Matérias Mais Lidas

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMike Shinoda não está nada feliz com a interferência das redes sociais na música

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemFernanda Lira, da Crypta, e o papo reto sobre "se falar de política vai perder fãs"

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs


Stamp

Almah: Como foi a apresentação da banda em Porto Alegre

Resenha - Almah (Bar Opinião, Porto Alegre, 08/06/2014)

Por Guilherme Dias
Em 12/06/14

O domingo do dia 08/06/2014 estava frio em Porto Alegre, mas isso não foi problema algum para os fãs do ALMAH que estavam no Bar Opinião para prestigiar a banda, que esteve na capital gaúcha para divulgar o seu recente disco "Unfold", lançado no final de 2013.

O set-list estava recheado de músicas de toda a carreira da banda, que está em atividade desde o ano de 2006. Os eventos de heavy metal normalmente tem alguma atração na abertura dos shows principais com alguma banda local, e em Porto Alegre não é diferente.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A abertura ficou por conta da banda REVOLTA XXI que é original de Butiá/RS, apresentaram o seu thrash metal para aquecer a noite. A banda tocou algumas músicas próprias, entre elas "Próxima Refeição" e um cover de uma banda "pouco conhecida", segundo Isaias Fussa (Vocal/ Guitarra). "Territory" do SEPULTURA animou o público presente mesmo a banda não sendo do estilo do ALMAH.

Por volta das 21hs as luzes do palco se apagaram e ao som da trilha sonora "The Imperial March" do clássico "Starwars" o ALMAH subiu ao palco com "Hypnotized ", do disco "Motion". A presença de palco e o carisma são fundamentais na música, em qualquer estilo, para qualquer público. Edu Falaschi (vocal) e seus companheiros sorriam enquanto tocavam, cativando o público presente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O show seguiu com as pesadas "Living and Drifting" e "The Hostage", onde Marcelo Barbosa (guitarra) e Diogo Mafra (guitarra) mostraram grande qualidade técnica. Os dois estavam muito ativos no palco, sempre caminhando de um lado a outro e batendo cabeça, assim como Raphael Dafras (baixo).

Edu disse que não tocava na capital gaúcha há três anos, e estava com saudade de ouvir os fãs cantando o "hino rio grandense", lembrando os tempos de ANGRA, onde todos cantavam o hino muito alto e com muito orgulho. Então realizou o pedido pois os seus colegas de banda estavam muito ansiosos para esse momento.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O público cantou o hino gaúcho, porém nada comparado aos anos de ANGRA, onde os shows lotavam muito mais na capital do Rio Grande do Sul. A casa de shows estava longe de sua lotação máxima, o público não passava de 500 pessoas.

Nos bumbos da bateria do gaúcho Marcelo Moreira havia uma mensagem, nela estava escrito "Paulo Almah Schroeber". Isso porque recentemente ocorreu o falecimento de Paulo, (ex-guitarrista da banda). Foi realizada uma homenagem para o também gaúcho Paulo Schroeber antes de "Beyond Tomorrow" (do disco Fragile Equality).

Após "Children of Lies", Falaschi disse que mudaria o rumo da apresentação, pois gosta muito de compor baladas também. "Breathe" realmente mudou o clima do show, porém mantendo a boa performance da banda no palco. Quando um disco é lançado, algumas músicas são destaques instantâneos e outras ficam no fundo do baú.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Edu Falaschi (vocal) comentou que em São Paulo a música do último disco que mais tem dado retorno para a banda é "Believer", a qual não decepcionou nenhum fã quando executada pela primeira vez em Porto Alegre, sendo uma das músicas mais animadoras do show.

O show ainda teve a partipação de Iuri Sanson (vocal) do HIBRIA para dividir os vocais de um clássico do IRON MAIDEN, "2 Minutes to Midnight", juntamente com Falaschi, levando os presentes à loucura. Iuri estava reencontrando a banda que dividiu o palco com o HIBRIA no último Rock in Rio. Mais uma balada foi apresentada no set-list, dessa vez foi "Warm Wind", dedicada a Micaela, filha do frontman.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A banda que projetou Edu Falaschi para o mundo não foi esquecida. O público pediu "Nova Era", mas recebeu "Heroes of Sand" do ANGRA. Marcelo Moreira (bateira) teve a sua vez no microfone, mas não para cantar. O baterista declarou que estava muito emocionado em tocar no mesmo palco em que assistiu bandas como HELLOWEEN e BLIND GUARDIAN.

Disse também que já havia tocado no palco do Bar Opinião, porém com a sua antiga banda BURNING IN HELL para abertura de shows, e não como banda principal.

Religião foi um assunto comentado por Edu, pois "Bullets In The Altar" fala sobre religião e fanatismo, sem falar sobre nenhuma forma de seguir a vida, dizendo que a religião está dentro de cada um.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Falaschi falou para o público que compôs ela pensando na tragédia ocorrida em uma escola em Realengo no Rio de Janeiro, onde um garoto entrou em uma sala de aula e assassinou doze crianças.

O show teve a duração de quase duas horas. A presença de palco do ALMAH foi perfeita, as guitarras muito sincronizadas, assim como o baixo e a bateria fazendo muito bem a "cozinha". Edu Falaschi não tem a mesma voz de 10 anos atrás, falhou em diversos momentos, mas isso não tirou o brilho que a banda teve no palco, mostrando-se muito competente em todos os momentos.

Antes de finalizar o show, Edu disse que a banda desceria do palco e iria direto para a pista, onde tiraria fotos com todo mundo e assinaria o que os fãs "precisassem" sem cobrar nada adicionalmente (alfinetando as bandas que fazem o serviço de "Meet and Greet", cobrando um valor adicional ao do ingresso para esse contato, normalmente antes dos shows).

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A faixa de abertura do primeiro disco da banda, "King", encerrou o belo show que Porto Alegre teve o prazer de receber. Agora é momento de os fãs aguardarem pelo retorno da banda para o Rio Grande do Sul.

Fotos: Liny Rocks®

Set-list completo:
1 - Hypnotized
2 - Living and Drifting
3 - The Hostage
4 - Beyond Tomorrow
5 - Children of Lies
6 - Breathe
7 - Believer
8 - Beware the Stroke
9 - Bullets on the Altar
10 - Late Night in 85
11 - 2 Minutes to Midnight – IRON MAIDEN
12 - Raise the Sun
13 - Days of the New
14 - Warm Wind
15 - Wings of Revolution
16 - Trace of Trait
17 - Heroes of Sand - ANGRA
18 - Torn
19 - Birds of Prey
20 - King

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Gustavo Di Padua lança álbum com versões de clássicos do samba no estilo rock n' roll




Sobre Guilherme Dias

Fanático por heavy metal e hard rock desde os 12 anos de idade. Coleciona CDs e LPs, principalmente do Helloween e seus derivados. Colabora com o site desde 2013. Nasceu em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Mais matérias de Guilherme Dias.