Destruction honra thrash metal alemão em novo CD

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: Terra Música
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 11/11/03. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

(por Rafael Crespo - JB Online)

Em 1999, exatos dez anos após sua separação, o Destruction protagonizou um dos retornos mais esperados dentro do cenário do heavy metal, com shows gloriosos nos festivais europeus Bang Your Head, With Full Force e Wacken Open Air. Hoje, depois dos ótimos All Hell Breaks Loose (2000) e The Antichrist (2001), os cultuados alemães lançam Metal Discharge, o melhor álbum da banda depois da retomada. Thrash metal na veia e sem firulas, com um petardo atrás do outro.

3433 acessosThrash Metal: os melhores álbuns de 1983 a 20165000 acessosAloka: Duff McKagan diz que "vira gay" nas turnês

O Destruction surgiu na época mais fértil para o som pesado nos anos 80, quando algumas bandas começaram a misturar o heavy metal com elementos do punk e do hardcore, dando forma ao thrash, um estilo bem mais rápido e pesado. Os dois principais expoentes eram os Estados Unidos - com bandas como Metallica, Exodus, Testament, Anthrax e Slayer - e a Alemanha, com a trinca Kreator, Sodom e o Destruction. Criado em 1983, na cidade alemã de Weil am Rhein, o grupo era formada por Schmier (baixo e vocal), Mike (guitarra) e Tommy (bateria). Apenas três membros, mas que faziam uma barulheira dos infernos. Com essa formação, foram gravados os discos Sentence Of Death (1984), Infernal Overkill (1985) e Eternal Devastation (1986).

No trabalho seguinte, o clássico Mad Butcher (1987), Tommy deu lugar a Olly na bateria e a banda virou um quarteto, com a entrada do guitarrista Harry. Depois do discutido Release From Agony (1988) e do "ao vivo" Live Without Sense, do mesmo ano, o líder Schmier deixou a banda durante as gravações de Cracked Brain (1989), que tem os vocais de André (Poltergeist). Mike e Olly seguiram com o Destruction e lançaram três trabalhos que sequer entram na discografia oficial, que pula de Cracked Brain para All Hell Breaks Loose.

Metal Discharge marca a volta do Destruction às origens, com músicas que poderiam fazer parte dos discos clássicos dos anos 80, honrando o thrash metal alemão daquela longínqua época. Os dois primeiros álbuns depois da volta são muito bons, mas, em comparação ao novo trabalho, parecem uma espécie de aquecimento para a retomada da pancadaria pura e explícita de Metal Discharge, que tem músicas mais curtas, riffs e mais riffs e o vocal rasgado de Schmier. A banda, novamente um trio, conta ainda com Mike na guitarra e Marc Reign na bateria.

As faixas que mais se destacam são Desecrators of The New Age, Mortal Remains, Savage Symphony of Terror, além da faixa-título. Made to be Broken tem uns toques de modernidade que, em muitos momentos, principalmente no riff de guitarra, lembram o Pantera, o que não chega a ser "traição" nenhuma aos fãs mais radicais, que esperam o thrash do início ao fim, estilo que consagrou o Destruction.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Thrash MetalThrash Metal
Os melhores álbuns de 1983 a 2016

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Destruction"

19861986
O ano definitivo da música pesada

Metal AlemãoMetal Alemão
About.com elege as melhores bandas

AlemanhaAlemanha
As dez maiores bandas de Metal do país

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Destruction"

Aloka!Aloka!
Duff McKagan diz que "vira gay" nas turnês

MulheresMulheres
As bandas mais famosas em suas versões femininas

Na cadeiaNa cadeia
Astros do rock que foram enjaulados

5000 acessosLed Zeppelin: Perguntas e Respostas sobre a banda5000 acessosSlash: o melhor beijo da vida dele foi numa girafa5000 acessosPolêmica: As maiores tretas no Rock em 20145000 acessosMetal: em vídeo, o riff mais copiado de todos os tempos5000 acessosPenélope Nova: Ex-VJ foi maltratada pelo Metallica?5000 acessosKing Diamond: "meu apartamento era assombrado, pergunte pros caras do Metallica"

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online