Pedra esclarece cancelamento de show em SP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Xando Zupo, Fonte: Pedra
Enviar correções  |  Ver Acessos

Carta do PEDRA aos fãs e público em geral que compareceram ao show "Pedra e Carro Bomba" no Teatro João Caetano em 27 de julho de 2006:

Por meio desta pedimos desculpas e relatamos os eventos ocorridos que culminaram com o cancelamento do show.

As bandas Pedra e Carro Bomba se empenharam ao máximo para fazer do evento, "Festival de inverno/Campanha do Agasalho", um sucesso no tocante a oferecer ao público um show profissional. Apesar de estarmos participando gratuitamente do evento montamos o palco com todo equipamento das bandas, locamos um telão multimídia com 4.000 lumens de potência e levamos toda nossa equipe para o evento.

Infelizmente nos parece que levamos o evento mais a sério do que os organizadores já que chegamos ao teatro com nosso equipamento as 14:00 hs e os responsáveis pelo evento somente apareceram, por solicitação nossa, as 19:15 quando não haveria mais tempo de salvar o evento.

Seguem-se os fatos :

- A montagem do palco com nosso equipamento ocorreu as 14:00 e estávamos prontos as 15:45.

- A passagem de som estava marcada para as 16:00 hs, nosso técnico de P.A. estava a postos mas o principal responsável pelo P.A., (Vulgo sr. Bôca), chegou somente as 17:00 hs exalando o característico odor de "Água que passarinho não bebe". Pressionado pelos companheiros da empresa que locou o audio, o mesmo indivíduo teve o primeiro bate Bôca da tarde no palco e abandonou o evento largando seus companheiros na mão por mais 20 minutos. Podíamos ouvir os berros do elemento ao telefone com o chefe da empresa de audio. Após esse primeiro "Clima", o mesmo retornou já de mau humor e má vontade à mesa de som.

- Nas próximas 2 horas o sr "Bôca" não conseguiu fazer com que o P.A. falasse, apenas um lado falava e o outro lado apenas 10% da potência o que poderia ser comparado a voar em um avião com apenas uma asa, ou seja, completamente Tôrto.

- As 19:30 numa tentativa de não cancelarmos o show, inútil pois a passagem de som nem havia começado e o evento seria impreterivelmente das 21:00 as 23:00 hs, nosso técnico Renato Sprada aceitou colocar o P.A. em mono mas infelizmente o Sr "BÔCA" após setar o equipamento para mono perdeu a funcionabilidade dos equalizadores fazendo com que todas as bandas da região médio agudo até os agudos não atuassem mais, transformando assim o P.A. inteiro num grande megafone das famosas "Pamonhas de Piracicaba".

- A essa altura já eram 20:15 e o nosso palco começou a ser desmontado. É uma lástima que em pleno 2006 a secretaria de Cultura do Estado tenha colocado o audio do evento nas mãos de um incompetente e arrogante indivíduo como esse sr Bôca.

Vale declarar que nossa equipe esteve dois dias antes do evento para assistir a passagem de som da banda Quasímodo e não havia mesa de som em frente ao P.A. ou seja, o sr Bôca iria pilotar o som por detrás das caixas e afirmava que isso era normal, coisa que nem nos festivais de escola no início dos anos 80 era feito. Solicitamos a mesa em frente ao P.A. e o coordenador de produção da secretaria de cultura sr Emerson Fraianelli entendeu o problema e no dia seguinte a mesa estava lá, infelizmente o sr Bôca também estava.

Recebemos telefonema do Secretário de Cultura do Estado me perguntando se eu tinha noção da grandeza do evento que estávamos cancelando e indicando o quanto seria "prudente" se fizéssemos o show de qualquer maneira.

Gostaríamos de saber, já que o evento era dessa grandeza, o porquê de não haver nenhum responsável pelo evento com poder de decisão que trocasse o equipamento ou o irresponsável Mr. Bôca em tempo hábil para a realização do show ?

Porquê a produção das bandas e técnicos ficaram das 14:00 hs até as 19:15 sem nenhum auxílio ?

Porquê o Sr. Bôca não permitiu que nosso técnico de Audio falasse ao telefone com o dono da empresa que locou o equipamento ?

E, finalmente : Porquê seria "prudente" tocarmos de graça com um prejuízo de quase R$1.500,00 com um P.A. das "Pamonhas de Piracicaba" ?

Novamente pedimos desculpas aos fãs e público em geral. As bandas fizeram o possível para engrandecer o festival de inverno mas a direção do evento deveria saber que para fazer um show acontecer é necessário muito mais do quê apenas colar cartazes e fazer política....

Xando Zupo (Pedra)


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Pedra"


Iron Maiden: Tenho inveja dos fogos do Slipknot,diz BruceIron Maiden
"Tenho inveja dos fogos do Slipknot",diz Bruce

Eric Clapton: saiba mais sobre a doença que o acometeuEric Clapton
Saiba mais sobre a doença que o acometeu


Sobre Xando Zupo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336