Ozzy e Sex Pistols agitam Hall of Fame do rock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: Terra Música
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/03/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Black Sabbath, Blondie e Lynyrd Skynyrd ingressaram no Hall of Fame do Rock & Roll, em um ato em Nova York do qual não participarram outros homenageados: os Sex Pistols rejeitaram a honra na melhor tradição punk.

2549 acessosKerry King: o Purple influenciou mais o Thrash que o Sabbath5000 acessosBlack Sabbath - Perguntas e Respostas

Quem marcou presença no evento foi o cantor Ozzy Osbourne, ex-integrante do Black Sabbath, a banda britânica que no fim dos anos 60 ajudou a cunhar o conceito de heavy metal e cujo legado é considerado crucial no gênero.

Ozzy também tinha criticado no passado o Hall da Fama, mas, aparentemente, mudou de opinião. O cantor chegou a qualificar em 1999 a iniciativa de "totalmente irrelevante, porque a escolha não é feita pelo voto dos fãs" e pediu então que seu grupo não voltasse a ser considerado no futuro como possível membro desse seleto clube de músicos.

Outro momento marcante da noite foi a aparição do Blondie, representante da new wave nova-iorquina dos anos 80 e que, como o resto dos grupos selecionados para a cerimônia, tocou no hotel nova-iorquino.

Punk
Em nota escrita à mão, e publicada há dias em seu site, o vocalista dos Sex Pistols, Jonnhy Rotten ("Johnny Podre"), não hesitou em qualificar o Salão da Fama de "mijo" e o seu museu de Cleveland de "xixi no vinho".

Em entrevista à rede de televisão americana ABC, o cantor confirmou além disso, anteontem à noite, o que já se esperava: ele e seus companheiros não assistiraam à cerimônia formal de entrada no Hall da Fama, que foi realizada em grande estilo no Waldorf-Astoria, um dos hotéis mais exclusivos da cidade.

"Temos problemas com o Hall da Fama há muito tempo. Eles nunca quiseram saber quem somos nós e também não corrigiram os erros no seu museu sobre nossa história e nosso legado. Rejeitaram nossa indicação há três anos e agora nos querem", afirmou Rotten.

Glen Matlock, baixista da mítica banda punk, admitiu ao jornal britânico The Independent que "inicialmente estava animado com a proposta", mas que mudou de opinião quando lhe quiseram cobrar para levar seus filhos ao evento.

"Não tem nada a ver com as bandas de música, é só uma oportunidade de fazer dinheiro para um grupo de multimilionários sem escrúpulos", criticou o velho roqueiro.

Em um comunicado, Susan Evans, diretora-executiva do Hall da Fama do Rock, minimizou o assunto assegurando que os Sex Pistols "continuam sendo os escandalosos punks que sempre foram", e que, afinal de contas "o rock and roll é isso".

A inclusão do trompetista de jazz Miles Davis como membro do "olimpo do rock" foi outro dos focos de polêmica na eleição deste ano. Muitos consideram que Miles representou uma grande influência no rock, mas não pode ser considerado estritamente como um astro do gênero, devido à sua formação como músico de jazz.

Um comitê de 600 especialistas, entre músicos, críticos e estudiosos do rock, decidem anualmente os cantores e bandas que serão incorporados ao Hall da Fama, criado em 1983.

A instituição tem sua sede em Cleveland (Ohio), onde conta com um museu no qual se mostram as lembranças, roupas e instrumentos originais das estrelas do rock ao longo do meio século de vida do gênero.

EFE

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Kerry KingKerry King
O Deep Purple influenciou mais o Thrash que o Black Sabbath

980 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?182 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
"Minha atitude mudou em relação a tudo", diz Iommi

Black SabbathBlack Sabbath
Iommi relata últimos momentos com Dio em livro

Meet & GreetMeet & Greet
Como os roqueiros de verdade se comportam

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Sex Pistols"

Black SabbathBlack Sabbath
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
James Hetfield e Mano Menezes

Tarja TurunenTarja Turunen
A agressão de um fã durante show no México em 2000

5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus5000 acessosFotos de Infância: Ozzy Osbourne5000 acessosCradle Of Filth: Dani Filth explica seu conceito de religião5000 acessosWest Ham: o time do coração de Steve Harris5000 acessosSeparados no nascimento: Kevin Bacon e Myles Kennedy5000 acessosSystem of a Down: e se Lars Ulrich fosse o baterista do "Aerials"?

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online