Matérias Mais Lidas

Metallica: a palavra mais presente nas letras da banda é...Metallica
A palavra mais presente nas letras da banda é...

Nirvana: Dave Grohl revela como foi seu primeiro dia após morte de Kurt CobainNirvana
Dave Grohl revela como foi seu primeiro dia após morte de Kurt Cobain

Black Sabbath: o que Geezer Butler não suportava em Ozzy que o fez adorar DioBlack Sabbath
O que Geezer Butler não suportava em Ozzy que o fez adorar Dio

Death metal: vocalista do At The Gates diz qual banda inventou o estiloDeath metal
Vocalista do At The Gates diz qual banda "inventou" o estilo

K.K. Downing: De onde o Iron Maiden tira tanta energia?K.K. Downing
"De onde o Iron Maiden tira tanta energia?"

Roberto Barros: Até ouvir Angra eu não gostava de power metal, revela o guitarristaRoberto Barros
"Até ouvir Angra eu não gostava de power metal", revela o guitarrista

Megadeth: gravações de baixo do David Ellefson para o novo disco serão descartadasMegadeth
Gravações de baixo do David Ellefson para o novo disco serão descartadas

Helloween: Comemorando três décadas de história em primeiro disco com nova formaçãoHelloween
Comemorando três décadas de história em primeiro disco com nova formação

Hellfest 2022: anunciado megafestival com 350 bandasHellfest 2022
Anunciado megafestival com 350 bandas

Rainbow: a incrível semelhança entre Stargazer e o filme Mágico de OzRainbow
A incrível semelhança entre "Stargazer" e o filme "Mágico de Oz"

Nightwish: Auri, projeto de Tuomas e sua esposa, lança vídeo para Pearl DivingNightwish
Auri, projeto de Tuomas e sua esposa, lança vídeo para "Pearl Diving"

Led Zeppelin: quanto eles conseguiam arrecadar por show no auge da bandaLed Zeppelin
Quanto eles conseguiam arrecadar por show no auge da banda

Thrash metal: dez grandes álbuns do estilo que foram lançados em 1990Thrash metal
Dez grandes álbuns do estilo que foram lançados em 1990

Helloween: ouça o álbum Helloween, que marca voltas de Michael Kiske e Kai HansenHelloween
Ouça o álbum "Helloween", que marca voltas de Michael Kiske e Kai Hansen

Massacration: quando Kiko Loureiro criticou a banda - e supostamente arregou para elesMassacration
Quando Kiko Loureiro criticou a banda - e supostamente arregou para eles


Stamp
Pentral

Venom: após 23 anos e com outra formação, ainda marcante

Resenha - Venom (Victoria Hall, São Caetano do Sul, 12/12/2009)

Por Paulo Gadioli
Em 14/12/09

Após um período de mais de 20 anos, os fãs do Venom finalmente poderiam ter uma chance de assistir a mais um show dos ingleses. Na última vez que a banda passou pelo Brasil, em 1986, a situação era outra. Como todas as facilidades da internet ainda não existiam, era algo complicado ouvir e conseguir informações de bandas estrangeiras. Formou-se uma verdadeira aura sob a imagem da banda que, juntamente com os canadenses do Exciter, realizou um dos melhores shows da década de 80, segundo muitos que tiveram o privilégio de vivenciar a época. Após mudanças na formação e no próprio som da banda, seriam eles capazes de repetir o feito e realizar mais um show marcante?

No dia 12 de dezembro, o cenário na cidade de São Caetano do Sul, logo pela tarde, já foi se mostrando muito condizente com a banda. Um dia nublado e que, com o chegar da noite, tornou-se extremamente chuvoso. A chuva caminha lado a lado com outro problema: o trânsito. E foi justamente esse problema que atrasou e impediu muitos de poderem acompanhar as bandas de abertura. As bandas encarregadas eram: Doomsday Ceremony, Genocídio e Nervochaos. O que se ouviu é que, apesar de problemas técnicos, elas fizeram seu papel muito bem e representaram o Metal brasileiro de uma forma muito digna.

Aproximadamente às 23h30, após um certo atraso - que já vinha ocorrendo desde as bandas de abertura -, abrem-se os portões do inferno. As luzes se apagam, uma introdução assustadora começa a ecoar nos PA’s, luzes vermelhas dominam o ambiente. Nada mais apropriado para o Venom entrar no palco. E, logo de cara, já incendeiam todos os presentes no Victoria Hall com o clássico "Black Metal", seguido prontamente pela não menos importante "Welcome to Hell". Essa última música pareceu ser uma alerta aos desavisados, que estariam prestes a presenciar o verdadeiro inferno na terra.

Comparada com a formação do show de 86, apenas o baixista e frontman Cronos permanece na banda. Completam a banda o baterista Danny "Dante" Needham e o guitarrista La Rage.

Logo após a dobradinha de clássicos que abriu o show, Cronos não falou muito. Apenas fez questão de chegar o mais próximo possível de todos os fãs ali presentes. Palavras não se tornavam necessárias naquela atmosfera de respeito e admiração. O baixo dele, inclusive, possuía uma singularidade muito interessante. Com duas luzes localizadas no braço do instrumento, a impressão era de que aquilo eram dois grandes olhos vermelhos, enxergando todos na platéia.

A qualidade de som ainda não era das melhores. O som embolado parecia incomodar muitos dos presentes. O microfone de Cronos também estava num volume não muito compatível com o resto da banda, já que era difícil ouvir o que ele cantava. Difícil mesmo foi ouvir durante a execução de "Countess Bathory". Talvez um dos clássicos mais aguardados pelos fãs da banda, a música tirou gritos de praticamente todos os presentes, que gritavam a plenos pulmões.

O baterista Dante era um show à parte. Com seu grande set de bateria, executava as músicas com perfeição, sem parar nem um minuto sequer. Inclusive lembrava Mikkey Dee, do Motorhead, ao agitar a cabeleira loira e bater impiedosamente no instrumento. O baterista do Venom, inclusive, já esteve em terras tupiniquins mais no início do semestre, ao integrar a banda de Tony Martin. La Rage também não fez feio, o guitarrista mostrou muita técnica ao realizar os solos e, assim como os outros dois membros da banda, aguentou com a mesma energia o show, do início ao fim.

A banda ainda presenteou os fãs com músicas como "Seven Gates of Hell", "Warhead", "Antechrist" e "Hell", dentro de um set extenso. O golpe de misericórdia foi dado quando o Venom retornou para o bis, tocando "In League With Satan". Logo após, Cronos perguntou a todos os presentes que horas eram. A resposta foi alta e clara: "Witching Hour!", e assim começou a música que viria a encerrar a apresentação da forma mais brutal possível. E é importante lembrar que, das poucas vezes que Cronos se dirigiu ao público, ele fez questão de reforçar a idéia que a banda voltaria ao Brasil logo. Só resta a esperança de que esse "logo" não se torne em mais de duas décadas novamente.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Arte Musical
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Venom Inc.: Tony "Demolition Man" Dolan em entrevista exclusiva para o Brasil

Venom: box set comemorativo da era Tony Dolan se esgota rapidamente

Metal Extremo: 20 músicas para quem está iniciando caminhada pelo lado pesado da forçaMetal Extremo
20 músicas para quem está iniciando caminhada pelo lado pesado da força

Venom Inc.: banda faz publicação divulgando livro brasileiro

Quadrinhos e Metal: Ilustrador mescla capas clássicas de quadrinhos com bandasQuadrinhos e Metal
Ilustrador mescla capas clássicas de quadrinhos com bandas


Venom Inc: Mantas morreu e teve de ser ressuscitadoVenom Inc
Mantas morreu e teve de ser ressuscitado

Megadeth: fundindo a arrogância de Mustaine em Vic RattleheadMegadeth
Fundindo a arrogância de Mustaine em Vic Rattlehead

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1981


Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1