Europe: um grande espetáculo em São Paulo

Resenha - Europe (A Seringueira, São Paulo, 23/09/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Mesquita de Jesus
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Caramba!!! Nem acredito ainda que assisti a um show do Europe!!! Assistir Joey Tempest, John Norum e cia. tocando seus inúmeros clássicos foi uma experiência realmente única!!!

240 acessosEurope: banda retornará ao festival de Viña del Mar em 20185000 acessosHall Of Fame: 500 Músicas Que Marcaram o Rock and Roll

Antes mesmo de chegar na casa de show, já dava pra ver um ótimo número de hard rockers à lá Axl Rose, Motley Crue e afins nas redondezas. Após enfrentar uma fila consideravelmente grande, finalmente entramos na ótima “A Seringueira”, uma casa de show ainda desconhecida para os rockers de SP, mas que, particularmente, me agradou BASTANTE!!! Ótimo ambiente, com uma qualidade sonora muito boa (uma das melhores que vi até hoje) e com uma boa visão do palco de todos os locais onde você poderia estar. Legal mesmo!!! Espero poder ir a mais shows no “A Seringueira”.

O show, previamente marcado para as 20 hs., começou apenas aproximadamente 20:50, talvez devido a inúmera quantidade de fãs que ainda chegava no local, que ficou praticamente lotado.

Logo de cara, a banda abriu o show com 3 ótimas músicas do excelente novo álbum “Bag Of Bones”: “Riches To Rags”, “Not Supposed To Sing The Blues” e “Firebox” (esta última com um jogo de luz super legal. Realmente, o show como todo foi muito bem produzido).

Após essa tríade, a banda mandou um CLÁSSICO: “Superstitious”!!! Quando Tempest mandou “keep on walkin' that road and I'll follow” à capela, a galera toda se agitou e começou a cantar junto... foi indescritível ver o Europe ali, no palco, dominando com uma classe incrível tudo aquilo, com o Tempest (e sua bandeira do Brasil) agitando energicamente a platéia, que naquele momento já estava em êxtase com aquele espetáculo.

Em seguida, um dos momentos mais pesados da noite: a excepcional “Scream Of Anger”! E o Europe ali: mandando ver; e a gente aqui: numa vibração só.

Após “No Stone Unturned” e “Demon Head”, Tempest pega seu violão e toca junto com sua banda 2 músicas: “New Love in Town” e a espetacular “Bag Of Bones” (melhor música do novo álbum e uma das melhores do show, na minha opinião). E o show seguiu-se com “Girl From Lebanon”.

Então chega ela: “Carrie”. Logo de início a galera vai ao delírio e canta a música toda junto com a banda, um dos pontos mais altos da noite.

Passando por mais uma série de músicas, a banda toca A MÚSICA: “Rock The Night”. Um dos ápices da noite. Creio que TODOS (até aqueles que estavam trabalhando no bar) agitaram com essa música. Foi SENSACIONAL!!! Inclusive, no meio da música, enquanto a banda interagia com a platéia, eles tocaram um pedaço de “Another One Bites To Dust” do Queen... INCRÍVEL!!! Final da primeira parte do show (e foi realmente no momento certo... quando todos precisávamos realmente de um certo fôlego extra...).

Na volta, para o bis, a banda toca “Last Look At Eden” e a clássica das clássicas: “The Final Countdown”!!! Acho que nesta hora as estruturas do “A Seringueira” balançaram...!!! Se em “Rock The Night” TODOS agitaram, em “The Final Countdown” TODOS agitaram e CANTARAM!!! EXCEPCIONAL!!!

O show durou aproximadamente 1 hora e 45 minutos e, infelizmente (pra platéia que pediu desde o início do show) não rolou “Cherokee”, nem nenhuma música do “Start From The Dark” (da fase mais nova da banda, é o álbum que mais curto). Mas só o fato de ver uma das bandas mais clássicas do Hard Rock mundial naquele palco, na nossa frente, tocando e cantando sucessos imortalizados do Rock, foi mais do que suficiente para fazermos voltar pra casa satisfeitos com mais um GRANDE espetáculo vivenciado por nós.

Set List:
1. Riches To Rags
2. Not Supposed To Sing the Blues
3. Firebox
4. Superstitious
5. Scream of Anger
6. No Stone Unturned
7. Demon Head
8. New Love in Town
9. Bag Of Bones
10. Girl From Lebanon
11. Carrie
12. Love Is Not The Enemy
13. Let the Good Times Rock
14. The Beast
15. Doghouse
16. Rock the Night

Bis:
17. Last Look At Eden
18. The Final Countdown

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Europe (A Seringueira, São Paulo, 23/09/2012)

1044 acessosEurope: Confira como foi o show em São Paulo3568 acessosEurope: apresentação cheia de energia e qualidade em SP


240 acessosEurope: banda retornará ao festival de Viña del Mar em 2018228 acessosEurope: vídeo pro-shot de três músicas no Wacken Open Air22 acessosEm 14/03/1983: Europe lança o álbum debut Europe29 acessosEm 24/02/1984: Europe lança o álbum Wings Of Tomorrow1130 acessosEurope: ouça "The Siege", mais uma música do novo álbum267 acessosEurope: novo documentario na TV sueca de The Final Countdown0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Europe"

EuropeEurope
A história por trás da música "The Final Countdown"

BurnnBurnn
Os maiores guitarristas Hard & Heavy da história

VírgulaVírgula
Hits dos 80s que a gente tinha vergonha, mas hoje canta com vontade

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Europe"


Hall Of FameHall Of Fame
500 Músicas Que Marcaram o Rock and Roll

AngraAngra
Ouça algumas versões bizarras de músicas da banda

Show de RockShow de Rock
As diferenças entre os anos 80 e 2000

5000 acessosEm 11/05/1981: Bob Marley morre, vítima de um tumor no cérebro5000 acessosMetal Hammer: dez "estranhas" colaborações no metal5000 acessosIron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 20085000 acessosSkid Row: por que a reunião com Sebastian Bach não deve rolar1522 acessosQueen: As 10 melhores composições de Brian May, segundo a Classic Rock5000 acessosMetallica: os motivos da saída de Jason Newsted

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Rodrigo Mesquita de Jesus

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online