui, já levei um peteleco no ombro por ter feito o mesmo no show do Depeche Mode).

Fizeram a maior festa no palco, pediram paz, luz e desejaram um Ano Novo bem melhor para todos. O evento terminou com muitos aplausos e pedidos de bis. Voltaram com um pot-pourri e se despediram ao som da Ave Maria, com a promessa de nos vermos em 2022.

O evento foi um espetáculo, capricharam pesado na produção. Teve efeitos visuais, luzes e muito headbanging do começo ao fim. Além de idealizar e executar um evento deste porte com extremo talento, o Erkka Korhonen (ou Capitão, como foi carinhosamente chamado no palco) tem um carisma e energia incríveis. Comandou o palco em quase 3 horas de show! Só ele mesmo para fazer a holandesa Floor Jansen (Nightwish) cantar em finlandês. Ela não participou desta vez, mas já foi assídua no Natal Heavy. Outros famosos que já participaram da turnê foram Joe Lynn Turner (ex- Rainbow/ Deep Purple) e a rainha Tarja Turunen. O projeto Natal Heavy gravou o single mais recente "Stars" em novembro, uma versão da coletiva "Hear´n Aid", de 1986. Como presente de Natal, acabaram de receber platina tripla pelo disco lançado em 2013.

Tive a sorte de estar presente pois o governo anunciou novas restrições dois dias após o evento...quando a vida aqui quase havia voltado ao normal. Eu não curto muito o Natal (família longe, trabalho), mas farei do "Raskasta Joulua" minha tradição natalina anual. Os finlandeses mostraram, mais uma vez, que a nação é heavy até mesmo no Natal. São dois mundos que colidem, mas a mistura deu certo. Além de contribuir para que as tradições natalinas permaneçam vivas, o Raskasta Joulua provou que os melhores presentes raramente vêm embrulhados.

BANDA RASKASTA JOULUA:
Erkka Korhonen – guitarra
Erkki Silvennoinen – baixista
Vili Ollila – tecladista
Mirka Rantanen – baterista
Tuomas Wäinölä - guitarra

SOLISTAS:
Marko Hietala (ex- Nightwish, Tarot)
Tony Kakko (Sonata Arctica)
Noora Louhimo (Battle Beast)
Elize Ryd (Amaranthe)
JP Leppäluoto (Charon)
Ville Tuomi (Suburban Tribe, Leningrad Cowboys)
Tommi Salmela (Tarot, TUPLE)
Antony Parviainen (Psychework)
Ilja Jalkanen (Kiuas)
Kimmo Blom (Leverage, back vocal em discos do Stratovarius)
Pekka Heino (Brother Firetribe)
Convidado: Pate Mustajärvi (Popeda)

Instagram: @apaulastyle

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Os dez maiores picaretas da música internacional