Lamb of God: nada a reclamar da passagem por São Paulo

Resenha - Lamb of God (Espaço Lux, São Bernardo do Campo, 26/09/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Flavio Lens
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Quem gosta de hard rock e heavy metal, em todas as suas vertentes, com certeza está rindo à toa com as bandas que já aportaram no Brasil até agora. Guns N' Roses, Dark Tranquillity, Lacuna Coil, além dos que ainda estão por vir. como Rammstein, Twisted Sister, Cradle of Filth entre outros.

583 acessosLiberation Fest: Confira passagem das bandas Carcass e Lamb of God5000 acessosGaleria - Algumas das beldades do Rock e Metal nacional

E mais uma vez, quem curte as vertentes mais pesadas do rock foi presenteado com um show praticamente impecável dos americanos do Lamb of God, que na primeira vinda ao Brasil não decepcionaram e mandaram uma pauleira atrás da outra. E é impressionante o nível de fidelidade sonora dos caras, a banda consegue reproduzir as músicas à beira da perfeição e improvisa o suficiente para ninguém desconfiar que tenha algum tipo de playback rolando.

Infelizmente o guitarrista Mark Morton não pôde vir ao Brasil pois teve que cuidar de sua filha, como foi explicado pelo vocalista Randy Blythe. Aliás, esse cara merece um destaque especial; o que ele faz com a voz é algo absurdo, não é desse mundo. O cara consegue variar do gutural ao rasgado em frações de segundo, bangeia como um retardado sem perder o ritmo enquanto canta, agita de um lado pro outro sem parar e mantém a plateia "na mão" com uma facilidade incrível. Com certeza, um dos melhores frontmen do metal atual.

A banda deu ênfase principalmente aos seus dois últimos álbuns, Sacrament (2006) e Wrath (2009), mas músicas mais antigas também não foram esquecidas, pra delírio da galera. Talvez pelo fato de a formação estar desfalcada e provavelmente não ter tempo hábil de ensaiar mais músicas com o guitarrista convidado (Paul Waggoner, do Between the Buried and Me), o setlist foi um pouco mais compacto, e o show não durou muito mais do que uma hora, mas nada que comprometesse o espetáculo, e o guitarrista deu conta do recado com sobras. Destaque também para o baterista Chris Adler, um dos mais talentosos e criativos da atualidade - e também dono da maior barbicha da face da Terra...

Ponto positivo também para o local escolhido para o show. Eu ainda não conhecia o Espaço Lux, e gostei muito do que vi lá, sem contar a extrema facilidade de acesso ao local, coisa de uns 200 metros de um dos trevos de acesso a São Bernardo.

Merece destaque também a ótima banda de abertura, ChaosFear, elogiada inclusive pelo próprio Randy. Infelizmente, como eu fui ao show de excursão do interior de SP, cheguei um pouco tarde e a fila já estava imensa, e só consegui assistir da metade pro final do show dos caras, mas pelo pouco que deu pra ver, foi a escolha mais apropriada para abrir o show.

No geral, praticamente nada do que reclamar deste domingo, o show foi ótimo, a galera compareceu em peso, o local é ótimo e de lambuja eu ainda conheci metade do estado de São Paulo devido à via sacra que a minha van fez de Catanduva a São Bernardo, passando por Ribeirão Preto (!!!!) e atravessando todo o interiorzão naquela chuva desgraçada...

The Passing (intro)
In Your Words
Set to Fail
Walk With me in Hell
Now You've Got Something to Die for
Ruin
Hourglass
Dead Seeds
Blacken the Cursed Sun
Descending
Contractor
Laid to Rest
Omerta
Vigil
Redneck
Black Label

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

King DiamondKing Diamond
Retorno após duas décadas, em extremas companhias

583 acessosLiberation Fest: Confira passagem das bandas Carcass e Lamb of God1354 acessosLiberation: confira como foi o festival pelos olhos de um músico328 acessosEmbers, do Lamb of God: Reflexões íntimas de muitas destruições390 acessosLamb of God: Randy Blythe convoca fãs para shows em SP e RJ2033 acessosLoudwire: as 10 melhores bandas americanas de Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Lamb Of God"

Heavy MetalHeavy Metal
As melhores faixas de 2012 segundo o Loudwire

Liberation FestLiberation Fest
Tudo sobre o festival que será realizado em SP

MegadethMegadeth
Adler diz que Mustaine é o cara que criou isto tudo

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Lamb Of God"

MusasMusas
Algumas das beldades do Rock e Metal nacional

AngraAngra
Kiko Loureiro relembrando o tempo de Dominó

Black SabbathBlack Sabbath
Iommi fala sobre Dio, Randy Rhoads e Rob Halford

5000 acessosPiadas sobre músicos5000 acessosCapas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos5000 acessosDave Mustaine: Maroon 5 o deixou boquiaberto4745 acessosRonnie James Dio: "não sou satanista", disse em entrevista a Sam Dunn5000 acessosGuns N' Roses: o sucesso que a mídia forjou e destruiu - Parte 15000 acessosZombie: "gravadoras, dinossauros aguardando a morte"

Sobre Flavio Lens

Nascido em Santos/SP, atualmente mora em Catanduva/SP. Começou no rock bem cedo, graças aos pais que também curtem um som. Atualmente é guitarrista, principal compositor e multiinstrumentista em estúdio do projeto Now You Fall. Acompanha de perto os trabalhos de Paradise Lost, Lamb of God, Muse, Dark Tranquillity, Korn, Killswitch Engage, entre outros grupos das mais variadas vertentes do rock e metal.

Mais matérias de Flavio Lens no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online