Renato Russo, o Musical: como foi o espetáculo em POA

Resenha - Renato Russo, o Musical (Redenção, Porto Alegre, 29/07/2017)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karen Waleria
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O Ministério da Cultura e Rede presentearam os porto-alegrenses com a apresentação de "Renato Russo, o Musical", sucesso de crítica e público, que está em cartaz há 11 anos.

Homossexualidade: 6 canções do Rock nacional sobre o tema (vídeo)História do Rock: dos primórdios aos anos 70

O Espetáculo, que já foi assistido por mais de 250 mil pessoas, voltou à capital gaúcha no final do mês passado; no dia 29 de julho. Só que desta vez para uma apresentação ao ar livre e gratuita.

Ao chegar ao local do evento chamava atenção a infraestrutura encontrada: banheiros químicos, cadeiras, local para portadores de necessidades especiais, seguranças, polícia. Enfim, não parecia um evento gratuito. O som estava perfeito, ouvia-se o show, perfeitamente, em todo o parque Farroupilha.

O Musical encheu o tradicional parque, também conhecido como Redenção, de rock n' roll. Uma viagem musical que passou pelas diversas fases do músico carioca, indo desde o início de sua carreira no Aborto Elétrico, passando pela banda que o consagrou, a Legião Urbana, e pela sua carreira solo. Composta de 22 músicas conta com hits como "Há Tempos", "Que país é esse?", "Geração Coca-Cola", "Eduardo e Mônica", "Índios","Pais e Filhos", entre outros.

Foram dramatizados os principais momentos da vida de Renato como o diagnóstico na adolescência de uma doença óssea, o movimento punk, o uso de drogas, a relação com o filho, o diagnóstico de HIV e sua morte.

O ator Bruce Gomlevsky que protagoniza o musical, representou Renato Russo de uma maneira ímpar - cantando, tocando violão, com os trejeitos idênticos ao músico. Em certos momentos dava para imaginar estar diante do músico falecido em 1996.

A produção do espetáculo foi muito cuidadosa com todos os detalhes.

O início do espetáculo, previsto para às 18h, foi adiado alguns minutos para que a iluminação, abre aspas, belíssima do show, fosse melhor aproveitada. A iluminação também ajudou a contar a história e também dramatizar as situações encenadas, brilhantemente, por Bruce. Valeu cada minuto de atraso, pois depois desse tempo os presentes puderam apreciar mais de duas horas de um show inesquecível que reverenciou um dos maiores músicos brasileiros.

Foi muito bonito ver o público, composto por pessoas das mais diferentes faixas etárias, cantando e se emocionando diante da performance irretocável de Bruce. Foi muito bonito ver diferentes gerações cantando o imortal legado musical (atemporal) deixado por esse grande poeta.

Tomara que, em breve, tenhamos um registro desse espetáculo.

Agradecimentos à Little John Entretenimento.

Fotos: Laura Haddad Fotografia




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Renato Russo"Todas as matérias sobre "Legião Urbana"


Homossexualidade: 6 canções do Rock nacional sobre o tema (vídeo)

Legião Urbana: desvendando a canção Pais e Filhos (vídeo)Legião Urbana
Desvendando a canção "Pais e Filhos" (vídeo)

Fatos Desconhecidos: em vídeo, o último dia de Renato RussoFatos Desconhecidos
Em vídeo, o último dia de Renato Russo

Legião Urbana: Gian Fabra relembra fase em que tocou na banda

Legião Urbana: ex-baixista Renato Rocha é encontrado morto.Legião Urbana
Ex-baixista Renato Rocha é encontrado morto.

Pra discutir: os 100 melhores discos do rock brasileiroPra discutir
Os 100 melhores discos do rock brasileiro

Legião Urbana: Confira homenagem a Renato Russo no Domingão do FaustãoLegião Urbana
Confira homenagem a Renato Russo no Domingão do Faustão


História do Rock: dos primórdios aos anos 70História do Rock
Dos primórdios aos anos 70

Mustaine: Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!Mustaine
"Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"

Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasIndústria
Atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas

Top 500: as melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling StoneTop 500
As melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling Stone

Jack Bruce: Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!Jack Bruce
"Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!"

Vinnie Paul: A7X é provavelmente a maior banda de metal de hojeVinnie Paul
A7X é provavelmente a maior banda de metal de hoje

Michael Schenker: UFO e Scorpions tentam enganar as pessoasMichael Schenker
"UFO e Scorpions tentam enganar as pessoas"


Sobre Karen Waleria

Blogueira gaúcha. Estudou letras. Ecleticidade musical é seu ponto forte; com uma tendência ao Rock e Metal. Já foi colaboradora em grandes sites de Rock e Heavy Metal, trabalha com divulgação de bandas e eventos. Responsável pelo blog www.karenwaleria.blogspot.com.br. Siga no Twitter @Rocksblog.

Mais informações sobre Karen Waleria

Mais matérias de Karen Waleria no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336