Disturbed: um ótimo primeiro show no Brasil

Resenha - Disturbed (Espaço Lux, São Paulo, 23/08/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Contro
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.





Noite fria em São Bernardo em plena terça-feira, nem isso foi capaz de desanimar o público que foi em grande número conferir o show do Disturbed no último dia 23.

Fotos: Divulgação

Com atraso de mais de 1h, o grupo de Chicago subiu aos palcos brasileiros pela primeira vez em seus 16 anos de carreira. O grande atraso se deu, em boa parte, pela fila gigantesca que se formou na entrada do Espaço Lux. O problema só não foi acentuado, pois a banda esperou todo mundo entrar na casa para começar a apresentação.

Mas voltando ao palco, o Disturbed abriu seu show às 23h05 com "Prayer", um verdadeiro petardo do CD "Believe", do ano 2000, que colocou todo mundo pra pular. Na sequência vieram "Liberate" e "The Game". Os pontos altos da noite, porém, ficaram com as mais rápidas "Ten Thousand Fists" e "Indestructible".

Mesclando em seu set algumas músicas do álbum novo Asylum, de 2010, com diversas mais conhecidas como "Stupify", que fez muito sucesso e foi até tema de um filme de Adam Sandler (Little Nick), o grupo conseguiu agradar bastante o público. Público este, vale ressaltar, dos mais comportados que vimos recentemente em shows de Rock. Talvez pela grande quantidade de seguranças que inibiam as figuras mais agitadas, o fato é que rodinhas só rolaram mesmo na última música, o que chega a surpreender pelo peso do som.

A qualidade do áudio merece aqui uma crítica à parte. Realmente bastante ruim! Uma pena. O volume altíssimo dos instrumentos e do microfone se embolaram e as caixas mal suportaram, o que além de deixar todo mundo surdo ainda prejudicou a exibição da banda. Apesar disso, os integrantes não se abalaram e trataram de compensar com muita agitação no palco e interação com o público. Destaques para o vocal David Draiman que chamava a galera o tempo inteiro pra agitar e o guitarrista Dan Donegan, que toca demais! A banda em si é de realmente encher os olhos. Até Mike Wengren, batera, provou que um solo de bateria nem sempre pode ser chato.

Com a música "Down With The Sickness" o Disturbed encerrou sua apresentação de 1h30 de duração na cidade de São Bernardo. David agradeceu o público e entoando o grito "We're Disturbed", em couro com a platéia, se despediu em grande estilo do público brasileiro.

SET
Prayer
Liberate
The Game
The Animal
The Infection
Land of Confusion
Droppin' Plates
Inside the Fire
Warrior
Crucified
Stricken
Never Again
Fear / Meaning of Life / Numb / Voices
Another Way to Die
Stupify
Ten Thousand Fists

Indestructible
Solo de Bateria
Down with the Sickness



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Disturbed"


Disturbed: banda lança vídeo 360° de "Inside The Fire" ao vivo; confiraNu-Metal: nove solos de guitarras matadores de bandas do estiloDisturbed: vídeo da banda tocando "Never Again" em Israel

Spotify: as bandas de hard rock e metal mais ouvidas no último mêsSpotify
As bandas de hard rock e metal mais ouvidas no último mês

Piercings: nem todo rockstar é capaz de usar, veja algunsPiercings
Nem todo rockstar é capaz de usar, veja alguns

Disturbed: David Draiman chama Roger Waters de nazi por boicote a IsraelDisturbed
David Draiman chama Roger Waters de "nazi" por boicote a Israel

Iron Maiden: o que os grandes músicos acham da banda?Iron Maiden
O que os grandes músicos acham da banda?


AC/DC: Chuck Berry foi o maior babaca que já vi na vidaAC/DC
"Chuck Berry foi o maior babaca que já vi na vida"

King Diamond: O que significa ser Satanista?King Diamond
O que significa ser Satanista?

Iron Maiden: curiosidades sobre o The Number Of The BeastIron Maiden
Curiosidades sobre o "The Number Of The Beast"

Curiosidade: artistas que odeiam suas próprias músicasHall Of Fame: 500 Músicas Que Marcaram o Rock and RollNightwish: Floor Jansen dá a sua receita para uma voz afinadaThe Voice: participante canta "Born To Be Wild" na pegada death metal

Sobre Eduardo Contro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.