Black Label Society: comentários sobre show em Porto Alegre

Resenha - Black Label Society (Opinião Bar, Porto Alegre, 14/08/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gustavo Alemão, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Depois de 3 anos longe do Brasil, a Black Label Society desembarcou em Porto Alegre para fazer valer o show na noite chuvosa da capital gaúcha. Desde cedo o povo de preto se aglomerava na frente do Opinião, vislumbrando um bom lugar para ver o pupilo do Madman em ação, se aquecendo com cervejas e o sempre presente whiskey. A banda de abertura foi a porto-alegrense Draco, que por tabela, veio armada de riffs pesados e pancadaria musical. Já conhecida no cenário heavy da capital, a banda despejou toda a sua energia no show que, apesar de curto, foi o suficiente para mostrar que não faltam bandas talentosas dentro da cena local.

Samsung Best of Blues: Zakk Wylde e Kenny Wayne Shepherd farão shows gratuitos no BrasilPaula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal

Depois da Draco, pausa para troca de instrumentos. A banda sobe ao palco sob total escuridão e com o clamor da platéia que ansiava por ver uma das melhores bandas de heavy metal da atualidade. As luzes se acendem e lá está ele, Zakk Wylde, com um grande cocar indígena e os já tradicionais crânios espalhados, além de sua banda fazendo valer o feeling mais southern do Metal. Entre bandeiras dos estados confederados, cervejas e espectadores que pareciam estar num grande encontro de motociclistas, Mr. Wylde despejava harmônicos e solos de guitarra que fariam qualquer papai presente desejar um futuro rocker para seus filhos. No final do show, uma bandeira do Brasil com o logotipo da BLS é jogada ao palco e, ao contrário do usual, é levada para o camarim pelos músicos que aparentemente terão boas lembranças dessa noite chuvosa em Porto Alegre. Aos que foram ao show, restam as fotos e talvez um pequeno zumbido nos ouvidos, resquício de uma noite inesquecível para um Headbanger. Aos que não foram, resta aguardar por outro massacre musical, no bom sentido, é claro.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Black Label Society"Todas as matérias sobre "Draco"


Samsung Best of Blues: Zakk Wylde e Kenny Wayne Shepherd farão shows gratuitos no BrasilSamsung Best of Blues
Zakk Wylde e Kenny Wayne Shepherd farão shows gratuitos no Brasil

Zakk Wylde: batizando filho mais novo de Sabbath PageZakk Wylde
Batizando filho mais novo de "Sabbath Page"

Zakk Wylde: Quer parar de beber? Então pare, porra!Zakk Wylde
"Quer parar de beber? Então pare, porra!"

Zakk Wylde: conheço a maioria que posta no BlabbermouthZakk Wylde
"conheço a maioria que posta no Blabbermouth"


Paula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black MetalPaula Fernandes
Aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Di'Anno: Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!Di'Anno
"Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!"

Mônica Guedes: "seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhando"Black Metal: banda brasileira fez clipe mais bizarro do universoDavid Bowie: Petição para Deus pede cancelamento da morteIndependência: os dez melhores discos solo de estreia

Sobre Gustavo Alemão

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336