RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemMike Portnoy escolhe os álbuns preferidos de sua adolescência

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemA opinião de Paul McCartney sobre a música dos Sex Pistols

imagemA opinião de Slash sobre Dave Mustaine e "Rust In Peace", clássico do Megadeth

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemO megahit de Ana Carolina que todos acharam que era a voz de Cássia Eller

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"


Exilio Angel

Deftones: nata do repertório, para deleite dos fãs

Resenha - Deftones (Via Funchal, São Paulo, 10/02/2007)

Por Fernão Silveira
Postado em 13 de fevereiro de 2007

Os californianos do DEFTONES, liderados pelo vocalista Chino Moreno, levaram à loucura uma platéia formada por jovens que lotou o Via Funchal, em São Paulo, na noite do último sábado (10/2/2007). Em quase duas horas de show, a banda estreou na capital paulista mostrando a nata de seu repertório – para deleite dos fãs.

O quinteto, um dos expoentes do movimento conhecido como "nu metal", acertou em cheio na escolha do setlist para o seu primeiro show em terras bandeirantes. E a maior prova desse êxito foi a reação do público, que cantou e pulou em praticamente todas as músicas. Até mesmo as faixas "Xerces", "Rats, Rats, Rats" e "Hole in the Earth", do mais novo álbum da banda ("Saturday Night Wrist"), tiveram uma recepção calorosa.

Mas os melhores momentos foram proporcionados pelas músicas que construíram o sucesso do DEFTONES, como "Korea", "Knife Party", "Feiticeira" e "My Own Summer" (que faz parte da trilha sonora do filme "Matrix"). Para fechar o show com impacto, no segundo bis da noite, os californianos mandaram "Change" e "Head Up", levando o público ao êxtase.

A platéia, por sinal, foi um espetáculo à parte. Os fãs contribuíram muito para tornar o show mais caloroso, acompanhando Chino Moreno em todos os refrões. A garotada que invadiu a pista, em boa parte recém-saída da pré-adolescência, mostrou verdadeira devoção ao quinteto, e em especial ao frontman Moreno – que esteve um tanto frio e quase não procurou se comunicar.

O comportamento do público, por sinal, poderia causar algum estranhamento em espectadores mais acostumados a shows de rock "old school" – como é o caso deste que vos escreve. Em vários momentos, a gurizada mais parecia estar em uma festa rave do que num show de metal.

A banda fez a sua parte e exibiu o que se esperava: peso nas guitarras, uma cozinha marcante e muita gritaria no vocal. Os fãs do DEFTONES certamente saíram do Via Funchal bastante satisfeitos naquela noite de sábado.


Outras resenhas de Deftones (Via Funchal, São Paulo, 10/02/2007)

Resenha - Deftones (Via Funchal, São Paulo, 10/02/2007)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Fotos de Infância: Deftones

Nu Metal: em vídeo, o top 10 bandas de todos os tempos

Deftones: por que eles não querem fazer turnês com o Korn


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Fernão Silveira

Paulistano, são-paulino, nascido nos "loucos anos 70" (1979 ainda é década de 70, certo?) e jornalista. Sua profissão já o levou a cobrir momentos antológicos da história da humanidade, como o título paulista do São Caetano, a conquista da Copa do Brasil pelo Santo André, a visita de Paris Hilton a São Paulo e shows de bandas como Judas Priest, Whitesnake, W.A.S.P., Megadeth, Slayer, Scorpions, Slipknot, Sepultura e por aí vai. Ainda tem muito gás para o nobre ofício jornalístico, mas acha que não vai muito mais longe depois de ter entrevistado Blackie Lawless, Glenn Tipton, Rogério Ceni e, claro, Paris Hilton.
Mais matérias de Fernão Silveira.