Cirque du Soleil em espetáculo sobre Beatles

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Jill Serjeant, Fonte: UOL Música
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 30/06/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

LAS VEGAS (Reuters) - Lucy atravessa um céu de diamantes num trapézio, Mr. Kite preside um circo psicodélico de acrobatas andando sobre pernas de pau, e as vozes inconfundíveis de John, Paul, George e Ringo dominam a arena equipada com "surround-sound".

1203 acessosThe Beatles: política brasileira retratada como capa de disco5000 acessosIron Maiden: o passado vergonhoso registrado em fotos

Com um pouco de ajuda de muitos amigos, os Beatles voltam à vida num show espetacular do Cirque du Soleil que marca a primeira vez em que a banda concordou em colaborar com um show no palco.

Na cidade de Las Vegas, a trupe acrobática canadense Cirque du Soleil inaugura nesta sexta-feira o show "Love", que celebra o legado musical dos Beatles e levou quase cinco anos para ser produzido.

"Love" nasceu da amizade entre o falecido George Harrison e o fundador do Cirque du Soleil, Guy Laliberte. Ele teve a bênção de Paul McCartney e Ringo Starr, contou com o apoio da viúva de John Lennon, Yoko Ono, e a supervisão musical do lendário produtor dos Beatles, sir George Martin.

A expectativa é que McCartney, Ringo Starr, George Martin e Olivia Harrison, viúva de George, assistam à noite de estréia do show, na sexta-feira, ao lado dos filhos de Lennon, Julian e Sean, de sua primeira mulher, Cynthia, e dos filhos de George Harrison, Blair e Dhani.

Apresentado num teatro de 2.000 lugares construído especialmente para esse fim no hotel Mirage, "Love" conduz o público numa viagem em parte cronológica e em parte fantástica pela vida dos quatro rapazes de Liverpool que inspiraram a Beatlemania mundial, que continua viva até hoje, 40 anos após o primeiro disco de sucesso do quarteto.

Acrobatas, trapezistas, dançarinos de break, artistas de trampolim e skatistas infundem vida a personagens como Sergeant Pepper, Lady Madonna e o mundo marinho do Octopus's Garden, numa festa visual de cores, luzes e aventura.

Audioclipes de décadas de entrevistas e sessões de gravação dos Beatles, fotomontagens e imagens do célebre último concerto do grupo em um telhado londrino são projetados em enormes telões de fundo.

MÚSICA DOS BEATLES RENASCE

Para os fãs inveterados dos Beatles, porém, a verdadeira estrela do show é a música: cerca de 130 canções remixadas com uma clareza nunca antes ouvida.

"Quisemos garantir um número suficiente de canções de sucesso no show, mas não queríamos que fosse um catálogo dos 'best ofs'. Também incluímos música interessante e menos conhecida dos Beatles, além de fragmentos de canções", contou sir George Martin.

O produtor, que trabalhou em todos os álbuns dos Beatles menos em "Let It Be", e seu filho Giles Martin passaram dois anos trabalhando a partir das fitas master originais das sessões dos Beatles para produzir uma trilha sonora de 90 minutos, que é tocada em seis alto-falantes em cada assento do teatro, além do sistema panorâmico de som.

Canções muito conhecidas, como "Revolution" e "Come Together", são remixadas com trechos de outros sucessos dos Beatles, e faixas como "Get Back" e "Within you, Without You" são entremeadas.

"A última coisa que quisemos foi criar um show de retrospectiva ou tributo", disse Giles Martin.

Paul McCartney e Ringo Starr colaboraram estreitamente com o projeto, assim como Olivia Harrison e Yoko Ono.

A idéia da parceria com o Cirque du Soleil foi de Harrison, pouco antes de sua morte, em 2001. Ela foi levada adiante por sua viúva e em 2002 ganhou a aprovação da Apple Corps Ltd, a empresa inglesa que administra os interesses dos Beatles.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Paul McCartneyPaul McCartney
Veja cantor em papel no Piratas do Caribe

1203 acessosThe Beatles: política brasileira retratada como capa de disco417 acessosSkank: banda grava cover de Beatles para tema de novela da Globo1270 acessosJimi Hendrix: fotos raras da época em que era inquilino de Ringo195 acessosBeatles: "Sgt. Peppers" reeditado em comemoração aos seus 50 anos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

SuperBowlSuperBowl
Os melhores shows do intervalo segundo a UCR

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
"John Lennon era o cuzão dos Beatles!"

The BeatlesThe Beatles
Como seriam os Fab Four se fossem gordos?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"

Iron MaidenIron Maiden
O passado vergonhoso registrado em fotos

Alice in ChainsAlice in Chains
Mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"

Nirvana e GunsNirvana e Guns
Veja Kurt imitando "snake dance" de Axl Rose

5000 acessosFoo Fighters: "Não odiamos o Coldplay, só os zuamos"5000 acessosNirvana: 20 coisas que você não sabia sobre "Nevermind"5000 acessosQuais são os rockstars mais chatos do mundo?5000 acessosRockstars: mais alguns pedidos estranhos dos artistas5000 acessosCâncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson5000 acessosGene Simmons: Por que Eddie Van Halen não entrou no Kiss?

Sobre Jill Serjeant

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online