Angra: sempre vale à pena assistir ao show da banda

Resenha - Angra (Bar Opinião, Porto Alegre, 04/08/2018)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Guilherme Dias
Enviar Correções  

Na noite do último dia 4 de agosto, em um belo e gelado sábado, a cidade de Porto Alegre recebeu mais uma vez o power metal do Angra. Dessa vez em turnê que promove o último álbum do grupo, "Omni", lançado em fevereiro desse ano.

Rhythm: os bateristas mais influentes de todos os tempos

Anos 90: bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãs

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Angra mantém o mesmo time escalado desde 2015. O bar Opinião foi atacado por Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra e vocal), Marcelo Barbosa (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria). No repertório o trabalho antigo não foi mais prioridade, como em turnês anteriores. Dessa vez, a banda apresentou muita coisa nova, que possui muita qualidade. A essência é a mesma, mas com um toque que dá ao Angra uma nova identidade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A primeira do set foi "Newborn Me" ("Secret Garden", 2014), que já é o clássico dessa nova fase do Angra. Na sequencia um breve passeio pela história da banda com "Travelers of Time" ("Omni"), "Angels and Demons" ("Temple of Shadows", 2004) e "Nothing to Say" ("Holy Land", 1996). Após "Insania" ("Omni"), mais uma volta no tempo. Lione anunciou que a próxima seria do ano de 2001, do álbum "Rebirth". Ele estava se referindo a "Running Alone", onde o mesmo teve uma atuação impecável,
merecendo demais todos os aplausos direcionados a ele no final da música.

A nova "Caveman" ("Omni") antecedeu o solo monstruoso de Bruno Valverde. A mais aclamada de "Omni" com certeza é "Black Widow's Web", ainda mais pelo charme das participações especiais de Sandy e Alissa White-Gluz (Arch Enemy). Na ausência das cantoras, Rafael fez as vozes de Sandy e Felipe as de Alissa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A música tem o poder de lembrar épocas, amores, pessoas e uma infinidade de coisas. Quando "Spread Your Fire" ("Temple of Shadows") foi executada foi impossível não lembrar do ex-vocalista Edu Falaschi, mesmo que soe muito bem com Fabio Lione, ela é uma música que tem a identidade do Edu na melodia. Assim como "Carry On" tem a cara do também ex-vocalista André Matos, por exemplo.

Fabio Lione perguntou para os seus fãs se eles gostaram do novo "CD". Com muitas respostas positivas, ele anunciou a sua favorita: "OMNI: Silence Inside". Rafael anunciou a seguinte, também do último álbum, como uma canção linda e maravilhosa, referindo-se a "The Bottom of My Soul", contando com ele mesmo nos vocais. Ao final Rafael agradeceu ao público e mostrou uma câmera que estava filmando tudo em 360 graus.

Antes do bis a épica e linda "Lisbon" ("Fireworks", 1999) e "Magic Mirror" ("Omni"). Todos os membros se retiraram do palco, menos Rafael, que fez um longo discurso, dizendo: "Agora é uma boa hora para falar. Vocês realmente gostaram do 'Omni'? Se vocês nos acompanharam no You Tube devem ter notado que foi o álbum de maior interação entre banda e público. Devemos a vocês o sucesso do álbum. Falando em sucesso, são 27 anos de Angra... três décadas... muito, muito tempo. Nos anos 90 tudo foi muito difícil, éramos jovens, imaturos e eu gostaria de agradecer a todos os ex-membros. É o ano mais importante da nossa carreira, mais de 100 shows pelo mundo inteiro. Eu tenho muito orgulho de ser um sobrevivente do Angra. Palmas para essa formação atual. Palmas pra esse menino incrível, Bruno Valverde. Palmas para Felipe Andreoli, que quando entrou na banda era um molecão e é muito reconhecido atualmente. O mais novo da família tem a difícil responsabilidade de substituir um dos melhores guitarristas do mundo e trouxe toda a sua habilidade para nós, Marcelo Barbosa. Agora é a vez dele, um grande privilégio dessa banda. O legítimo tenor, mago do metal... o incrível Fábio Lione". Em seguida Felipe foi ao microfone e agradeceu imensamente ao Rafael por manter a espinha dorsal do grupo, com quem aprendeu muito durante todos esses anos.

"Agora eu preciso de todo mundo cantando essa música... essa emblemática canção: Rebirth", disse Lione. E em seguida foi executada "Nova Era", ambas do álbum Rebirth, fechando a noite em alto nível. Uma apresentação que mostrou que vale a pena assistir a um show do Angra sempre que possível. Se manter a escrita, daqui um ano o Angra retorna pra capital gaúcha para mais uma noite de muito metal.

Fotos por: Day Montenegro
(www.facebook.com/photo.daymontenegro)

Set-list completo:

Newborne Me
Travelers of Time
Angels and Demons
Nothing to Say
Insania
Running Alone
Caveman
Upper Levels
Black Widow´s Web
Spreade Your Fire
OMNI - Silence Inside
The Bottom of My Soul
Lisbon
Magic Mirror

Rebirth
Nova Era




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rhythm: os bateristas mais influentes de todos os temposRhythm
Os bateristas mais influentes de todos os tempos

Anos 90: bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãsAnos 90
Bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãs


Sobre Guilherme Dias

Fanático por heavy metal e hard rock desde os 12 anos de idade. Coleciona CDs e LPs, principalmente do Helloween e seus derivados. Colabora com o site desde 2013. Nasceu em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Mais matérias de Guilherme Dias no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280 GooInArt GooLinksQuad