Focus: apresentação intimista e competente em São Paulo

Resenha - Focus (Carioca Club, São Paulo, 17/03/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Jorge A. Silva Junior
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Como parte da turnê comemorativa dos 40 anos do álbum "Moving Waves", o FOCUS fez sua sexta e última apresentação no Brasil neste sábado (17), em São Paulo. A banda holandesa, liderada pelo multi-instrumentista Thijs van Leer, desfilou clássicos do rock progressivo durante duas horas. Músicas do calibre de "Sylvia" e "Hocus Pocus" fizeram a alegria do público que compareceu ao Carioca Club em um agradável início de noite.

5000 acessosAxl Rose: quatro páginas de pedidos para camarim no RIR5000 acessosRegis Tadeu: explicando por que o Slipknot é tão odiado

De cara é bom destacar e parabenizar a produção do evento. O show do FOCUS foi o primeiro realizado pela empresa Main Stage, que acertou em alguns detalhes primordiais em respeito ao consumidor. Primeiro: a banda entrou no palco exatamente no horário marcado. Segundo: início da apresentação às 19h, acessível de sobra até para uma metrópole como São Paulo. Terceiro: obviamente o FOCUS não seria capaz de lotar a casa, portanto, no setor "pista", diversas mesas foram colocadas para facilitar a visão e comodidade do público, além de dar a impressão de maior quantidade de pessoas.

Neste clima "clube de Jazz", enquanto os fãs conversavam sentados e apreciavam suas bebidas, a banda entrou em cena com a dobradinha "Focus I” / “Anonymous" e fez exatamente o que todos aguardavam: boas composições executadas por ótimos músicos. A começar pelo líder e fundador do FOCUS, Thijs van Leer, que, independentemente de estar muito parecido com o saudoso apresentador Chacrinha, ainda maneja seus instrumentos como poucos. Exímio flautista, também tocou simultaneamente com seu órgão Hammond durante "Sylvia" e "Focus II". Carismático, ainda arriscou palavras em português, fez piadas e exaltou seus companheiros diversas vezes. O destaque dos comandados foi Menno Gootjes, jovem guitarrista recém contratado, que esbanjou técnica e principalmente "feeling" - ele roubou a cena durante "Focus II". Após uma hora de canções intercaladas, entre elas "House Of The King" e "Eruption", Leer anunciou uma pausa de 10 minutos para um drinque.

Na volta, a "cozinha", mesmo com certa instabilidade no áudio do baixo de Bobby Jacobs, esteve impecável, afinal, o comando das baquetas ficou por conta de Pierre van der Linder, que gravou três álbuns de estúdio com a banda nos anos 1970. O entrosamento dos dois foi notável na introdução de "Answers? Questions! Questions? Answers!", claramente uma forma de improviso enquanto alguns roadies resolviam um problema no Hammond de Thijs van Leer.

Maior sucesso da banda, "Hocus Pocus" literalmente levantou o público com uma versão estendida e se encarregou de fechar a segunda parte da apresentação em grande estilo. Ainda teve tempo para o tradicional bis, com “Focus III” e aplausos calorosos de quem presenciou um show intimista e competente. Na despedida, Leer aproveitou para divulgar o site www.focustheband.com e foi embora ovacionado. Nós, amantes de boa música, agradecemos!

Focus em São Paulo
Data: 17 de março de 2012
Local: Carioca Club
Turnê: Moving Waves
Duração: 2h

Setlist:
1. Focus I / Anonymous
2. House Of The King
3. Aya-Yuppie-Hippie-Yee
4. Focus VII
5. Eruption
6. Sylvia
7. Focus II
8. Answers? Questions! Questions? Answers!
9. La Cathedrale de Strasbourg
10. Harem Scarem
11. Hocus Pocus

Bis:
12. Focus III

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Focus"

AngraAngra
Líder do Focus: "É um homem cantando? Impressionante!"

Rock ProgressivoRock Progressivo
Os 15 maiores guitarristas do gênero

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Focus"

Axl RoseAxl Rose
Quatro páginas de pedidos de ítens para camarim no RIR

Regis TadeuRegis Tadeu
Explicando por que o Slipknot é tão odiado

Guns N RosesGuns N' Roses
Quanto foi oferecido para Izzy Stradlin? MSL revela

5000 acessosGNR: "novos membros são uns idiotas", diz Michael Paget5000 acessosShow de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 20105000 acessosPhil Anselmo: Vocalista explica e se retrata por episódio racista3791 acessosGlenn Hughes: "A dor e a mudança são duas certezas da vida"4074 acessosDr. Sin: a crise do rock nacional5000 acessosLucille chora sua viuvez: a história da guitarra de B.B. King

Sobre Jorge A. Silva Junior

Jorge Junior é paulistano, jornalista diplomado e colaborador do Whiplash.Net desde 2009. Tem mais de 400 matérias e notas publicadas, que somam aproximadamente um milhão e meio de acessos. Também realizou a cobertura de shows de grande porte, entre eles Ringo Starr, Eric Clapton, Deep Purple, System Of A Down, Red Hot Chili Peppers e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no Twitter: @jorgejunior85.

Mais matérias de Jorge A. Silva Junior no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online