Tarja Turunen: Colours in the Road chega à São Paulo

Resenha - Tarja Turunen (HSBC Brasil, São Paulo 13/09/2014)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Cláudia Nascimento
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Neste último sábado a cantora finlandesa Tarja Turunen chegou em São Paulo para mais um show da sua tour “Colours in the Road”. A abertura ficou por conta da banda Mad Old Lady.

13 acessosAngra: solos de guitarra a milhão!5000 acessosBruce Dickinson: punks não sabem tocar e tem inveja do metal

Aproximadamente às 22h05 as luzes se apagaram e os integrantes que vem acompanhando Tarja nessa turnê começaram a aparecer por traz da grande cortina (que é marca registrada em suas apresentações) e começa a tocar a introdução da música Deliverance. Uma vez que Tarja entra no palco todos começam a gritar seu nome e parecem hipnotizados pela sua presença. E sem pausa começa In for a Kill seguida de 500 letters. Do álbum Colours in the Dark apenas duas músicas ficaram de fora, Until Silence e Lucid Dream.

Durante toda a apresentação percebeu-se uma nova Tarja Turunen. Como sempre sorridente, estava mais confiante, mais solta e mais uma vez como sempre, simpaticíssima. Não parou um minuto sequer além disso, demonstrou estar inteirada com nossa língua, ao se comunicar com o público falando em português em vários momentos. Também demonstrou estar muito emocionada e satisfeita, agradecendo o amor e o carinho do público e repetindo várias vezes o quão incrível era estar la. O repertório também contou com músicas de seus álbuns anteriores (My Witer Storm e What Lies beneath), e do Nightwish, dessa vez foi apenas Over The Hills and Far Away (Gary Moore) e I Wish had an Angel, música que fez o público ficar suuuuper agitado.

Um momento inesperado foi quando a cantora resolveu chamar ¨um amigo super querido¨, nada mais nada menos que Kiko Loureiro, que finalizou o show com as músicas Calling Grace e Over the Hills and Far away.

Uma coisa é certa, a cada ano que passa Tarja Turunen vem nos surpreendendo em todos os quesitos!

Set List Completo

In For a Kill
500 Letters
Little Lies
Fallig Awake
I Walk Alone
Anteroom of Death
Never Enough
Darkness
Neverlight
Mystique Voyage
Die Alive
Deliverance
Medusa
Victim of Ritual
I wish I Had an Angel
Until my Last Breath
Calling Grace
Over the Hills and Far Away

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

AngraAngra
Em entrevista, banda fala sobre disco que sai em fevereiro

13 acessosAngra: solos de guitarra a milhão!272 acessosAngra e Almah: Se Toca No Treino com Marcelo Barbosa887 acessosAmandinho: Banda emo-punk lança versão de "Carry On" do Angra268 acessosElvenking: trazendo material novo para shows no Brasil911 acessosRafael Bittencourt: "Eu nunca fui tão feliz", making of #230 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Carnaval 2016Carnaval 2016
Angra, Sepultura e Carlinhos Brown tocando Kiss

Heavy MetalHeavy Metal
As dez melhores bandas sul-americanas do gênero

AngraAngra
Ouça o cover de "Walk" do Pantera com Renatón nos vocais

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Tarja Turunen"0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish"0 acessosTodas as matérias sobre "Kiko Loureiro"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"


Bruce DickinsonBruce Dickinson
Punks não sabem tocar e tem inveja do Metal

EpicaEpica
Foto original de Simone Simons nua em capa é revelada?

MetallicaMetallica
Jason explica o baixo apagado de And Justice For All

5000 acessosNirvana: Claudia Ohana faz cover desastroso no Programa do Jô5000 acessosDerek Riggs: "Eddie vende mais do que Mickey Mouse"5000 acessosVoz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)5000 acessosPink Floyd - Perguntas e Respostas5000 acessosPunk Rock: 21 logos conhecidos e suas histórias5000 acessosSkid Row: a tensão que levou à demissão de Bach

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 20 de setembro de 2014


Sobre Cláudia Nascimento

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online