Joe Satriani: Grande expectativa pela noite de Satriani em Curitiba

Resenha - Joe Satriani (Forum, Curitiba, 18/08/2000)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Antonio Pedro
Enviar correções  |  Ver Acessos


Fotos por Antonio Pedro

Era grande a expectativa da noite de Satriani em Curitiba, afinal, seu mais novo álbum, Engines of Creation é bem eletrônico, coisa que a maioria dos fãs não apreciou. A casa estava tomada de amantes da guitarra, que aguardavam ansiosos a entrada de Joe Satriani. E ele entra, no horário marcado. Com seu visual techno, de óculos escuros (não tirou nem por um momento) e acompanhado do megabassman Stuart Hamm e do incrível baterista Jeff Campitelli detona Time, do álbum anterior Crystal Planet, seguida de Devil's Slide, de seu mais novo álbum. Na sequência vieram Crush of Love, Satch Boogie e maravilhosa Flying in a Blue Dream. Nessa altura, o que mais se via no público eram fãs boquiabertos tamanha a técnica e o talento de Mr Joe. Por falar na performance do cara, posso dizer que são poucos os guitarristas que são caristmáticos como Satriani. Ele exala uma energia única, própria de quem ama o que está fazendo. Realmente tem o público nas mãos, que parecem hipnotizados durante todo o espetáculo. E o desfile de maravilhas que podem ser obtidas de uma guitarra continua com Ice 9, Cool #9, Circles, Until We Say Goodbye, Extremist, Summer Song...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Então o show para... Respeitosamente, Satriani pede a todos que aguardem apenas alguns minutos, que logo o show continuaria. Tempo para nos recuperarmos do efeito alucinante dos três músicos.


Voltam os músicos, para o que seria mais uma hora e meia de rock, jazz e blues, destilados por Satch e banda. Nessa segunda parte rolaram House Full of Bullets, Raspberry Jam Delta V e Crystal Planet. Saem Satriani e Campitelli. Fica Stu Hamm, que começa seu ótimo solo de baixo. Isso mesmo, solo de baixo de primeira qualidade. E extremamente divertido. Voltam Satriani e Campitelli, com Mystical Potato Head Groove Thing, Always With Me, Always With You e Big Bad Moon, a única em todo o set cantada por Satriani. Mas o show ainda não estava completo. Surfing With The Alien é detonada, para deleite de todos. E pra terminar, utilizando uma guitarra multicolorida especialmente para a ocasião, despede-se com Friends. Stu ainda aproveita para jogar para a galera algumas cópias de Outbond, seu álbum solo lançado recentemente.

E numa conversa com alguns fãs também guitarristas, ouvi a seguinte frase: - É verdade, a gente vem assistir o Satriani porque gostamos de ser humilhados mesmo!!!!!

Mais fotos




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Joe Satriani"


Joe Satriani: ele lamenta as críticas recebidas de Ritchie BlackmoreJoe Satriani
Ele lamenta as críticas recebidas de Ritchie Blackmore

Separados no nascimento: Joe Satriani e Cazé da MTVSeparados no nascimento
Joe Satriani e Cazé da MTV


Monsters Of Rock 2015: conheça a loira que deu um show com o Steel PantherMonsters Of Rock 2015
Conheça a loira que "deu um show" com o Steel Panther

Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave MustaineElectra Mustaine
A linda filha do Sr. Dave Mustaine


Sobre Antonio Pedro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280